Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

20 de janeiro de 2020

Jogando: Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66

Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 20

Originalmente, Redneck Rampage trazia dois problemas: curta duração e níveis pouco inspirados. Essa expansão traz uma nova equipe de desenvolvedores para o universo dos caipiras estereotipados e resolve o primeiro problema, embora acentue o segundo. Não há praticamente nada em Suckin' Grits on Route 66 que você já não tenha visto antes no jogo principal e é difícil distinguir o estilo da Sunstorm Interactive nesse trabalho.

O estúdio se notabilizou justamente por criar add-nos para títulos da Build. Eles foram os responsáveis por bons momentos em Cryptic Passage (para Blood) e Wanton Destruction (para o Shadow Warrior clássico), além de várias expansões para o menino rico da turma, um certo Duke Nukem 3D. Com Deer Hunter, eles se libertaram da aba de outras desenvolvedoras, encontraram um nicho entre os jogos de caçada e o exploraram até a fonte secar.

Aqui, nessa expansão, a Sunstorm Interactive mostra a que veio no primeiro nível, que puxa ideias da feira de horrores que foi Blood e traz alguns raros momentos assustadores. De imediato, parece que essa nova aventura irá explorar os aspectos mais perturbadores da cultura hillbilly, como deformidades e a propensão para o grotesco. Essa primeira impressão é acentuada por alguns elementos novos no cenário: temos um novo inimigo, na forma do crocodilo, temos partes do cenário que se movem sozinhas e um uso inteligente de luz e sombras para criar tensão.

Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 02

Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 03

Infelizmente, esse impacto inicial é rapidamente diluído em todos os outros níveis que vem depois. Nenhum outro inimigo inédito é apresentado (nem mesmo chefes), o clima de repulsa não se repete mais e o medo não é obtido novamente e até o mapa que supostamente deveria trazer uma versão do infame acampamento Crystal Lake fracassa em provocar calafrios. Em seu lugar temos novos níveis com pouca identidade, com um gosto de sobra requentada de dois dias atrás.

Munição e itens de cura abundam pelo cenário e a maior parte de minhas mortes foi mesmo por ataques surpresas de inimigos fortes. Há um claro desbalanceamento em Redneck Rampage e isso não é exclusivo da expansão. Em outros títulos da engine Build, sofri com a carência de munição, apelando para armas de pouco uso ou serventia, me arrastei por corredores atrás de uma cura. Aqui, praticamente sobra tudo e há pouco incentivo para variar as armas.

Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 07Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 09Redneck Rampage - Suckin Grits on Route 66 18

Por outro lado... Para compensar o fato de que os jogadores já devem ser veteranos a essa altura da jornada e que não há novos elementos, Suckin' Grits on Route 66 eleva a dificuldade a patamares cruéis em seus últimos mapas, usando e abusando da Vixen, a maldita alienígena que pode te matar em um piscar de olhos. Ao contrário do jogo principal, em que perseverei e derrotei a Chefe Vixen na batalha final, aqui me faltou fôlego para repetir a dose em outro confronto com a mesma inimiga no fim. Ela que se exploda sozinha.

Redneck Rampage só trará novidades mesmo em sua continuação, batizada de Redneck Rampage Rides Again. Porém, depois de tantas horas dedicadas a xingar e matar repetidas vezes, não será um punhado de mudanças que me fará continuar. Farei uma pausa para respirar outros ares, deixar a ressaca do uísque barato passar, antes de retornar ao apocalipse caipira.

Ouvindo: Cinema Strange - Legs and Tarpaulin
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Redneck Rampage