Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

6 de setembro de 2020

Quarentena - Semana 25

Far Cry® 52020-9-3-19-57-45

Meu PC deu um susto nos últimos dias e a saga foi contada em detalhes no Twitter. Basicamente, precisei instalar a Atualização de Maio do Windows 10, algo que meus instintos e minhas experiências prévias diziam para aguardar mais um ou dois meses para ter certeza que estava estável. Além disso, instalei Marvel's Avengers, um título que leva minha configuração aos seus limites físicos.

Então, o PC pifou. Após dois seguidos investigando e resistindo à vontade de formatar o sistema operacional e perder outros dois dias para configurar tudo novamente, encontrei o que parece ser o culpado: um cabo SATA defeituoso. Não descarto a possibilidade dos mesmos fatores randômicos que fizeram a máquina se tornar instável também foram responsáveis por ela voltar ao normal. Em termos técnicos, uma urucubaca daquelas.

Suei frio diante da possibilidade de ter que sair e comprar outro HD. A confusão também serviu para eu perceber que trabalhos urgentes nunca eram tão urgentes que não pudessem ser adiados e também me afastou de olhar para a conjuntura global e me indignar com o país e com a sociedade, nem que fosse por dois dias.

jogatina

Um dos momentos mais estranhos de minha carreira de jornalista de jogos e um claro sinal de minha obsolescência futura: coloquei o garoto para jogar Surgeon Simulator 2 no meu lugar. O jogo veio para nós do Gamerview, embora a análise não esteja sob minha responsabilidade, que fique bem claro. Entretanto, foi combinada uma sessão multiplayer entre @Acidjujuba, @Caco02 e eu, os doutores da alegria, para avaliar como funciona o grande diferencial dessa continuação.

Chegado o horário (e após uma crise de dor de cabeça), descobri que o jogo tem um tutorial obrigatório antes de reunir os médicos de plantão. Triste sina de ver meus colegas atravessando o tutorial enquanto eu ficava progressivamente mais e mais encalhado. A jogabilidade de Surgeon Simulator 2 conspira contra você, faz parte do subgênero, é o tormento com o qual tive contato somente em Table Manners. Nesse meio tempo, o garoto estava do meu lado, rindo, mas oferecendo dicas, já que ele tinha visto o jogo em ação no YouTube.

Chegou um certo ponto em que eu perguntei, meio desesperado, meio irritado, se ele faria melhor. E ele fez. Ele sentou na cadeira e passou do tutorial. Daí pra frente, me tornei o co-piloto, fechando um ciclo que começamos lá atrás. O aprendiz se tornou o mestre. Ele guiou o "nosso" personagem junto com meus colegas jornalistas e eu fiquei de plantão no microfone, recebendo e repassando instruções.

Felizmente, os papéis se equilibram em Far Cry 5, em nome de minha dignidade. Jogamos menos do que gostaríamos em uma semana atarefada, mas estamos progredindo na trama.

Em Warframe, ficou acertado que encerraríamos oficialmente nossa jornada em outubro, porque eu ainda quero ver conteúdo especial de Halloween. Provavelmente, será algo mediano, mas é uma data como qualquer outra para parar. Da parte dele, o jogo já foi pra geladeira e seu ritmo diminuiu muito. Outros jogos e trabalhos também me afastaram da aventura espacial.

the-umbrella-academy

Concluímos a segunda temporada de The Umbrella Academy estupefatos. Depois do episódio final, ainda ficamos mais uns quinze minutos criando teorias para tudo que tinha acontecido. Será um sofrimento aguardar mais um ano ou mais pela continuação desses eventos.

Ellen Page periga se tornar uma boa atriz de um papel só: a jovem deslocada que busca uma forma de ser feliz, mas atravessa a vida quase com apatia. Jodie Holmes, de Beyond: Two Souls saúda a Vanya que habita nela. Ainda assim, ela inspira simpatia, junto com o resto do elenco. É uma série que supostamente deveria ser sobre super-heróis, mas acaba sendo uma sessão de terapia com indivíduos problemáticos mas carismáticos, envolvidos com forças além de sua compreensão. Patrulha do Destino saúda o Gerard Way interior de todos nós.

Vimos apenas um filme durante a semana, o frágil Sweetheart. É um filme de horror independente, com boas ideias e péssima execução. Há subtramas que ficam pendentes e um confronto final murcho que tenta mas não consegue ser visceral. Acredito que seja um problema de duração/orçamento. Tem uma hora e vinte e dois minutos e até momentos intensos. Porém, mais quinze minutos de desenvolvimento e um epílogo ajudariam muito. Do jeito que está, ficou muito descartável.

Pelo Gamerview, entreguei a análise do belo jogo brasileiro Eternal Hope. É um título curto, mas desafiador. Poético, mas tenebroso em diversas partes.

Entretanto, não há como esconder minha empolgação com Marvel's Avengers. Havia antecipado o jogo quase desde o seu anúncio inicial e sua análise caiu em meus braços. Seria esse o título que faria pela Marvel o mesmo que DC Universe Online significou para esse fanboy que já passou da idade?

O jogo roda aos trancos e barrancos e gastei horas para configurar as opções gráficas para equilibrar um visual bonito com performance. Houve momentos em que ele se comportou como Ark e temi pelo pior, mas chegamos a um acordo. Lamentavelmente, cada sessão de jogo não aguenta duas horas seguidas, sob o risco de crash da placa de vídeo. Demérito da Square-Enix? Talvez, mas estou forçando a amizade com uma máquina que está no mínimo exigido.

O fato de eu estar brigando com as configurações e me submetendo a um travamento a cada 90 minutos é um indicador de que Marvel's Avengers é bom ou é um indicador de que esse fã de décadas de quadrinhos não admite uma derrota? A campanha é longa. Sou Kamala Khan, entrando em um universo mágico, caminhando entre mitos. Nada mais importa.

E The Walking Dead: The Final Season? Ai, caramba, desculpa, Clementine!

marvels-avengers

Ouvindo: The Cure - Switch
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Bolívar D'Andrea disse...

Cara, joga logo o episódio final do Walking Dead, não vai se arrepender. É bem curtinho, tem só uma hora e meia, mais ou menos, e vale muito a pena, é de longe o melhor episódio do jogo. Me arrisco a dizer que o final é melhor do que o final do 1.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

The Walking Dead