Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

12 de março de 2010

Medo do Escuro

Em 2006, eu descobri a demo de um jogo criado por uma pequena desenvolvedora desconhecida. E seu nome era Medo.

Apresentando corredores escuros como eles devem ser no mundo real, luzes dinâmicas e uma atmosfera opressiva poucas vezes vista em jogos convencionais, aquela pequena demo de quinze minutos me sugou para um universo paralelo de tensão e pavor, pavor primal. Utilizando uma engine gráfica desenvolvida pela própria empresa, a demo tinha um visual surpreendentemente detalhado para a época, física autêntica e alguns trunfos em termos de jogabilidade que permanecem exclusivos até hoje.

Medo não era o seu nome, na verdade. Medo é uma palavra que eu peguei para tentar racionalizar o verdadeiro horror de Penumbra. É insuficiente, como este post. Se você deseja saber do que se trata, sentir o Medo, explorar a Penumbra, aquela demo ainda existe na Internet. Mas o pequeno projeto da Frictional Games se transformou logo depois em um jogo completo, em episódios, que está na minha lista para jogar em um futuro próximo.

E, enquanto eu junto coragem (e tempo) para retornar àquele estranho pesadelo, eis que a empresa já anuncia seu sucessor: Amnesia: The Dark Descent. E, pelo que pode ser visto na prévia abaixo, seu nome continua sendo... Medo.

Ouvindo: Kyle Gabler - The Last of the Goo Balls and the Telescope Operator

Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

5 comentários:

Marcos A. S. Almeida disse...

Amigo, já tive a oportunidade de jogar ( sem fechar ) o episódio Penumbra:Black Plague e ele têm QUASE todos os ingredientes de um ótimo jogo: história intrigante, jogabilidade diferenciada e intuitiva, trilha sonora que ajuda a criar o clima de suspense , gráficos bons com ambientes sinistros e quebra-cabeças variados ( item importantíssimo em minha opinião).Mas como eu disse QUASE todos os ingredientes,o que falta é uma arma, mesmo que finita ou rudimentar , como um pedaço de pau ou algo do gênero para combater o inimigo.Ficar brincando de gato e rato ( principalmente se eu for o rato) sem nada para acertar o inimigo, podendo apenas me esconder , é uma idéia que não me agrada.Para alguns essa é justamente a graça do jogo , mas confesso que minha sensação de desconforto chega ao extremo.Mas ainda assim, não desisti de jogá-lo.E recomendo.

Jean disse...

Concordo com o Marcos, quem teve a chance de jogar penumbra: overture e penumbra: black plague, TREMEU MANO! o jogo eh mto tenso! Frictional Games soh faz jogo de terror foda. Esse Amnesia vai ficar do caralho, q atmosfera de panico da porra! ahauhauha

Hawk disse...

Poderia ter uma arminha básica, talvez uma pistola ou estilingue.

Jean disse...

estilingue velho? HAUHAUHAUA melhor nao ter rs

Hawk disse...

Hehehe, mas poderia ter alguma arma, esse negócio de ficar correndo e se escondendo não é minha praia.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia