Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

5 de outubro de 2011

E Agora, Soldado?

Crysis 2 foi removido do Steam no dia 15 de junho e passou a ser oferecido pelo Origin, a loja virtual da própria EA. A justificativa mais aceita para a atitude até o momento é o conflito existente na política de distribuição de conteúdo extra por download: a EA insiste em controlar a distribuição para "oferecer uma melhor experiência ao usuário" ou algo assim, enquanto a cláusula da Valve impõe que todo o conteúdo adicional deva ser também comercializado via Steam.

Sabe quantos DLCs foram lançados para a versão PC de Crysis 2 desde o dia 15 de junho? Nenhum.

Crysis 2 

O pacote Retaliation foi distribuído em 18 de maio e o pacote Decimation chegou para PC em 14 de junho, um dia antes da crise. Houve uma atualização com melhorias no suporte ao DirectX 11 no dia 27 de junho, mas foi gratuita e disponível a todos, independente de loja.

Enquanto isso, jogadores e imprensa esquecem do passado recente e roem as unhas de expectativa pelo próximo Battlefield, aparentemente exclusivo do Origin. Mas fiquem tranquilos: já há rumores de que ele será distribuído pelo Steam também.

Ouvindo: Wolfsheim - Everyone Who Casts A Shadow
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

9 comentários:

Breno disse...

Cuidado com o que fala nos foruns da EA.Se a pessoa for banida da conta da EA ela perde todos os jogos.

Agora,já que a discussão tava bem emergente nos comentarios anteriores,eu deixo aqui um link interessante sobre como é o processo de previews pelos jornalistas de jogos em geral.
Segue o link: http://www.rpgcodex.net/content.php?id=158

Talvez a diferença seja no fato de que as grandes empresas ainda conseguem acumular bons metascores,enquanto que pequenas desenvolvedoras nem sempre tem essa sorte.O ultimo preview que eu li foi o de Deus ex:Human revolution e posso dizer que segue mesmo a cartilha do editorial:muito positivismo e pouca critica.

C. Aquino disse...

Não imaginava que o desastre dos previews era tão grave assim. E é perturbador que O jogo em questão seja da mesma Cyanide que prometeu aquele tal de Of Orcs and Men... será que eles aprenderam alguma coisa com o tempo, ou teremos outro action rpg genérico, apenas com os papéis invertidos?

Breno disse...

só um adendo.O preview do Deus Ex novo que eu vi foi no Rock,Paper Shotgun e a unica coisa que eles viram como negativas foram as cutscenes e boss stages.Embora o caso de Human Revolution seja positivo,pode se encontrar muitos elementos de design do jogo que deixam a desejar.Tambem citei o caso de Oblivion,que era tido por muitos como o jogo perfeito e onde a farça terminava quando comecava o processo de hype para o novo titulo(fallout 3).

Agora a culpa não é exclusiva da desenvolvedora.Lembre-se que o feedback do preview deles foram bastante positivo entre os profissionais,evitando assim um feedback honesto onde eles pudessem reavaliar a situação do jogo.

Quando vc tiver tempo,de uma olhada no drama que ficou nos foruns de la com essa tematica.É uma boa leitura,isso eu garanto(embora seja longa).

Poa Kli-Kluu disse...

Qual o sentido em vender o jogo apenas na loja da própria distribuidora?
O Steam faz um trabalho excelente, só acho que peca na assitência técnica (tive problemas com DLC's de Borderlands).
Me pergunto se a venda da franquia pra EA foi realmente beneficiente.

Adorei o link que passaste, Breno. Depois de ler voltarei a comentar.

Poa Kli-Kluu disse...

Qual os sentido de retirar o jogo da loja Steam? Eles fazem um trabalho excelente( apesar que eu ja tive alguns problemas com DLC's de Borderlands).
Me pergunto se a venda da franquia à EA foi mesmo beneficiente.

A propósito, gostei do link que passaste, Breno. Lerei com bastante atenção.

Breno disse...

Poa só tome cuidado com os foruns de lá,pois é necessário um pouco de "mente aberta" para ler aquilo.é basicamente um processo de separar as boas informações das trollagens em geral.

Breno disse...

Outra coisa Poa:Que eu saiba Crysis sempre foi da EA.

Poa Kli-Kluu disse...

Até onde me lembro foi vendido de alguém pra alguém, se não estou enganado o.o

C. Aquino disse...

A CryTek se tornou parceira da EA a partir de 2004, poucos meses depois do lançamento de Far Cry e dois anos antes de Crysis. Por isso que Far Cry agora pertence à Ubisoft e segue sendo desenvolvido sem nenhum envolvimento da CryTek.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail