Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

29 de setembro de 2017

Não Fui Eu Que Joguei: The Dweller

The Dweller 01

Era algo que eu já devia ter feito há mais tempo: criado uma categoria de postagens no blog sobre jogos que eu mal tomei conhecimento. Tem outro jogador inveterado dividindo o teto comigo e esse tipo de evento vai acontecer com cada vez mais frequência. Ou seja, criei um monstro.

Acordei esses dias com meu filho, madrugador, contando que venceu The Dweller. Fiquei perplexo. Não por achar que ele estivesse mentindo ou contando vantagem, mas pelo fato de que mal vi ele jogando. Ele sorrateiramente ocupava o computador nos momentos em que eu me afastava, ou por estar dormindo ou lavando a louça, basicamente os únicos eventos que me libertam dos grilhões da tela.

Então, posso falar apenas do que vi. E o que vi é um bom jogo de puzzle, com gráficos retrô mas uma premissa genial. Em um complexo de cavernas jazem os últimos resquícios de uma civilização perdida e um grupo de pesquisadores começa a explorar esses labirintos enquanto uma poderosa e implacável criatura vaga por dentro da rocha e os mata um a um. A reviravolta é que em The Dweller, você é a tal criatura.

Como o monstro só pode se mover, a princípio, dentro da rocha, o jogador é obrigado a pensar inversamente como está acostumado, criando caminhos por onde, em outros jogos, seriam os limites do seu personagem: paredes e o chão. Diversas mecânicas ajudam nessa tarefa e o título vai ficando progressivamente mais complexo, com pedras que podem ser movidas, portais e até inimigos. É um tortuoso desafio até chegar ao final dos 50 níveis diferentes.

The Dweller 02The Dweller 03

E o resultado é divertidíssimo. Os pobres pesquisadores fogem em pânico e o jogo não economiza no sangue, mas é tudo bastante caricato, arrancando risos sádicos de adultos e crianças.

Em alguns raros momentos, meu filho ficou empacado e me pediu ajuda. Eu disse a ele: "você não está pensando ainda como um monstro" e mostrava um caminho que só uma divindade da terra poderia percorrer. Imagino que ele tenha aprendido a lição...

Meio ressabiado, ele me diz que não tem muita certeza de ter batido o jogo. No último nível acontece algo inesperado que o confunde. Ele me mostra e eu também fico um tanto quanto intrigado, principalmente porque não vinha acompanhando a trajetória. Ele me mostra o mapa e está lá: tirando dois níveis que ele pulou, todos os outros 48 estão com a cor de concluídos.

No meu Steam, aparece o Achievement injusto de jogo vencido. Sim, tem um monstro nessa casa.

The Dweller 04

Ouvindo: Cowboy Junkies - This Street, That Man, This Life
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Shadow Geisel disse...

Eu queria ter uma pessoa pra não jogar alguns jogos por mim, desde que eu não tivesse que escrever a análise, claro. rsrsrs

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail