Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

26 de agosto de 2015

Jogando: Metro 2033

Metro 2033 03

Expectativa é uma faca de dois gumes, principalmente quando ela é revertida não uma, mas três vezes. Ao ler Metro 2033, tive medo de estar diante de uma narrativa repleta de tiroteios do começo ao fim e fui surpreendido por uma história profunda e carregada de críticas sociais. Ao iniciar Metro 2033 Redux (um grande presente do camarada Fausto Albertoni, do Rabisco Virtual), eu esperava um RPG, com estatísticas a serem evoluídas, várias missões alternativas, árvores de diálogos e similares. Estava contaminado pela franquia S.T.A.L.K.E.R., trabalho anterior de muitos dos desenvolvedores que criaram este jogo aqui.

Enganei-me redondamente.

Em seus primeiros minutos, o jogo da 4A Games lembra (e muito) os FPS engessados ao estilo Modern Warfare, em que você é obrigado a seguir o trilho das ações, apertando apenas os botões necessários quando solicitado. Quem acompanha o blog, sabe o quanto eu odiei essa limitação em prol do enredo "cinematográfico". Metro 2033 chega a literalmente te prender a um trilho, enquanto eventos acontecem ao seu redor e você é forçado a reagir de determinada forma logo em sua segunda cena. Minha primeira impressão do jogo não foi das melhores.

Enganei-me redondamente. Outra vez.

Metro 2033 28

Logo adiante, Metro 2033 prova que é um FPS, sim, senhor, mas não um que trava suas opções para contar uma história, mas um que apresenta um amplo leque de jogabilidades enquanto te conta uma história. Apenas calhou da mais limitante ser logo no início.

Variedade é a chave mágica que abre este metrô. Em um momento, você está em uma corrida desenfreada pela vida, em outro você está perambulando por um assentamento humano e testemunhando a que ponto nossa espécie chegou, para em outro estar explorando túneis mal-assombrados, pilotando uma metralhadora em um carrinho de combate, sofrendo com os ventos gelados da superfície, se infiltrando (ou tentando) sem ser percebido ou mesmo encarando o maior pesadelo da sua vida olho no olho.

Metro 2033 12Metro 2033 35Metro 2033 42

Se Metro 2033 está preso a trilhos, estes são de uma montanha-russa frenética que arranca suas entranhas de forma vertiginosa enquanto simultaneamente te apresenta uma reprodução palpável, emocional e quase fiel da obra de Dmitry Glukhovsky. Há doses fartas de survival horror, stealth, mata-mata e gerenciamento de recursos aqui para que o jogo da 4A Games permaneça de cabeça erguida diante da série compatriota S.T.A.L.K.E.R.. São, afinal, dois títulos distintos, unidos pela visão amarga da Humanidade e pela equipe de desenvolvimento (pelo menos, parte dela).

Porém, se funciona magnificamente como FPS, injetando adrenalina e versatilidade ao gênero e provando que o modo single-player não vai morrer tão cedo, por outro lado, Metro 2033, o jogo, fica devendo para Metro 2033, o livro. Na obra de Glukhovsky, há um subtexto bem forte sobre o espírito violento do Homem, seja no passado, no presente ou no futuro. Seu final é amaríssimo e é impossível sair dele com a sensação de triunfo. Em contrapartida, justamente por ser um FPS, o jogo ignora o subtexto ou o explora de uma forma sutil em demasia para que a mensagem pacifista presente no livro transpareça. Há, inclusive, um final alternativo no jogo que escancara melhor essa mensagem. Porém, esse final não é canônico e tampouco fácil de se obter (eu diria impossível em uma primeira jogada, porque, no fundo, somos todos grandes canalhas egoístas). Os questionamentos de Artyom são mais tímidos no jogo e aparecem apenas para aqueles que decidirem ler a notas escondidas pelos cenários.

A 4A Games captura a atmosfera de Glukhovsky, mas não seu propósito. Eu diria que o livro é leitura obrigatória para quem deseja ter a experiência completa de Metro 2033. Ou corre o risco de cometer o mesmo erro de Artyom...

Metro 2033 49

Ouvindo: Rammstein - Wo bist du

25 de agosto de 2015

Valeu, Kojima

metal-gear-solid-minimal

Faltando menos de uma semana para o lançamento de Metal Gear Solid V, a Internet inteira parece parar em suspensão diante da ansiedade de jogar o último capítulo da saga capitaneado por Hideo Kojima.

Eu observo de longe, como aquele cara que está na festa, mas fica em pé no canto segurando um copo vazio.

O único jogo da série que joguei foi o chamado Metal Gear Solid, de 1998. Na verdade, para ser 100% honesto, lembro vagamente de jogar o primeiro nível de um ainda mais antigo e não ter me adaptado muito bem com a questão do stealth. É preciso entender que eu vivia em uma época em que achava que jogo bom tinha que ter muito tiro e inimigo superado era inimigo morto mesmo.

metal-gear-solid-integral

Mas, enfim, o jogo de 1998, o primeiro em 3D, foi o que realmente me cativou. Já tinha experimentando títulos "diferentes" em quantidade suficiente para me arriscar em um onde o importante era não ser visto. E Metal Gear era bem diferente, um dos raros jogos que não só usavam uma penca de botões no teclado, como também era difícil além da conta, com a jogabilidade variando quase de cena em cena. Em um momento, era preciso me esgueirar, em outro eu estava em um combate de vida ou morte com um cara de revólver, para logo depois ter que guiar um míssil através de uma sala sem esbarrar em nada ou enfrentar um ninja flutuante psíquico sem ter muita ideia do que fazer.

Havia uma aura de bizarro, de idiossincrático nas aventuras de Snake, um James Bond turbinado vivendo em um universo de supervilões de quadrinhos. Tudo isso movido a uma trilha sonora de filme maior que a vida e um senso de humor para lá de fora de lugar. Não sabia, mas era a marca única de Hideo Kojima.

Nunca consegui vencer Metal Gear Solid. Tenho o save game guardado zipado aqui para uma terceira chance (cheguei a largar uma vez, para voltar depois). O arquivo tem data de 28/8/2003. Quase exatos doze anos.

metal-gear-solid

Nesse meio tempo, a franquia se afastou do PC, ganhou contornos de culto, virou uma bola de neve cronológica que apenas poucos, mas devotados fãs conseguem entender. Eu segui assistindo os trailers de todos os episódios e imaginando a algazarra que estava perdendo. Sempre confundi o segundo com o primeiro. Achei estranha a ideia de comer peixe cru no terceiro. Salivei com os vídeos do quarto capítulo.

Então veio The Phantom Pain e toda aquela pantomima de criar uma desenvolvedora fictícia e dar entrevista mascarado. Ground Zeroes, o demo pago de curta duração. Parecia que Kojima estava com a corda toda, um gênio surtado desafiando a realidade com suas artimanhas. Eu que já não entendia nada da mitologia de todos aqueles Snakes misturados, perdia o fascínio pelo jogo em si e passei a acompanhar os bastidores, tão deliciosamente bizarros quanto o mundo de Metal Gear.

Infelizmente, a novela termina com um final triste. O mundo real, de negócios, de ternos e gravatas e gráficos de performance e reuniões regadas a café e máquinas de pachinko e balanço empresarial, deu uma rasteira em Kojima e arrancou seu filho à fórceps do ventre, negando-lhe até o nome do pai.

As primeiras análises saem por todos os lados. Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, um jogo de Hideo Kojima para sempre, prova que esta festa vai ser mesmo boa. Os fãs agradecem.

Kojimando

metal-gear-soild-02-artwork

Quando fiz a lista das minhas músicas favoritas de jogos, estranharam que eu tenha colocado o Metal Gear Solid 2 - Main Theme. Confesso que acho ela épica e que, se algum dia eu precisar dar minha vida para salvar a de outros, tenho certeza de que ela estará tocando no fundo da minha cabeça. Melhor ainda se eu não precisar morrer no final.

Para quem curte muito a franquia, o Gamesfoda está fazendo uma retrospectiva completa (e emocional) da saga. Serão 6 partes e duas já foram publicadas.

Fechando com uma seleção de papéis de parede do resto da série em HD para você ir preparando a sua área de trabalho para o lançamento do jogo:

Metal Gear Solid 2

Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper Free Metal Gear Solid 2 Wallpaper

 

Metal Gear Solid 3

Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper Free Metal Gear Solid 3 Wallpaper

 

Metal Gear Solid 4

Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 Wallpaper Free Metal Gear Solid 4 WallpaperFree Metal Gear Solid 4 Wallpaper

 

Metal Gear Solid : Ground Zeroes

Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper Free Metal Gear Solid: Ground Zeroes Wallpaper

 

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper Free Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Wallpaper

Ouvindo: Theatre of Tragedy - Fair And Guiling Copesmate Death

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Brothers - A Tale of Two Sons