Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

25 de março de 2019

Através dos Olhos de Quem

Não escondo que To The Moon é um dos jogos da minha lista de favoritos. A obra-prima de Kan Gao combina magistralmente música e narrativa em uma experiência que narra os últimos instantes de um homem em busca de consertar os erros do passado e se reconectar com o grande amor de sua vida, a autista River.

A talentosa artista autista Ashanti Fortson produziu uma outra perspectiva sobre To The Moon, um ponto de vista que precisa ser levado em consideração dentro da obra. Seu quadrinho Through Whose Eyes me sacudiu de tal forma que acreditei que seria necessário divulgá-lo.

Entrei em contato com Ashanti para conseguir a autorização para traduzi-lo para o Português. Fui surpreendido pela extraordinária delicadeza da artista, que se ofereceu para refazer o quadrinho a partir dos originais, mas utilizando minha tradução. Trabalhamos em conjunto para chegar ao resultado final que você confere logo abaixo (contém spoilers do jogo):

ThroughWhoseEyes01ThroughWhoseEyes02ThroughWhoseEyes03ThroughWhoseEyes04ThroughWhoseEyes05ThroughWhoseEyes06ThroughWhoseEyes07ThroughWhoseEyes08ThroughWhoseEyes09ThroughWhoseEyes10ThroughWhoseEyes11ThroughWhoseEyes12ThroughWhoseEyes13ThroughWhoseEyes14ThroughWhoseEyes15ThroughWhoseEyes16ThroughWhoseEyes17ThroughWhoseEyes18

É um questionamento que To The Moon não responde e que cabe a nós avaliarmos diante dos desafios do autismo. Sou imensamente grato a Ashanti pela oportunidade de trazer esse olhar até vocês.

Ouvindo: Sleater Kinney - Off With Your Head
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

2 comentários:

  1. Muito interessante você sozinho correr atrás de fazer essa tradução acontecer e a própria autora, não só lhe deu permissão, como trabalhou junto pra integrar a tradução à obra.

    Há anos que joguei esse jogo, e sinceramente não me recordava que o autismo era ligeiramente abordado. Acho que por algum descuido na minha atenção, acreditava que River sofria de Alzheimer. Preciso rejogá-lo.

    Há um cientista brasileiro, Alysson Muotri, que pesquisa sobre autismo. Trabalho impressionante. Admiro-o muito. Um dia haverá uma cura, mas antes de qualquer coisa, a gente tem que nutrir respeito e carinho pelo ser humano com todas as suas particularidades, certo?

    Obrigado por trazer essa obra a nós. Me fez refletir e pensar, e isso é o que importa.

    ResponderExcluir

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Beyond: Two Souls