Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

12 de julho de 2020

Quarentena - Semana 17

jojo-rabbit

Primeiro, boas novas. Até 13 de junho,  houve 427.798 vítimas fatais da Covid-19 no mundo todo. No dia 11 de julho, tinha sido registrado um total de 561.038 mortos. É um crescimento de 31% no período.

Pela primeira vez, desde que comecei a catalogar essa variação mensal de forma informal, a taxa de crescimento desceu no Brasil. Tivemos 42 mil mortos em 12 de junho e registramos agora 70.524 vítimas do novo coronavírus em 10 de julho. Os quase 400% de crescimento computados entre maio e junho foram reduzidos para 66%. É o começo de uma esperança, é um alento em tempos sofridos.

Entretanto, não é o momento para relaxar as medidas de proteção ou a quarentena. Uma lição que o próprio presidente talvez tenha aprendido ou não.

Lamentavelmente também essa foi uma semana para percebemos que o fantasma do fascismo não descansa e prepara sua própria geração. O culto à farda, ao grito, à unanimidade cega se infiltra onde menos se espera.

Warframe

Conforme previsto, meu filho abriu mão de Guild Wars 2. Confesso que a iniciativa foi minha, mas a decisão final seria dele e ele bateu o martelo. Aquele que já considerei o melhor MMORPG já feito não resistiu ao tempo ou ao novo Aquino que se modificou gradualmente nos últimos anos. A câmera confusa foi uma luta contínua e o sistema de batalha, uma sucessão de botões apertados sem muita estratégia, se revelou menos interessante do que no passado. O fato de não estarmos ligando para a aventura ou a atmosfera com certeza também teve um peso muito grande.

Saindo Minecraft e Guild Wars 2, instalei Totally Reliable Delivery Service para jogar com o guri e, atendendo a sua vontade de desbravarmos um survivalcraft juntos, também instalei Savage Lands. Esse último não é exatamente o jogo que ele desejava, mas era o único que eu tinha duas licenças por aqui. De um jeito ou de outro, nenhum dos dois foi sequer tocado porque...

... essa foi a semana intensa de Warframe dia e noite. O garoto redescobriu o jogo e se dedicou freneticamente a ele. Em apenas sete dias, desbloqueou Trinity Prime, Nova Prime e Ivara Prime e comprou Nekros (porque estava sem paciência para desbloquear). Em sua euforia, me chamou para jogar quase todos os dias e eu não recusei, porque o sentimento de minha parte é semelhante. Enquanto ele experimentava todos esses personagens, eu conseguia também desbloquear Nova Prime e o modesto Frost.

Grave of the Fireflies

Vi Grave of the Fireflies com meu filho. Impossível descrever adequadamente essa obra-prima. Uma tragédia tocante registrada com uma delicadeza que apenas o Studio Ghibli seria capaz. Parcialmente baseado em uma história real, o autor recusou por décadas uma adaptação para o cinema. Quando recebeu a proposta de fazer em animação, ele estranhou, mas acabou concordando. Ficou maravilhado. Não é pra menos.

Nunca é cedo (ou tarde) para impedir seu filho de um dia virar um fascista mirim, então resolvi ver Jojo Rabbit com meu filho. Que filme LINDO! Impressionante a capacidade do diretor de misturar o ridículo, o trágico e o poético na mesma obra. A cena do sapato é MAGISTRAL e forte. A abertura com Beatles e a cena final. Magnífico, magnífico.

Em termos cinematográficos, foi uma semana de dramas pesados sobre a II Guerra Mundial...

Pela primeira vez, contemplei a proximidade do final de Summer in Mara. A paixão pelo jogo renasceu em sua reta derradeira e... depois esfriou novamente. Nem perto de sua conclusão o simpático título desiste de empurrar tarefas repetitivas em meio a seus bons momentos. Como disse antes, a longa duração não favorece essa obra. O vício em Warframe também cobrou algumas horas que deveriam ser dedicadas a Mara e seus habitantes.

Legendary finalmente foi desinstalado e analisado. Stardew Valley, generoso presente do camarada Shadow Geisel deveria ser seu substituto, mas a arrastada epopeia de Summer in Mara me fez querer outra experiência agora e não um outro jogo de cultivo (ainda que deva ser vastamente superior). Optei por The Walking Dead: The Final Season, para concluir a jornada de minha Clementine. Entretanto, depois de tantas lágrimas derramadas nas sessões de filmes, acabei adiando a estreia do jogo.

Os trabalhos brotam por todos os lados, com seus prazos e seu stress. Há dias em que não sinto vontade de fazer nada e a escrita, quando sai, é automática. Ainda assim, fui elogiada por um cliente e amigo, então ainda estou com meu talento ativo, resta apenas o ânimo.

Meu SSD? Ainda aguarda na caixa por tempos melhores.

Summer in Mara

Ouvindo: Michael Jackson (with Paul McCartney) - The Girl Is Mine
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

WillSchutz disse...

Já assisti Tumulo dos Vagalumes duas vezes, e as duas vezes fiquei aos prantos, é um filme que todos deveriam assistir para ver o outro lado da guerra, é um ótimo filme assim como os outros do Studio Ghibli.(ahh exceto O Mundo dos Pequeninos).

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Minecraft Dungeons