Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

9 de julho de 2015

(não) Jogando: Pid

Pid 01

Um jogo tão fofo como Pid merecia um destino melhor do que ser abandonado pelo meio caminho, mas infelizmente a vida é cruel.

Tentando encerrar os jogos pendentes que estão instalados antes das férias do meu filho começarem, descobri que Pid é um caso bem diferente do que Costume Quest. Enquanto esse último estava injustamente na geladeira, dez minutos de Pid nos lembraram porque o melhor é seguirmos caminhos diferentes.

À primeira vista, Pid é tudo de fofo. Um garoto perdido em um universo exótico tenta encontrar uma forma de voltar para sua casa enquanto encontra robôs de todo tipo e controla um estranho poder de fazer coisas (e ele mesmo) flutuarem. Uma direção de arte diferente? Sim. Uma trilha sonora agradável? Sim, também. Uma mecânica bem bolada? Também. Perfeito? Não.

Lamentavelmente, Pid só é casual em sua aparência, só é amigável em sua atmosfera. O jogo exige uma combinação perigosa de inteligência para decifrar seus puzzles e agilidade com várias teclas para executar a solução.

Pid 06

Em dez minutos, já estávamos xingando o pobre garoto perdido de coisas horríveis enquanto ele despencava para a morte ou era detectado por câmeras-robô.

Apesar dos pontos de salvamento bem distribuídos, Pid é um título que te força a quebrar o ritmo da descoberta, a imersão na atmosfera, enfim, a tal jornada mágica do garoto, a cada dois minutos para sofrer nas mãos de algo que exige mais reflexo e massa cinzenta que o jogo merece.

Pid 08Pid 02

Para quem sobreviveu a Billy Hatcher and the Giant Egg e aos insanos desafios de Toki Tori e Toki Tori 2, é claro que o problema de Pid não está no seu grau de dificuldade (como foi em Tiny Brains). O problema aqui é a relação esforço-recompensa que não está compensando: é muito trabalho para uma história que se arrasta, não faz sentido (e deve ser apenas um sonho do protagonista, desconfio) e cuja fofura não se renova depois do deslumbre inicial.

Entre seguir xingando o garoto, meu filho concordou em desinstalar o jogo e abrir espaço para uma aventura mais prazerosa.

Pid 09

Desculpa aí, Pid.

Ouvindo: Ozzy Osbourne - Nowhere To Run (Vapor Trail)
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Erik Granato disse...

Tive a mesma experiência com o jogo. E pelas imagens do post desconfio que paramos de jogar no mesmo ponto também. lol

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia