Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

21 de março de 2018

Uma História Sobre Meu Filho

a-story-about-my-uncle-concept-art-02

Depois que terminei A Story About My Uncle, meu filho, que havia assistido uma ou duas sessões do jogo, me pediu para manter o título instalado, porque ele queria experimentar. Considerando a quantidade de sangue, suor e lágrimas que eu tinha derramado para passar de diversas partes, hesitei por um instante. Faz poucos meses que o garoto finalmente fez a transição para títulos em 3D e o pequeno mas desafiador jogo da Gone North exige em vários momentos uma noção espacial muito forte e precisão no mouse para não cair no vazio.

Ainda assim, concordei, pensando no mundo mágico que o aguardava e na sensação de liberdade que o jogo proporciona. Na pior das hipóteses, o primeiro capítulo já seria uma grande experiência para o menino.

Foi com espanto que vi que ele atravessou o primeiro capítulo com desenvoltura. E o segundo. E o terceiro.

Imaginei que do quarto não passaria, com suas amplas paisagens abertas, seus saltos quase impossíveis, seus moinhos infernais. Ele não apenas passou como atravessou mais rápido do que eu, descobriu novos caminhos e até mesmo burlou o jogo em alguns momentos, aterrissando onde supostamente não deveria.

Então, veio a caverna de gelo. E o desafio das caixas que caem. Levei três dias e mais de trinta tentativas para passar dali, para mim o mais tenso desafio de todo o jogo, aquele que por muito pouco não me fez desistir. O meu filho passou em exatas duas tentativas. Na minha frente. Se eu não tivesse visto com meus próprios olhos, eu mesmo não teria acreditado. Ele conseguira intuir uma forma excelente de atravessar o trajeto, errou a direção, retornou ao ponto de partida e ainda assim fez de novo, sem morrer, até cruzar para o ponto certo.

Curiosamente, o único ponto em que ele travou foi o mesmo em que eu travei, mais à frente, por não saber por onde ir. Como eu já tinha visto no YouTube, expliquei para ele o que tinha que fazer e essa foi toda a ajuda que ele precisou para concluir A Story About My Uncle em menos tempo que eu levei, menos mortes e menos xingamentos para o monitor.

Agora, o carismático jogo vai embora para valer desse computador, sua missão cumprida duas vezes, deixando para trás um pai espantado e feliz e uma criança sedenta de novos desafios.

Ouvindo: New Order - World (Perfecto Mix)
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

3 comentários:

disse...

Pois é. O tempo passa, o tempo voa, e a poupança Bamerindus... essa nem existe mais.

Marcos A.T. Silva disse...

É sempre assim, Aquino. Passei pelo mesmo com meus sobrinhos...rsrs

Raphael AirnMusic disse...

Excelente história, é quase aquele momento em que o filho descobre que pode ser melhor que o pai em algo =D

Imagina quando começar a escrever, teremos um "retina ainda não desgastada" pela frente?

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

We Happy Few