Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

28 de agosto de 2011

Mundos Perdidos: Prólogo

Chronicles of Spellborn Quando eu voltei aos jogos eletrônicos, já de posse de meu PC, eu mergulhava fascinado naqueles estranhos mundos virtuais em três dimensões e era atormentado por uma variação de um antigo questionamento filosófico. Em Chasm, FPS da Action Forms, o exterior do primeiro nível era castigado por uma chuva torrencial. Tão logo eu entrava no complexo militar que precisava ser salvo dos invasores, eu me flagrava perguntando a mim mesmo: "ainda está chovendo lá fora?". Os eventos de um jogo existem fora do campo de visão do observador? Os Imps de Doom andam de um lado para o outro no extremo oposto do mapa enquanto eu não chego lá? O tempo de jogatina me respondeu que não, o que é renderizado, computado, simulado é diretamente dependente da posição do personagem do jogador ou seria um desperdício de processamento. O observador é vital para o observado.

Seja em termos puramente espaciais ou em questão de escopo e ambição, poucos jogos são maiores do que os MMO. Mas o que acontece com um universo destes quando os servidores são desligados? Ele desaparece. Para sempre. Sem jogadores, sem máquinas, todas aquelas aventuras, aquelas paisagens deslumbrantes, seus dramas, seus heróis e vilões, suas batalhas de vida ou morte se tornam tão somente uma lembrança sem retorno. Enquanto um jogo single-player do passado distante pode ser encontrado pelo colecionador e executado uma vez mais em consoles recuperados ou emuladores, um MMO sem seus servidores, sem sua tela de login, seu portal mágico de entrada, nada significa. Ele desaparece. Para sempre.

Esta nova série do Retina Desgastada vai abordar cinco títulos que desapareceram: Tabula Rasa, Earth & Beyond, Matrix Online, Aliens Online e The Chronicles of Spellborn. Pretendo ver como eles começaram, quais eram suas pretensões, porque naufragaram e onde estão seus criadores agora. São jogos que eu não conheci e que talvez você também não. São lugares onde nenhum de nós pode ir agora.

Ouvindo: Nirvana - Seasons in the Sun
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

3 comentários:

Marcos A. S. Almeida disse...

Me fez lembrar do primeiro jogo que joguei on line: Delta Force.Ainda hoje lembro da tela de lobby para ver a listagem de servidores.Alguns abertos por jogadores e outros mais estáveis, da Novalogic.Foi com muito pesar que após algum tempo eu voltei a instalar o jogo e a tela de lobby não abria mais.Os servidores do primeiro tinham migrado para outra versão do Delta Force e eu não iria mais trocar tiros on line em colinas geladas ou vilas destruídas.Tudo ficou no passado restando apenas ótimas lembranças de uma experiência inesquecível e uma saudade que só quem é apaixonado por games entende.

João Luiz disse...

nunca joguei on-line, nem pretendo.

mas tinha curiosidade em saber o que houve com o ultima on-line, o único que quase fez eu entrar nessa estrada sem volta dos mmos...

NevesZerg disse...

Ultima Online o melhor MMO de todos os tempos, por causa dele entrei no mundo dos mmo. Agora jogo wow por causa dele.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell