Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

9 de janeiro de 2012

"Já somos heróis?"

dota-2-monster-comics Nunca joguei DoTA. Para ser 100% franco, nunca joguei nem Warcraft! Eu sei que é uma lamentável falha em minha formação de jogador, mas esse não é o ponto. Mesmo sem ter jogador DoTA, mesmo sem sentir um pingo de euforia diante da proximidade de Dota 2, ainda assim eu recomendo enfaticamente a história em quadrinhos "Are We Heroes Yet?". Graças à gigantesca boa-vontade da Valve, o material é gratuito, foi traduzido para o nosso português, está liberado para download em PDF de alta qualidade e ainda traz papéis de parede. Melhor que isso, só se o jogo também fosse de graça.

Do ponto de vista de quem não conhece o universo apresentado, posso dizer que a história se sustenta sozinha e nos introduz a esse mundo mágico sem esforço e sem parecer didática. Com 48 páginas e competência, a Valve mais uma vez mostra como se faz um produto de qualidade para os fãs, ao contrário daquelas medíocres 8 páginas de Dead Island lançadas pela Marvel e pela Deep Silver. O produto disponibilizado aqui é do mesmo nível dos quadrinhos relacionados a Dead Space, com a vantagem de ser gratuito.

tales-from-the-secret-shop-are-we-heroes-yet A primeira parte da aventura foi publicada no Halloween do ano passado, mas a história já está concluída. Com doses equilibradas de bom-humor e conceitos fantásticos, o enredo foge do tradicional arroz com feijão dos universos de espada e feitiçaria e se aproxima mais do que foi feito na série de quadrinhos Livros da Magia ou nos contos do universo de Sandman, todos da DC Comics. Somos apresentados a uma loja de artefatos místicos e seu respectivo proprietário e núcleo de animais assistentes. Entram em cena uma dupla de desajeitados ladrões que estão ansiosos por fortuna e fama. Com muita lábia, o vendedor os envia em uma missão que só pode ser descrita como suicida, mas a ganância fala mais alto que o bom senso e o resultado pode surpreender o leitor.

Minha única reclamação sobre a história é seu epílogo, que incorre no erro de modificar o final e alterar o tom que julguei perfeito. Parece ter sido criado a revelia, decidido em uma reunião do departamento de marketing e imposto aos autores no último minuto. A própria forma em que a parte 7 aparece marcada na página oficial sugere algo afixado depois de tudo.

Outra falha é a ausência de informações sobre o roteirista e o artista responsáveis pela obra. Se a Valve omite os dados, a Internet responde: Marc Laidlaw, um dos roteiristas oficiais da empresa e autor de Half-Life, responde pela história enquanto Jim Array (ilustrador de Magic the Gathering) assina a arte peculiar. Vale citar a resposta da Valve ao Newsrama sobre seu método de desenvolvimento:

"A melhor forma de ter o controle criativo de nossos produtos  é criá-los de fato. Na Valve, nós não mandamos nossos quadrinhos ou comerciais para companhias de fora; ao invés disso nós encontramos pessoas que estão fazendo um trabalho de alta qualidade nestes campos, pessoas com as quais nós adoraríamos trabalhar e as contratamos. Há muitos anos atrás, nós começamos a contratar profissionais de quadrinhos com a intenção específica de montar um time de quadrinhos interno a partir do zero."

Ouvindo: The Beatles - Drive My Car / the Word / What You're Doing
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

11 comentários:

Marcos A. S. Almeida disse...

Quando finalmente joguei Warcraft III já estava completamente cansado do esquema padrão dos RTS, "recolhe recurso + constrói unidades + ataca" e achei que ele seria diferente disso, mas infelizmente não era,portanto desisti , muito antes dele se tornar MMORPG , que é um outro gênero que não me atrai.Ao contrário do que muitos fãs do jogo imaginam sobre quem não joga, continuo vivo e lúcido para não tentar jogá-lo novamente, eheheheheeheh!

Jimmy666 disse...

Não querendo achar defeito, mas na 9ª linha acredito que está faltando a palavara "mostra" no texto...
-
Enfim, joguei todos os warcraft e posso assegurar que é um produto de excelente qualidade, Warcraft 3 ainda diverte muito se você quiser jogar.
Mas também nunca joguei DOTA...
Não duvido que seja um bom jogo, mas o conceito em si não me empolga mesmo gostando de Warcraft 3 por exemplo...
Os "genéricos" que tem por aí também não me empolgaram.Já cheguei a instalar League of Legends(acho que passou world of warcraft como jogo mais jogado do mundo)mas nem testei e joguei Rise of Immortals(acho que é esse o nome)para fazer o achiev de natal do Steam e não achei o jogo grandes coisa...
Já tem amigo meu do Steam jogando DOTA2 Beta e dizem que o jogo está bom e praticamente finalizado...
A menos que me convençam do contrário, talvez nunca jogarei!

C. Aquino disse...

Marcos, você acertou em cheio no motivo de eu não ter experimentado Warcraft 3 na época: saturação. E olha que eu curto o esquema "recolhe recurso + constrói unidades + ataca"! Hoje em dia, é um gênero em extinção, então, talvez esteja na hora de visitar os que perdi...

Jimmy, valeu pelo toque! Já corrigi o texto! Você acredita que até hoje não joguei um Tower Defense que seja? Não posso nem opinar...

Marcos A. S. Almeida disse...

Só complementando o tweet do GAMESFODA: Na verdade os físicos do CERN estão esperando a tecnologia da próxima geração de consoles sair para então finalmente reproduzirem o Bóson de Higgs ou a "Partícula de Deus".No meu tempo a física é que influenciava os jogos, quando eu "soprava" os cartuchos para eles "pegarem"...

Fagner P. disse...

Sei que minha plataforma é o Xbox 360, mas meu gênero favorito é o RTS, o que é raro de encontrar no console.

Marcos, apesar do Warcraft ser realmente isso, de também coletar, construir, atacar, ele tem um diferencial que nenhum outro RTS tem, que é um pouco do gênero de RPG nos heróis. Eles evoluem, tem skills, inúmeros items para ser encontrados, magias, poções, etc. E isso, pra mim, muda completamente a estratégia de jogo, o seu herói, acaba se tornando a peça principal do seu tabuleiro. Por isso não enjoa tanto pra mim. Por isso existe tantos mapas para jogador único, onde você só joga com um herói (na campanha por exemplo, tem muitas missões que você joga com o herói), por isso também DoTA deu tão certo. Warcraft é muito mais jogado do que muitos outros RTS que foram lançados bem depois do que ele.
Só espero que o DoTA 2 tenha a mesma magia que o Warcraft III tinha, mas eu confio na Valve.

Shadow Geisel disse...

Desculpem a ignorância, mas o que significa a sigla DOTA?
Aquino, não sabia que você também curte quadrinhos. livros da magia e sandman são duas ótimas séries, e New Gaiman é o meu escritor favorito.
sobre o post, adoro quando uma empresa de jogos lança subprodutos de alta qualidade.
uma coisa que achei que gostaria mais quando comecei a comprar só games originais eram os encartes.
que decepção. a maioria traz um acabamento pobre em preto-e-branco e apenas repete o mesmo tutorial que pode ser encontrado no disco.
nada de ilustrações exclusivas, histórias em quadrinhos explicando o episódio anterior da série (heim, Mass Effect 2?) ou coisa que valha a pena o gasto de celulose.

Marcos A. S. Almeida disse...

Não sou o mais indicado pra explicar isso Shadow, mas a sigla significa Defense of the Ancients , que acho eu , é um Mod de Warcraft.Só sei isto, desculpe.

Fagner P. disse...

Shadow, significa Defense of the Ancients, é um mapa para Warcraft III, caso você não saiba.

Jimmy666 disse...

Aquino, vai no steam e compra o Plants Vs Zombies que é o melhor tower defense que existe!Ele tava 2,99 no natal e apesar de parecer imbecil, é muito divertido!
Acho que DOTA não se encaixa no genero Tower Defense...
Anomaly warzone earth tb é um tower defense legal.

Jimmy666 disse...

Além de ser divertido, plants vs zombies pode ser jogado pelo seu filho tb, o jogo não é difícil e estimula o raciocínio.
Eu não tenho PVZ porque joguei o pirata, deixei de comprar ele no fim de ano pra comprar World of Goo que pra mim é o melhor jogo indie que existe...

iguuu' Poa disse...

Sou um fã de carteirinha da Blizzard, assim como milhares outros. Aliás,, acabei de comprar um livro do WoW, "Chronicles of War", e qualidade é amedrontadora. E acho ótimo essas atitudes de fornecer um aprofundamento por outras mídias além da digital: Sejam card games( que também jogo o TCG do wow), livros, posters, periféricos para pc, e principalmente Action Figures. Comprei a pouco tempo também o livro Renascença de Assassin's Creed.

Com relação ao WC3 Aquino, recomendo que jogue Warcraft I primeiro, como não se importa de jogar velharias e compartilha comigo uma grande apreciação por tais, acredito que gostará. WC conta com um enredo imersivo e zilhares de gigas de lore. Eu diria que é sem sombra de dúvida o jogo com o maior Lore ja produzido, ou no mínimo, com o maior Lore com o qual tive contato. NENHUM mmo, seja ele rpg ou não, tem um lore como WC, isso é um ponto forte indiscutível de WoW. Eu diria que Lotro é o que chega mais perto.

Jimmy, Rise of Immortals eu também achei muito fraco. Já League of Legends eu realmente recomendo que jogue para ver se gosta, e se gostar, recomendo-lhe Heroes of Newerth, que é mais hardcore. LoL e HoN são ótimos títulos, e eu fico mais com HoN. DotA, eu sinceramente acho que já se foi o tempo dele, agora é a vez de DotA 2. E sim, LoL ja passou WoW em número de jogadores, mas esse "archievement" da Riot Games de nada vale, e se vale algo, vale muito pouco, pois:
WoW é pago mensalmente, já LoL é totalmente grátis. Você pode jogar LoL a vida inteira, ser o melhor do jogo e sequer gastar 1 centavo. No LoL você gasta apenas com itens cosméticos, que são as skins para mudar a roupa dos personagens, e mais algumas outras coisinhas. Já wow, que tem um número de assinantes ligeiramente menor que LoL, você tem que pagar mensalmente, comprar o jogo e ainda pode comprar outros itens comésticos na BlizzStore(o que eu acho uma falta de vergonha na cara). Portanto, pra ser assinante do WoW e contar na contagem de assinantes, é preciso muito mais. WoW ainda continua como o jogo mais jogado, em minha opinião, pois não estamos contando os inúmeros private servers que somariam uma grande quantidade de players.

*eta, meu comentário ficou muito extensivo :<*

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell