Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

28 de outubro de 2011

O Mod Maldito de Morrowind

Algumas pessoas podem se lembrar do burburinho gerado seis anos atrás por um mod de Elder Scrolls III: Morrowind particularmente estranho. O nome do arquivo era jvk1166z.esp e tinha menos de 10 MB. Nunca foi publicado em nenhuma das principais comunidades dedicadas ao jogo, sendo encontrado apenas em pequenos fóruns e grupos de entusiastas. Há relatos de que ele também teria circulado em modo privado em FTPs fechados ou enviado por email para alguns poucos "escolhidos".

A principal causa do burburinho é porque o arquivo aparentemente era um vírus, ou pelo menos assim acusava em alguns anti-vírus da época. Se você tentasse carregar o jogo com o mod ativado, ele iria travar na tela inicial por longos minutos antes de encerrar e te cuspir de volta para a Área de Trabalho. Em alguns casos, sua instalação de Morrowind ficava corrupta e você perdia todos os save games. Para piorarem as suspeitas, o mod  também não abria dentro do Construction Set. Com o tempo, circularam avisos de que era melhor não distribui-lo e não usá-lo se por acaso encontrasse. E o assunto morreu.

Ou não. Estava apenas começando.

JVKMais ou menos seis meses depois, o autor do mod teria divulgado uma configuração do arquivo .ini do Morrowind que poderia habilitar o jvk1166z e a notícia se espalhou outra vez. Algumas pessoas preferiram não tentar novamente, outras continuaram não conseguindo rodar o jogo. Felizmente, o mod não provocava mais alertas de anti-vírus.  E houve quem conseguisse finalmente entrar no RPG rodando o mod. Eu fui um deles.

O problema com os save games continuava. Não apenas não era possível carregar saves anteriores, como o jogo travava quando se tentava qualquer coisa diferente de um Quick Save/Quick Load. Ao fechar, o arquivo de Quick Save também se corrompia. Na tela de abertura, aparecia a sigla JVK, mas não havia nenhuma explicação do que significava. Quando você começava um jogo novo, no instante em que você saía do Census Office, depois de criar seu personagem, e entrava na aventura propriamente dita, uma série de alertas de "the thread of the prophecy has been severed" apareciam na tela. Esta era a forma encontrada pela Bethesda de informar o jogador que alguém essencial para a história havia morrido, muitos anos antes dos personagens imortais de Fallout 3. Na prática, JVK matava cada um dos NPCs envolvidos na quest principal desde o começo, com a única exceção de Yagrum Bagarn, o último dos Dwemer. Seus corpos tampouco desapareciam: Caius Cosades, Mehra Milo e até o todo-poderoso Vivec estavam em seus lugares, inertes, para quem se dispusesse a procurá-los. Em outras palavras, eu estava começando um jogo que já estava condenado.

A segunda alteração que você percebia de imediato é que seu personagem perdia vitalidade, um pouco de cada vez e constantemente. Quanto mais tempo você permanecesse no mesmo lugar, mais acelerada era a perda. A vitalidade poderia ser reparada pelos métodos convencionais, como poções e alimentos, mas não através do sono. Quando seu personagem morria, seu corpo era visitado por uma versão do Assassino padrão da Dark Brotherhood de Tribunal. Mas sua textura era bem mais negra, desprovida de detalhes. Surpreendente mesmo era sua animação de movimento, fluida, profissional, ainda que tenebrosa. Esse Assassino se movia sobre as mãos e os pés, como uma aranha. Geralmente, ele só aparecia depois da morte do personagem, andando por cima do cadáver antes do jogo voltar ao menu principal. Em raros momentos, porém, era possível visualizar o estranho NPC à distância, no alto de uma montanha ou atravessado em alguma parede.

Outra mudança trazida pelo mod acontecia em intervalos aleatórios, quando era noite em Vvardenfell. Nestes momentos, os NPCs mais próximos paravam sua atividade normal por um ou dois minutos e olhavam para o céu estrelado. O texto "Watch the sky" ("Veja o Céu") aparecia em seus diálogos e eles logo voltavam à sua rotina. Na primeira vez em que testemunhei isto em Balmora, foi uma cena de impressionar.

De resto, JVK parecia não ter qualquer função, um trabalho inacabado, uma potencialidade desperdiçada. Mas havia mais, é claro.

Ascended Sleeper Alguém descobriu que havia um novo NPC dentro do templo em Ghostgate, um Ascended Sleeper neutro que passava uma missão para o personagem. O ser tinha uma textura nova para seu robe, um manto negro com detalhes estrelados bem chamativo. A missão era do tipo trivial: entrar em um conjunto de ruínas chamado criativamente de "The Citadel", localizada no extremo oeste do mapa, em uma nova ilhota no meio do mar. Não lembro exatamente o que ele oferecia ao jogador, mas estava relacionado a alguma arma mágica que nunca achei. A ilhota não aparecia no mapa, mas não foi difícil de encontrar.

The Citadel era maior e mais difícil que qualquer outro mod que eu conhecia na época. Começava como uma caverna de proporções monumentais, descia até uma área que lembrava uma das tumbas genéricas do jogo, seguia para uma ruína Daedric e concluía com arquitetura dos Dwemer. Mas os inimigos encontrados ali estavam com suas estatísticas elevadas e até o mais modesto Imp dava trabalho. Sem poder usar nada além de QuickSave e QuickLoad era difícil chegar lá com o nível elevado para superar o desafio. Um QuickSave no momento errado poderia comprometer todo o jogo. E havia o "sangramento"... Enfim, desisti. E reinstalei Morrowind, para me livrar do JVK.

Gente com muito mais paciência e habilidade do que eu conseguiu ir mais além. Aparentemente, o próximo estágio da The Citadel era uma variação das ruínas Dwemer, com todas as texturas das superfícies substituídas por versões enegrecidas. O barulho do maquinário dos Anões era mais alto, mais agressivo e havia vapor por toda parte, limitando o campo de visão. Mas depois disso o jogador chegava à Portrait Room. Neste hall, com arquitetura que lembrava o estilo Imperial de Elder Scrolls, estavam penduradas imagens tiradas da pasta Minhas Imagens do computador do usuário! Alguns screenshots da época eram hilários ou totalmente impróprios para menores, dependendo do que o usuário tinha escondido na pasta...

No fim do hall do Portrait Room havia uma porta fechada que não abria com nada. JVK desabilitava o modo console, então nada de noclip para os mais afoitos (o que é também um testamento de devoção para todos aqueles que conseguiram vencer os oponentes e chegar até ali sem trapaças!). Mas alcançar a porta já era condição o suficiente para desbloquear mais conteúdo no mod. Ao retornar para o Ascended Sleeper que forneceu a missão, a única frase de diálogo que ele possuía agora era "Watch the sky". E todos os outros NPCs de Vvardenfell ficavam subitamente mudos, sem diálogos gravados ou texto. Na caixa de diálogo, a única opção passava a ser três pontinhos ("..."), o que fechava a caixa de diálogo. Por outro lado, o comportamento randômico de olhar para o céu noturno e dizer "Watch the sky" permanecia. Outra alteração percebida era uma mudança no próprio céu: agora, uma réplica quase perfeita do nosso próprio céu, que se movimentava com o passar da noite e não tinha lua alguma.

Night Sky 

A partir deste ponto, os relatos se tornam confusos. Pelo visto, com cada vez menos jogadores dispostos a continuar a explorar JVK e com o lançamento iminente de Oblivion, os fóruns foram se esvaziando. A falta de um site oficial ou mesmo de um contato do seu criador também contribuíram com o desestímulo. Uma das teorias mais aceitas para a continuação da proposta do mod era que a porta final na The Citadel iria se abrir com um determinado alinhamento das estrelas, o que explicaria as constantes referências ao céu e a troca das estrelas. Mas ninguém conseguia imaginar o que havia do outro lado da porta ou se o mod iria terminar ali.

Pelo que consegui levantar, alguns jogadores teriam ficado plantados 24 horas na frente da porta, pausando para dormir e comer, e movimentando o personagem de tempos para não acelerar o processo de "sangramento".  Ao final da maratona, o Assassino teria aparecido e emitido um grito incompreensível, algum tipo de mensagem distorcida no computador e desaparecido. Em seguida, Morrowind trava e fecha.

Um único usuário, pelo menos, com o pseudônimo de SilentObserver, teria conseguido ir além deste ponto e narrou suas descobertas no já extinto extrememorrowind.com:

"Depois da maratona de 24 horas, quando eu já estava caindo de sono e pirado de café, o Assassino apareceu, gritou, mas não desapareceu. Ele ficou ali me olhando sem olhos e eu fiquei esperando que me atacasse. Mas ele não se mexeu. A porta também não abriu. O "sangramento" parou e minha vitalidade não estava mais caindo. Esperei mais alguns minutos, mas nada aconteceu. Dei pausa e fui dormir, mas não fechei o jogo.

(...) Quando eu saí da The Citadel, era noite em Vvardenfell e continuou noite. Quer dizer, não tinha mais Sol em lugar algum. Era escuro para caramba e as estrelas continuam se movendo. Tive que ajustar o brilho do monitor porque as coisas ficaram realmente escuras no jogo e a luz que vinha da janela não estava ajudando p*** nenhuma.

Quando eu cheguei em Gnaar Mok a aldeia estava fervilhando. Todos os NPCs estavam fora de suas casas e olhando para o céu e dizendo "Watch the sky" o tempo todo! Eu olhava para cima e não via nada demais, só aquele monte de estrelas se movendo. Mas realmente era algo novo no JVK. Fui de cidade em cidade e era a mesma coisa. Não tinha mais nada para fazer no jogo, a não ser andar por aí e ver aquelas pessoas paradas falando a mesma coisa.

(...) sem poder viajar, com todos os sistemas de viagem rápida sem reação. Não tinha mais nenhum monstro no jogo também, nada. E as pessoas não reagiam se você atacava, ficavam ali paradas até que você acabasse com elas. Pelo menos, o "sangramento" parou. Mas agora eu ficava vendo o que parecia ser um monte de "Assassinos" correndo na distância. Se eu tentava chegar perto, eles corriam para mais longe ainda. O cara que criou esta p*** é doente.

(...) Voltei para The Citadel depois de outro ciclo de 24 horas. E A PORTA CONTINUAVA FECHADA! Mas eu não queria desistir, já gastei tempo demais nesta m***, já perdi aula, meu colega de quarto disse que eu sou maluco, mas f**-se. Agora, eu já estava com o jogo rodando tinha mais de quatro dias, sem fechar. Fui atrás do Ascended Sleeper lá do Ghostgate, para ver se tinha alguma mudança, voltei a Seyda Neen e até conferi se Vivec ou Caius tinham se levantado ou algo assim. Não, não, não, nada novo. Eu já ia fechar o jogo quando percebi que o céu estava ainda mais rápido e tinha mais Assassinos nas montanhas do que tinha Cliff Racers antes. JVK ainda tinha alguma coisa nova?

Voltei para a The Citadel e os monstros tinham dado respawn?! Mas depois disso tudo, eu já estava calejado de passar por ali e cheguei de novo na Portrait Room. As imagens já não vinham mais das Minhas Imagens e mostravam os caras da quest principal, screenshots dos corpos deles caídos. Que p*** é esta?! O último quadro estava vazio. Quando eu cheguei mais perto para ver se dava para ativar, apareceu a minha foto de perfil do Yahoo Messenger! O "sangramento" voltou e estava muito mais rápido do que antes. Eu tomava uma poção atrás da outra e continuava caindo. Corri para a porta e a continuava fechada. Tentei sair da Portrait Room e o Ascended Sleeper do Ghostgate estava bloqueando a saída. Ele falou: "The door will open for you, only for you" ("a porta vai abrir para você, apenas para você") e aí o WINDOWS REINICIOU!

(...) Meu colega de quarto falou para eu desinstalar ou eu teria que achar outra pessoa para dividir o espaço. Ele estava falando sério: eu estava destruído, com a barba enorme, cheirando mal e com restos de comida em cima da mesa. Parei com JVK, já estou tendo pesadelos com aquela m***."

Se o relato é autêntico ou não, jamais saberei. Uma busca profunda na internet não encontra mais nenhum sinal do jvk1166z.esp e minha cópia do arquivo se perdeu em um HD quebrado anos atrás. O que existe atrás daquela porta? Ninguém sabe. E talvez ninguém deva saber.

Ouvindo: Puddle Of Mudd - Out Of My Head
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

8 comentários:

Francisco Feitoza disse...

Isso tá com cara de creepypasta. Se for, está muito bem escrito. Aliás vc já jogou as séries de adventures longest journey ou culpa innata? São duas das melhores séries de Adventures dos últimos tempos.

Marcus Gonzallez disse...

Eu já postei isso antes, mas você sabe, nunca é demais avisar. Não duvidem dessas coisas, comigo mesmo aconteceu o seguinte: Estava uma madrugada dessas jogando Lead and Gold com mais dois amigos, um de Moscow e dois americanos, além de outras pessoas na sala. O jogo havia acabado de atualizar pra versão 1.09 e eu estava bem ancioso pra ver as novidades, entre elas um novo mapa. Estávamos neste mapa quando entrou na sala alguém com o nick de Creepy Bastard. O engraçado é que o personagem dele não tinha armas carregava um livro negro ao invés disso, e você não via o rosto dele; Como quando os polígonos dão uma espécie de "tilt" e ficam vibrando, algo assim. O corpo era como o do personagem do cowboy no jogo, mas com o chapéu de cor escarlate. Ao entrar na sala ele ficava teclando onomatopeias de risadas como ASkaOSKaOSkaOSK o tempo todo e correndo pelo cenário. Quando eu estava nas costas do Setmaster, um de meus amigos de jogo, e lhe mirando um "headshot", Creepy Bastard se dirigiu à ele na caixa de chat dizendo: Hey, Setmaster, watch your back old friend. Birds are singing. E quando acertei-lhe a cabeça eu vi a melhor animação de "headshot" que já vi. Em Lead and Gold a animação de tomar um tiro é basica, você cai, mas não naquela noite. A cabeça de Setmaster esfacelou-se em pedaços e seu corpo caiu pesado no chão. Coincidentemente ele foi desconectado na hora e saiu da sala. A partida continuava e eu via um a um pessoas recebendo mensagens lhes avisando sobre sua morte e sendo desconectadas em seguida. "Hey, Buttkicker, mommy will hate to clean this mess. Sorry 'bout your legs. E lá se foram as pernas de Buttkicker quando lhe tacaram uma dinamite. As animações estavam impressionantes, mas eu sentia como se algo estivesse errado naquela madrugada. Tive certeza de algo errado quando ele disse para o Here2KillU, meu parceiro no time: "Watch your Step", e ele pisou em uma armadilha de urso. As armadilhas de urso simplesmente te prendem durante alguns instantes e se seu parceiro atirar nela ele te ajuda a se libertar, mas não era mais assim depois do patch 1.09 ou depois que Creepy Bastard entrou na sala. Here2KillU teve a perna rasgada pela armadilha, presa ainda na armadilha por um emaranhado de carne e ossos, e quando atirei na armadilha o tiro o acertou, éramos do mesmo time, isso não deveria acontecer, e suas costelas se abriram com o tiro da minha espingarda e sua conexão caiu. Logo depois Creepy Bastard se dirigiu a mim: "Hey, Gonzallez"... Resetei o computador na hora, mas pra minha surpresa o jogo não desligou. A imagem ficou congelada, travada com o corpo destruído de meu companheiro caído e a caixa de chat aberta. Ainda me arrepio ao lembrar que pra minha surpresa os caracteres continuaram à se formar me dizendo uma última mensagem:"Hey, Gonzallez... You pussy". Puxei o cabo de força e finalmente o pc desligou. Quando tentei ligá-lo novamente minha instalação do Windows 7 havia sido irremediavelmente corrompida e tive que instalá-lo de novo, perdi muita coisa importante, mas não me arrependo. Não sei se coincidência ou não mas as contas de Buttkicker, Here2Killu e Setmaster estão à exatos 90 dias offline. Desde aquela noite nunca mais joguei Lead and Gold. Era o único jogo online que gostei, mas se você um dia for jogá-lo, ou for jogar qualquer jogo online e entrar algum Creepy Bastard na sala. Amigo, faça um favor pra si mesmo... Saia.

C. Aquino disse...

Breve explicação: A história é falsa, naturalmente. O link no último parágrafo entrega. Quando eu escrevi a postagem sobre os creepypastas, esta se destacou entre as demais e achei que merecia seu próprio espaço.

O texto não é de minha autoria, mas tampouco é apenas uma tradução do original: removi as partes que não eram plausíveis, acrescentei alguns detalhes para aumentar a verossimilhança, alterei o final para ficar menos extraordinário e tentei escrever a primeira parte dentro do meu estilo, como se eu tivesse realmente jogado o mod. Afinal, "quem conta um conto aumenta um ponto".

Poa Kli-Kluu disse...

Caraca, eu adoro esses creepypastas XD

To pensando seriamente em elaborar um...

Nunca joguei Elder Scrolls, mas agora to motivado a jogar (;

Poderia por favor colocar o link de onde tu leste a forma original do texto, Aquino?

Poa Kli-Kluu disse...

Aliás, Aquino, notei dois erros de grafia das palavras, sei que isso pode parecer paranóia minha, mas de qualquer jeito, fiz em comentário separado pois aceito a possível sujeição desse comentário a ser deletado, afinal, é só pra te informar mesmo XD

"tabalho" - 8º parágrafo.
"alteraçã" - 12º

C. Aquino disse...

Poa, o link do último parágrafo vai para o texto original. De qualquer forma, segue aqui: http://creepypasta.wikia.com/wiki/Jvk1166z.esp. E muito obrigado pelas correções: aparentemente o Windows Live Writer não rodou o corretor ortográfico direito; publicando novamente a postagem, corrigi os erros que você apontou e o WLW identificou mais três que tinham ficado!

Poa Kli-Kluu disse...

Poxa, não havia visto o link xD

Normalmente leio no Google Reader e não havia notado lol

Terei mais atenção na próxima vez o/

Edgar Menezes disse...

Caramba deu vontade de testar esse Mod ai!! Pena que não existe mais...

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia