Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

6 de agosto de 2013

Jogando: DC Universe Online (Conclusão) - Adeus e Obrigado

Beco do Crime

Um MMORPG por definição não pode ter fim. Você vence os desafios, derrota os inimigos, completa todas as missões, mas tudo continua lá, esperando que você faça tudo de novo. Nada é mutável, exceto o jogador.

Quando eu comecei a jogar DC Universe Online, vindo de uma mal-sucedida passagem por World of Warcraft, jamais iria imaginar que passaria 278 horas cravadas no Steam dentro deste universo único. Empatado com Killing Floor minuto a minuto, é meu jogo onde passei mais tempo oficialmente. Considerando que jogo o título da Tripwire Interactive há anos enquanto DCUO pode ser medido em meses, dá para se imaginar o grau de imersão com que fui tragado.

Neste meio tempo, conheci as dores do grinding, criei uma super-vilã que acabou superando meu herói inicial nas minhas escolhas e participei de dezenas e dezenas de raids, na tentativa de atingir o inalcançável e derrotar Brainiac. Escrevi até dois guias sobre o jogo: um para iniciantes e outro mais avançado.

Mas se um MMORPG não pode ter fim, a vontade de jogar, sim. Aproveitando a falta de tempo para me dedicar, mais uma grande viagem no meio do caminho e outros jogos que por aqui passaram, me dei conta de que não jogava DCUO havia semanas. Eu poderia retornar, recuperar o ritmo, perseguir o lendário conteúdo de altíssimo nível, vencer Brainiac no centro do Multiverso e escrever meu nome nos píncaros imaginários dos superseres. Ou poderia aproveitar a oportunidade para partir para outros desafios. Confesso que a barreira de grinding que se erguia para se alcançar o próximo tier foi um fator influente.

Então, isso é um adeus para DC Universe Online e uma celebração de todas as horas prazerosamente perdidas em suas batalhas épicas. Obrigado.

DCUOPara quem torce o nariz para os jogos de MMORPG, eu posso dizer por experiência própria que você ainda não descobriu aquele que irá te prender. Seja pelo lore, seja pelas mecânicas, seja pelo sistema de cobrança, seja pelos gráficos ou pela comunidade de participantes, em algum lugar há um MMORPG de portas abertas para você. Boa sorte!

Ouvindo: Health - Tears
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

3 comentários:

Ed R M disse...

Pois é. Meu ânima por jogar o WoW acabou há tempos tb (ao menos por ora, vamos ver em uma próxima expansão). Mas fico acompanhando notícias de fan sites sobre a hisória do jogo, porque, se a jogabilidade fia para trás, o lore do Warcraft é algo que não consigo de fato abandonar.

Em compensação, descobri duas novas (pra mim) tentações virtuais online para preencher o tempo gasto em games multiplayer: Dota 2 e Team Fortress 2. Dois F2P !!! Grande Valve :)

Edgar Menezes disse...

Caramba fico triste por você abandonar o DCUO mas não tiro sua razão, eu mesmo já pensei já vezes em abandonar o game, cheguei a passar alguns meses afastado mas resolvi retornar. Dos MMOs que já joguei esse sem dúvida é um dos melhores pra mim, vou aguardar a transição do game para a Next-Gen conforme ouvi falar para ai sim, decidir abandonar o game também ou tentar continuar mais um pouco até o sonhado LVL 30 e conhecer essa questão dos Tiers.
Grande abraços!

Anônimo disse...

Uma grande perda para o DCUO.O que está desanimando jogar é o fato de não poder usar os Equipment Interface type I, II, e III sendo free player. Como se já não bastasse a desvantagem de nunca chegar a ser um tier 5, ainda tenho que me contentar em apenas usar os equipament type alpha e Beta. Eu acho que poderiam pelo menos ter liberado o type I, para eu os free não ficarem tão atrás dos legendarys e até mesmo dos premiuns

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia