Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

7 de novembro de 2016

Jogando: Warhammer: End Times - Vermintide (Free Weekend)

Vermintide 07

A Humanidade está no limiar da extinção. Depois de séculos (milênios?) conseguindo resistir aos avanços das forças das Trevas, a maré virou e uma aliança macabra irá inexoravelmente varrer as raças civilizadas da face de um planeta iluminado por duas luas. Posso estar errando um ou outro detalhe do lore, mas esse é o clima de desolação do universo medieval de Warhammer.

Não sou conhecedor profundo, mas a impressão que eu tinha desde que me aventurei por Warhammer Online é que o cenário é a resposta para aquela pergunta que martela em nossas cabeças: o que teria acontecido se Frodo tivesse falhado? Desespero, dor, guerra, derrocada da sociedade e atrocidades cometidas por criaturas nefastas são a resposta.

Com grande satisfação, reencontrei esse ambiente desolador em Warhammer: End Times - Vermintide.

Vermintide 16

É importante entender a atmosfera do jogo: vagando por ruas ou ruínas abandonadas, você e três aliados calejados de muitas batalhas precisam deter uma onda interminável de Skaven, os repulsivos ratos humanoides que saíram dos subterrâneos para espalhar a morte na superfície. É uma luta que não terá um fim amigável diante de uma legião impiedosa. Nessa jornada, você atravessará vielas imundas, portos decadentes, torres de magos insanos, criptas lúgubres, terá encarniçados confrontos nos esgotos, nas ruas e nos telhados, para, ao final, fugir o mais rápido possível para a segurança.

Vermintide 10Vermintide 13

É importante entender a atmosfera do jogo porque a jogabilidade é exatamente igual à da franquia Left 4 Dead.

Mas tão igual, tão igual, que é impossível não imaginar algum tipo de acordo jurídico nos bastidores que mantenha os advogados da Valve afastados. São quatro aliados controlados por jogadores enfrentando hordas de monstros, com criaturas especiais que possuem rigorosamente as mesmas habilidades do Hunter, Tank, Spitter e Smoker, com hordas acionadas em momentos aleatórios, itens de cura, munição e bombas espalhados a conta gotas pelo cenário... as mecânicas são idênticas. A interface, idem.

Nesse ponto, cabem as mesmas críticas a Left 4 Dead: o jogo é repetitivo, carece de um enredo mais profundo, a Inteligência Artificial ocasionalmente deixa a desejar, os mapas podem ser confusos às vezes. Se você não curtiu o jogo da Valve, dificilmente será esse que irá fazê-lo mudar de ideia para o gênero. Se você adorou o jogo da Valve, eu diria que Vermintide é obrigatório, um "mega-mod" independente que acrescenta detalhes à fórmula.

Vermintide 12

Por outro lado, Vermintide tem qualidades próprias que vão além da atmosfera. Há um sistema de progressão de personagens, que possuem habilidades diferenciadas. Enquanto Francis, Zoey e a turma de Left 4 Dead eram iguais uns aos outros em sua função, apenas skins para os jogadores, aqui cada herói possui características únicas. Como um bom RPG, os heróis também podem evoluir seu equipamento, de forma que um veterano na guerra contra os Skaven será mais capacitado do que um novato. Ao final de cada sessão, há um sorteio de loot, com atributos que podem ser superiores ou inferiores às armas já disponíveis, assim como artefatos que alteram um pouco o rumo das batalhas.

Joguei com os cinco heróis durante o Free Weekend liberado pela desenvolvedora Fatshark e gostei muito do que vi. Há bugs, mesmo um ano após o lançamento, como bots que encaram as paredes e inimigos que caminham no ar, mas é um título bastante redondo que merece seu lugar ao lado do seu antecessor espiritual. Consegui experimentar seis mapas e há uma boa variedade entre eles, principalmente em tamanho e objetivos. Aquele que possui a Torre do Mago é insanamente longo e complexo com boas surpresas arquitetônicas...

Vermintide 15

Meu minguado orçamento e minha interminável Biblioteca me dizem que esse ainda não é o momento para comprar Vermintide. Mas sei que um dia atenderei ao chamado e emprestarei minha lâmina e minha fúria para estancar a onda dos ratos...

Ouvindo: Apocalyptica - Fade To Black
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Shadow Geisel disse...

A atmosfera me atrai, mas o foco no multiplayer me repele.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail