Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

30 de outubro de 2019

Conflito de Gerações

dora

O caminho para casa é longo, mais de uma hora de ônibus no calor do Rio de Janeiro. Meu filho e eu conversamos sobre tudo. Ontem, eu tentei explicar para ele por que Deliver Us the Moon é tão bacana. Segue a transcrição dos melhores momentos, de acordo com a memória:

- O desafio é suave. Tem uns puzzles e umas partes de parkour, mas é bem tranquilo. O foco é na história. A história é incrivel.

- Se não tem desafio, então não é jogo. Jogo tem que ter desafio.

- Mas tem desafio. Eu até morri algumas vezes.

- Mas você falou que é fácil.

- Sim, é fácil. O desafio não é um obstáculo para a história, você não empaca. O importante é você conhecer a história. Esse é o foco.

- Então é tipo um filme!

- NÃO! Tem interatividade!

- Então é tipo Dora, A Aventureira.

Depois disso, iniciamos uma longa discussão sobre a importância dos elementos que definem um bom jogo. Eu defendo que jogabilidade E uma boa histõria tem pesos similares, afinal, jogos são uma mídia e midias costumam servir propósitos narrativos. A imersão potencializa uma história, uma atmosfera, ao ponto de eu nunca na vida ter largado um filme de terror no meio, mas já ter feito isso com jogos de terror (vide Amnesia - Justine e Alien Isolation). No meu ponto de vista, seria possível existir bons jogos com jogabilidade boa e história fraca, bons jogos com jogabilidade ruim e história boa e jogos magníficos, em que jogabilidade e história caminham lado a lado e são bons.

Entre jogos com grande jogabilidade e história ruim (ou zero história), conseguimos citar Minecraft e os títulos de Rayman. No caso de Rayman, perguntei pra ele: "o que está acontecendo ali? Eu não faço ideia, nem você". Rayman é um exemplo de que desafio é uma questão de dose: são títulos que estão no nosso limiar, um pouco mais difícil e seriam largados no meio do caminho, a exemplo de tantos outros jogos de plataforma. Human Fall Flat, que tanta diversão nos rendeu, tampouco possui qualquer enredo ou mesmo fiapo de lógica.

deliver-us-the-moon

Seria a vitória definitiva da jogabilidade sobre a narrativa? Em busca de jogos com jogabilidade falha, mas história magnífica, a mente me traiu. No balançar do coletivo, sob o choque de ver um dos melhores jogos que experimentei esse ano ser comparado com Dora A Aventureira, me vi sem argumentos contra um guri de doze anos.

Ouvindo: Psyclon Nine - Crwn Thy Frnicatr
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

  1. Acredito na vitória da jogabilidade sobre a narrativa. Já me vi deixando vários jogos para trás devido à jogabilidade, alguns deles aclamados por sua narrativa, como o The Walking Dead.

    ResponderExcluir

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Deliver Us the Moon