Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

12 de dezembro de 2019

Iä! Iä! Killing Floor Fhtagn!

cthulhu

Natal é tempo de arroz com passas, amigo oculto, bom velhinho, Duro de Matar na TV, comercial de banco tentando te enganar que quer o seu bem e, é claro, monstruosidades soltas no mundo insano de Killing Floor.

Quem quer que tenha feito essa associação entre as festividades de final de ano e o jogo de carnificina não bate bem da cabeça, mas ninguém pode acusar a Tripwire Interactive de ser inconsistente. Desta vez, Chtulhu está a solta em um dos mapas de Killing Floor 2 e, por incrível que pareça, esse nem é o destaque do evento. É apenas um toque de charme no horizonte, digamos assim.

Killing Floor 2: Yuletide Horror traz para o jogo um inimigo menos impressionante que o dorminhoco soberano de Rlyeh, mas não menos tentacular. Depois de figurar apenas na subestimada história de fundo da franquia, Rachel Clamely vai finalmente completar sua jornada em direção ao Inferno e se tornar um dos chefes finais, na forma da terrível Matriarch. Rachel é filha de Kevin Clamely, fundador da Horzine, a empresa responsável pela epidemia de monstruosidades que varreu o mundo. Kevin também é conhecido como o Patriarch, o primeiro chefe final de série, após injetar um coquetel de substâncias exóticas em si mesmo e realizar alguns experimentos. Oficialmente, Rachel ajudou a derrotar o pai não uma nem duas vezes, mas três vezes seguidas, até sucumbir ao destino da família e se tornar ela mesma uma abominação.

Noventa e nove vírgula nove por cento dos jogadores vai passar por cima desse drama familiar como se não fosse nada e se concentrar na luta. A Tripwire garante: a Matriarch será osso duro de doer, como podemos conferir no vídeo acima, com múltiplos padrões de ataque e estágios para ser derrotada.

O evento "natalino" trará também duas novas armas gratuitas para todos os jogadores, duas armas pagas via DLC, um novo mapa criado pela comunidade (com aquele convidado simpático observando tudo do mar...), uma versão de Biotics Lab adaptada para o modo Objective e o retorno do personagem comprável Badass Santa, dublado pelo ator Gary Busey.

Ouvindo: Cansei de Ser Sexy - Alcohol
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Redneck Rampage