Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamMastodonCanal no YouTubeInstagram

15 de maio de 2023

Jogando: Tiny Tina's Assault on Dragon Keep

tiny-tina-04

A memória é um processo curioso e pouco confiável. Menos de dois anos depois de largar Borderlands 2, meu filho e eu esquecemos tudo que não curtimos no jogo original e resolvermos arriscar a sorte mais uma vez com Tiny Tina's Assault on Dragon Keep: A Wonderlands One-shot Adventure. O jogo com título gigantesco começou como DLC do jogo original, depois passou a ser distribuído separadamente e, em determinado momento, a Gearbox Software entregou de graça e corremos para ativar.

Não há absolutamente nenhuma qualidade excepcional que o separe do jogo principal, exceto, talvez, o enredo. A meta-aventura não acontece de verdade, tudo que vemos na tela é a representação de uma partida de RPG administrada pela biruta pré-adolescente Tiny Tina. Esse conceito seria expandido posteriormente para um jogo completo, mas aqui dava seus ensaios. No lugar dos inimigos tradicionais e da trama tradicional de Pandora, temos clichês de RPG de fantasia. Entretanto, o vasto arsenal de armas de fogo continua valendo. O jogo não esconde o que realmente é: uma expansão para Borderlands 2.

tiny-tina-02tiny-tina-08

Então, tudo aquilo que não curtimos anteriormente, reaparece aqui, principalmente os diálogos acelerados, desta vez elevados ao cubo graças à hiperatividade da menina. Na ausência de uma dublagem, a maior parte das piadas se perde porque ou você lê legenda ou você tenta sobreviver em batalhas tão frenéticas quanto a língua da mestra do jogo.

Da mesma forma, a troca constante de arma, a busca infinita por um loot melhor a cada cinco minutos em menus que mais ajudam do que atrapalham. Tenho medo de parecer repetitivo em relação à minha análise anterior.

Não que o universo de Pandora não seja divertido, principalmente em coop com seu próprio filho, mas eu sigo acreditando que a franquia se beneficiaria de um ritmo mais compassado e uma boa dublagem. No final das contas, a grande vantagem de Tiny Tina's Assault on Dragon Keep: A Wonderlands One-shot Adventure é que ele é mais curto do que seu título. Quando já estávamos cansando, a trama acabou, com direito a um impacto emocional que eu não estava esperando. Tina é louca, mas tem bom coração.

tiny-tina-09

Ouvindo: The Prodigy - Destroy

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino

Wall of Insanity