Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

2 de janeiro de 2016

2015 Foi Legal Mas Fico Feliz Que Acabou

2015 foi um combo breaker e isso é a melhor coisa que eu poderia dizer sobre o ano que passou.

Em 2014, abri o ano falando que "2013 foi um dos meus piores anos em muito tempo. (...) Praticamente, tudo que podia dar errado, deu".

Em 2015, abri o ano falando que a situação conseguiu piorar e que "não podia imaginar o nível de dificuldade que me aguardava".

rayman-originsEntão, fico feliz que eu possa abrir 2016 relatando que finalmente a onda de azar está se dissipando. Não é o melhor do mundos, mas não é o melhor dos mundos ainda. Estou em uma nova casa, própria pela primeira vez em minha vida de casado. Sou o Jornalista Senior do Código Fonte agora, onde escrevi minha primeira análise profissional de jogo. O blog tem um Patreon agora e não só passou a se pagar como também ajuda nas despesas. Nem tudo saiu como planejado para 2015, mas o número de sustos foi bem menor.

Essa mudança de ares também se refletiu nos jogos experimentados ao longo do ano. A lista fechada de sugestões que moldou minha seleção de títulos finalmente foi completada aos trancos e barrancos, embora The Witcher tenha sido pulado para um futuro remoto. E me livrei dos MMOs, esse dreno de tempo e esforço em que me enterrei por dois longos anos. Acrescentando um fator aleatório à escolha de jogos, acabei me surpreendendo com títulos que não escolheria espontaneamente, assim como voltei a me arriscar em títulos indie. Tudo contribuiu para um ano que gostei de jogar.

Em ordem cronológica, experimentei Battlefield 4, Sang-Froid, Foreign Legion, Firefall, Hotline Miami, S.T.A.L.K.E.R.: Call of Pripyat, Killing Floor 2, Organ Trail (Android),  Neverwinter, Dead Island Riptide, Portal Stories: Mel, SubmergedThe Bridge, Brothers – A Tale of Two Sons, Metro 2033, Soul Gambler, Port of Call, Papo & Yo, Tomb Raider, Marvel Ultimate Alliance, ArcaniA, Turok (2008)Chyrza, Dust City, World of Warships, How to Survive, Salt (Demo) e Uprising 44 (análise pendente). Entre os títulos infantis, vi o desabrochar do meu filho, cada vez precisando menos do meu auxílio e, em alguns destes jogos fui mero espectador: Costume Quest, Pid, Rayman Origins, Goat Simulator, Lilly Looking Through, The Lost Vikings, Tales from Space Mutants Blobs Attack, Tcheco in the Castle of Lucio, Oddworld Abe's Odysee, Finding Teddy, Shelter, Samorost e Samorost 2, The LEGO Movie – Videogame e Ethan: Meteor Hunter.

O ano de 2015 se encerrou então com 44(!) jogos experimentados por mim ou por meu filho, sem contar o eterno Minecraft que nem entra mais na listagem, mas teve várias sessões ao longo do ano e já voltou para as férias... Supero a marca de 2013, bato um novo recorde histórico no blog e deixo para trás os míseros 28 títulos de 2014.

Os Melhores de 2015

stalker-call-of-prypiat-07

Esta é a sétima lista de melhores do ano do Retina Desgastada e, como sempre, não é sobre jogos lançados no ano, mas jogos jogados no ano:

  • Melhor Jogo: S.T.A.L.K.E.R.: Call of Pripyat
  • Maior Surpresa: Battlefield 4
  • Maior Decepção: Neverwinter
  • Pior Jogo: Foreign Legion
  • Melhor Jogo Infantil: Rayman Origins
  • Pior Jogo Infantil: Finding Teddy

(recapitulando os anos anteriores: 2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014)

Uma das metas para 2016 é continuar com o esquema de ter dois jogos instalados para mim simultaneamente, um escolhido ao acaso (ou talvez por votação, entre dois escolhidos ao acaso, estou estudando a possibilidade) e outro escolhido pelo método tradicional do "deu vontade jogar X".

Que pelo menos um desses seja Minecraft: Story Mode, que prometi que jogaria em 2015, mas o dinheiro não deu (e a série nem acabou tampouco).

E que outro seja Half-Life 3.

half-life-3

Ouvindo: Wumpscut - Ohne Dich
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

17 comentários:

Shadow Geisel disse...

Aquino, não poderemos dar sugestões de jogos para 2016 não? Se puder, como eu faço para disponibilizar uma chave de acesso do Steam para você? (sou totalmente inexperiente com a Steam).

Gledson A. disse...

Rs, Shadow passando para o lado negro da força!? E que imagem nova é essa?

Enfim, ótimo saber que as coisas estão melhorando, Aquino, e, poxa, quanto jogo tu terminou! Acompanhei esse ano as suas análises, mas não tinha percebido que foi tanto jogo assim. Tomara que nesse ano tu encontre novas pérolas também... e que HL3 venha, mas daí já é sonhar demais...

=/

Gledson A. disse...

Shadow, tu pode mandar como gift diretamente pela Steam, se já tiver o Aquino adicionado como amigo, ou pode mandar por e-mail para ele. Caso esteja interessado em um ""DIY", aqui está um tutorial pela própria Steam:

https://support.steampowered.com/kb_article.php?p_faqid=549&l=portuguese

E aqui uma demonstração em vídeo de um cara meio tagarela, mas que serve o propósito:

https://www.youtube.com/watch?v=_0phbEfWQ00

Espero que te ajude. Até mais.

Gledson A. disse...

Shadow, tu pode mandar como gift diretamente pela Steam, se já tiver o Aquino adicionado como amigo, ou pode mandar por e-mail para ele. Caso esteja interessado em um ""DIY", aqui está um tutorial pela própria Steam:

https://support.steampowered.com/kb_article.php?p_faqid=549&l=portuguese

E aqui uma demonstração em vídeo de um cara meio tagarela, mas que serve o propósito:

https://www.youtube.com/watch?v=_0phbEfWQ00

Espero que te ajude. Até mais.

Gledson A. disse...

Perdão pelo post duplicado, tinha travado aqui e enviei novamente por via das dúvidas.

Shadow Geisel disse...

Valeu Gledson. Preciso ver se tem como visualizar os jogos que uma pessoa já possui, pois não quero presentear um jogo repetido, que não vai ser jogado.

Shadow Geisel disse...

Tô vendo na Steam que preciso ter uma compra de no mínimo U$5,00 para poder adicionar um amigo.

Gledson A. disse...

Hm, entendo. Tu deve ter feito a sua conta a pouco tempo então. A Steam tem dessa de não te deixar adicionar ninguém se tu não alcançou essa meta mínima, mas acho que o contrário funciona (alguém te adicionar).

De qualquer forma, tente mandar por e-mail então; acho que tu não precisa ter esse pré-requisito para enviar presentes neste caso. Ou peça para o Aquino te adicionar pela Steam e tu envia para ele.

Outra coisa: uma forma prática de saber se determinado jogo está ou não na biblioteca da pessoa, é entrar na página do jogo e olhar na parte lateral direita. Lá lista as pessoas da sua lista de amigos que possuem o jogo e também, em uma categoria separada, aquelas que adicionaram o jogo em suas listas de desejos.

Caso precisar de mais alguns toques, deixa seu nick aí que eu te adiciono.

Até!

Gledson A. disse...

Outra coisa que esqueci de dizer: a Steam não te permite adicionar ninguém porque tu precisa ter nível o suficiente para abrir slots de amigos. Esses slots só são liberados para você quando tu passa de nível e, para passar para o nível 1, tu precisa comprar alguma coisa.

Tente aproveitar essa promoção da Steam e comprar um jogo de centavos, só para liberar o slot.

Anônimo disse...

nesse ano,Aquino você bem que podia jogar fallout:new vegas.

Shadow Geisel disse...

Pois é, Gledson. Eu li que eu precisava ter uma compra de 5 dólares pra poder adicionar alguém. Eu comprei o Baldur's Gate Enhanced Edition, que custa R$22,00 (dá mais de 5 dólares) e ainda não consigo. Meu nick é Shadow_Geisel2016 (já tem um FDP usando meu nick kkkkkk). Eu vi que posso mandar o jogo por email, mas preciso saber se o Aquino já tem esse jogo na biblioteca, pois é claro que se estou presenteando é pq eu quero saber o que ele acha do jogo, além de evitar de dar um jogo duplicado. Obrigado pela ajuda, pois sou totalmente novo na Steam mesmo. Meu note não roda quase nada, então não fico muito estimulado a comprar por lá. Por isso prefiro consoles. Mas me adiciona lá.

Gledson A. disse...

Rs, sem problemas. Mas, tenho que te pedir o link direto para a sua conta, porque não estou te encontrando pela pesquisa da Steam.

Faz o seguinte, me fala seu nome na Steam e entra no grupo do Retina Desgastada. Daí te adiciono por lá. Pode deixar que a gente vê isso, sem problema nenhum.

link do grupo: http://steamcommunity.com/groups/desgastada

Shadow Geisel disse...

Pronto, já faço parte do grupo.

Gledson A. disse...

Okay! Qual seu nick? É Shadow mesmo?

Gledson A. disse...

Achei! Já mandei convite, aceita lá! O meu é Filho de Gled.

C. Aquino disse...

Quinze comentários? Nossa!

Fico feliz de ver que o Gledson já orientou o Shadow sobre as minúcias do Steam. Esclarecendo que já tenho o Baldur's Gate Enhanced Edition...

Sobre as sugestões, elas continuarão sendo bem-vindas, eu apenas não irei montar uma lista e segui-las a ferro e fogo...

Fallout: New Vegas é uma EXCELENTE sugestão enquanto o preço de Fallout 4 não cai (o que deve demorar pelo menos um ano...).

Diogo Batista disse...

Fico muito feliz por suas conquistas, Aquino. Principalmente pela casa própria, pois eu pago aluguel e sei o quão duro é isso.

Poxa, eu não consigo digerir os jogos da Telltales. Talvez seja por não ser chegado a point and clicks e os jogos produzidos pelo estúdio me soa como uma versão moderna do gênero citado.

Rayman Origins é um dos meus jogos favoritos de todos os tempos. Apesar do design dele eu não o classificaria como infantil, mas isso porque eu gosto muito dele, hahaha!

Fallout New Vegas é um dos jogos que mais joguei e ainda jogo. Há tanto a ser feito e explorar em Wasteland. Esse é o jogo que preciso desinstalar do PC pra ver se eu jogo outras coisas. Tenha cuidado com ele quando o comprar, Aquino.

Esse S.T.A.L.K.E.R vai para a minha lista de desejos na Steam. Sempre ouço falar muito bem dele, então acho que tá na hora experimenta-lo.

Acho que é só por enquanto, haha!

Desejo um ótimo 2016 a você e sua família, tudo de bom sempre e muito sucesso!

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia