Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

8 de novembro de 2010

No Limite

Hoje, infelizmente, foi anunciado o fim da publicação das revistas Edge e Ngamer no Brasil. A editora Europa remanejou toda a equipe para outras publicações e os assinantes serão contatados para resolver o dilema. Abaixo, você vê a última capa da Edge, que eu ainda não vi nas bancas. Ouso dizer, sem exageros, que foi a mais inteligente revista de jogos publicada por aqui.

Edge - Último NúmeroAgora, de quem é a culpa? A editora Europa não é uma ONG, nem uma empresa pública: ela precisa de leitores para se manter e dar lucro. A culpa, então, é dos leitores. Segundo o Fábio Sooner, do Re:GAMES, está "confirmado que o gamer brasileiro não quer discussão sobre games, tendências e conceitos, ele só quer "detonados"...". Assino embaixo.

Então...

Você que compra revista de detonados.

Você que compra revista com dicas e muitas fotos.

Você que chega ao Retina Desgastada pesquisando "que tecla eu uzo pra jogar  Resident Evil 4".

Você que chega ao Retina Desgastada procurando jogos completos para download.

Você que chega ao Retina Desgastada pesquisando "jogo dos dinossauros de clicar e eles faz alguma coisa".

Você que reclama da qualidade das revistas sobre jogos mas não abriu o bolso para pagar R$14,90 na Edge.

Você que bota selo do Jogo Justo no seu blog e depois vai fazer compras no camelô.

Você que acha que jogo eletrônico é headshot nos n00bs.

Você que publica postagens de um parágrafo copiadas de algum portal.

Você que lê postagens de um parágrafo copiadas de algum portal.

Você que comenta "First".

Você que traduz artigos da Wikipédia e chama de "análise" do jogo.

Você que traduz o Kotaku e se acha antenado.

Você que não acrescenta, não opina, não discute.

Você que acha GTA a coisa mais violenta de todos os tempos e quer proibir os adultos de jogar.

Você que acha GTA a coisa mais violenta de todos os tempos e joga pra se sentir mais macho.

Você que acha GTA a coisa mais violenta de todos os tempos e ponto.

Você que ainda briga para saber quem é melhor: Xbox, PS3, Wii ou PC.

Você que não consegue escrever uma frase sem errar a grafia de uma palavra, justamente por falta de leitura.

Parabéns. Vocês juntos mataram a Edge.

Ouvindo: Smashing Pumpkins - Where Boys Fear to Tread
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

10 comentários:

José Guilherme Wasner Machado disse...

Concordo 100% com TUDO o que disse. CEM*POR*CENTO.

A Edge foi a revista sobre games mais bem escrita e mais inteligente que já apareceu aqui no Brasil, e a única que eu comprava atualmente. Sua falta será sentida, e não haverá substitutos à altura.

Infelizmente, esse fenômeno da homersimpsação é geral. Não vejo com otimismo o futuro de nenhuma publicação voltada para o público pensante. :(

Marcos A. S. Almeida disse...

Aquino,eu penso o seguinte: revistas,jogos,computador,consoles,tudo isso têm um público alvo; existe o consumidor de PC Positivo e existe o consumidor de DELL; existe o consumidor do FarCry 2 e existe o que espera o FarCry 1 sair na FULL GAMES;Existe o consumidor do PS2 e existe o do PS3;existe o consumidor de revista de detonados e existe o consumidor da EDGE. Não é porque não sou um Aquino da vida ou um Wasner , evidentes formadores de opinião, que deixo de ser pensante , mas nem por isso tenho de consumir a EDGE para ser; A realidade é que ela era uma publicação cara e acessível á POUCOS, seja pelo preço seja pelo conteúdo;Acho até que vocês pensam a mesma coisa com relação á esses POUCOS, com a diferença que eu não os vejo da maneira pejorativa como vocês os vêem.Eu os vejo diversos em pensamento, em gosto e atitude , mas não os vejo errados, ou piores (exceto os que matam o português...) ; Existe o que acessa o GAMEVÍCIO , com evidente conteúdo copiado, e existe o que acessa o RETINA DESAGASTADA, com conteúdo inteligente. Eu acesso os 2, e definitivamente não matei nenhuma revista.

C. Aquino disse...

Peço desculpas pela eventual arrogância e reconheço que existe público para todos os gostos, para todos os momentos. E me incluo entre aqueles que achavam a Edge cara por R$14,90. Mas, parafraseando o ditado: "se você acha que a informação custa caro, experimente a ignorância". Agora, eu choro e "xingo muito no Twitter" pelo leite derramado.

E, caro Marcos, a partir do momento que você opina, dialoga e argumenta, você já entrou para o clube dos pensantes! Grato pela audiência e pelo "formadores de opinião". Eu deveria ter escrito "Você que SÓ compra revista de detonados."

AxDna disse...

Na verdade a revista custa R$9,90 a poucos meses - não me lembro de cabeça. Vai fazer uma falta danada. Textos gelados como um iceberg, linguagem formal e enxuta, enfim, para gamers adultos. A próxima será a Old!Gamer, tenho certeza.

Vou aproveitar o espaço e desabafar algo que sempre afirmo: brasileiro só sabe reclamar. Reclamavam que não tínhamos mangás em banca, hoje as vendas (e a qualidade) vão caindo. Reclamam que seu time vai mal e não comparecem ao estádio para apoiar. Reclamam de políticos e não acompanham a política de fato. Reclamam de muita coisa, finalizando com um "Brasil é uma merda", quando conhecem no máximo o Paraguai (ou EUA se tiver uma grana razoável) ao fazer compras.

Esse é o perfil de muitos outros formadores de opinião. Poucos acrescentam ou fazem algo diferente.

Hawk disse...

Fiquei muito triste.

Eu assino a EDGE - renovei a assinatura a alguns meses - e adoro o conteúdo, a diagramação, tudo. Os textos são sucintos como pouco havia visto.

Carlos disse...

Uma revista impressa de circulação nacional não sobrevive com meia-duzia de assinantes. Para a EDGE, o seu publico alvo são os jogadores e ponto (não apenas os jogadores com diplona de curso superior). A questão é: Como fazer seu "publico alvo" pagar 14,90 pela revista? A maioria nem paga pelos jogos que tem, estão acostumados com a pirataria (viva o torrent!). Porque iriam 15 reais em uma revista se com esse dinheiro podem comprar o jogo (pirata) que está estampado na capa da EDGE?? Não existe mais o prazer de ler, analisar e decidir quais jogos valem a pena ser comprado. Tudo se resume em um tubo de DVDs piratas.

C. Aquino disse...

E eles ainda reduziram o preço para R$9,90, mais barato que a principal concorrente.

Fagner P. disse...

Fiquei feliz por não fazer parte de nenhum desses mencionados. Apesar de que eu só compro jogos pela Full Games, e dificilmente pela Steam (pela ruim conexão da minha internet). Mas confesso que NUNCA li uma página da Edge, e é por que eu não sou muito de acompanhar análises por revistas, só por alguns sites, como esse e outros. Mas mesmo assim, é lamentável que tenha acabado.

Marcel Skywalker disse...

É estranho pensar como uma revista tradicionalista, com foco e com o devido "pulso" pode acabar tendo esse fim, porque ok, detonados ajudam (aqueles que jogam "prá zerar"), mas sinceramente me sinto decepcionado que essa revista saia de circulação por aqui, alguém se denominar "gamer" só comprar revista pra ir atrás de detonado, é no mínimo suspeito.

Marcos A. S. Almeida disse...

Realmente é lamentável quando um jornal fecha , quando uma revista vai á falência e até mesmo uma livraria encerra seus trabalhos.Pra quem gosta de cultura como um todo ( aí está outra polêmica: jogo é cultura?) é menos um canal de divulgação que temos á nossa disposição.Mas como todos sabemos quem dita as regras é o mercado, e se qualquer um dos três que eu citei acima não estiver atento á isso, vai quebrar mesmo.Ou então ser forte, competente e principalmente ter cacife suficiente para ir remando contra a maré até chegar a hora de poder ditar as regras do mercado.
O caminho mais fácil hoje para se vencer nesse mercado é praticando muito dos pontos negativos que o Aquino citou nesse post.Em contrapartida exitem muitos potênciais consumidores dessa facilidade, seja em forma de detonados ( lícito ), jogos piratas (ilícito) ou posts copiados de outro site ( lícito mas talvez antiético).Não critico nem recrimino quem usa o lícito fácil mas deixa de consumir cultura de qualidade, pois fez uma escolha que é seu direito.O que consome o ilícito é condenável, mas não sou eu quem o deve julgar.Portanto a minha conclusão é de que quem quer ganhar dinheiro de forma honesta têm que se adaptar e quem consome facilidade lícita não é culpado pela bancarrota de ninguém.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell