Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

15 de março de 2018

Esperança

Kenny Roy tinha uma esperança: fazer um jogo que pudesse ajudar as pessoas. Em nome desse projeto, ele se dedicou por dois anos e vendeu a própria casa para custear I, Hope, disponível para PC e Xbox One.

O jogo acompanha a jornada de uma heroína chamada Hope, para salvar sua aldeia das garras do Câncer. Toda a renda das vendas será revertida em prol da Game Changer Charity, uma entidade filantrópica que usa o poder dos jogos para aliviar a dor e o sofrimento de crianças que travam a mesma batalha no mundo real.

Para seu criador, a escolha do nome para o chefe não poderia ser outra. Ele foi aconselhado durante todo o desenvolvimento por médicos que estão nessa linha de frente todos os dias: "quanto mais nós normalizarmos a doença, mais as crianças poderão falar a respeito, mais elas estarão envolvidas com seus tratamentos o que leva a resultados melhores".

Sua esperança mobilizou a Valve e a Microsoft. A primeira concordou em remover sua parte do valor das vendas no Steam. A Microsoft foi além e, pela primeira vez, atualizou o Xbox Live para remover a obrigatoriedade da cobrança de sua parte na plataforma, uma funcionalidade que estava embutida no código desde o começo: uma exceção aberta somente para I, Hope. A empresa também se comprometeu a oferecer cópias gratuitas do jogo a qualquer hospital infantil que tenha uma ala de jogos para seus pacientes.

A esperança não desiste nunca

.
Ouvindo: Qualia - Petrichor
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Anônimo disse...

Provavelmente não chegarei a conferir o game, mas achei muito bacana, tanto pela iniciativa do desenvolvedor como pela atitude da Valve e da MS.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Defiance