Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

19 de março de 2018

Em Bom Português 2

brasil

Em 2009, dei a dica para quem é jogador de fazer um bom curso de Inglês. Se você seguiu essa recomendação na época, deve estar fluente agora. Caso contrário, eu também indicava o acervo de traduções para o Português do... GameVício.

Nesses nove anos, houve muitas mudanças. As produtoras e desenvolvedoras reconheceram o valor e o potencial do mercado brasileiro e investiram pesado em dublagens por aqui ou, na pior das hipóteses, legendas em nosso idioma. Atualmente, é raro um grande lançamento não vir para cá com esse tipo de adaptação e vivemos uma nova era de ouro do conteúdo em Português, descontando alguns tropeços de dublagem aqui e ali.

Da minha parte, continuo preferindo o som original, como nos filmes. Mas uma boa legenda oficial ajuda muito na experiência, uma vez que meu Inglês de ouvido não é tão afiado como poderia ser. E agora, como pai de um garoto de dez anos, sempre que se trata de um título que sei que será apreciado por ambos, opto pela versão dublada. Até hoje, não joguei Overwatch com suas vozes originais, mas não tenho qualquer crítica à fantástica e carismática dublagem nacional.

Nesses nove anos, o GameVício também mudou seu foco, parou com suas traduções em 2012 e ganhou uma certa fama negativa na comunidade, dada sua sanha em copiar texto alheio na íntegra, sem consentimento, às vezes sem mesmo criar um link para a fonte. Outro forte expoente da tradução comunitária, o Tribo Gamer, seguiu pelo mesmo caminho, tanto deixando as traduções em segundo plano, como adotando as mesmas táticas de "produção" de conteúdo.

Entretanto, ainda existe uma ampla gama de jogos, principalmente os antigos e clássicos, que não contam com uma versão oficial em nossa língua e essa limitação acaba funcionando como uma barreira para quem deseja acompanhar o passado dos jogos eletrônicos. O jornalista Felipe Pepe (autor do CRPG Book) compilou uma lista de sites criados por fãs e para fãs que faz pelo meio o mesmo que as comunidades de legendagem de filmes: arregaça as mangas e tenta produzir traduções para que todos tenham acesso a essas obras.

É uma tarefa totalmente voluntária também e que, muitas vezes, esbarra em desafios tecnológicos. Não é raro precisar fazer uma engenharia reversa nos jogos para desmontá-los e extrair seus textos originais, para gerar arquivos que precisam ser traduzidos. Não raro, há jogos, principalmente os de RPG, que geram conteúdo maior do que o de muitos livros. Mas esses voluntários não desistem:

Pepe ainda cita dois projetos em andamento que estão encarando títulos colossais e que podem contar com sua colaboração:

Nove anos se passaram, mas eu continuo recomendando um bom curso de Inglês. Entretanto, se isso ainda não é possível, saiba que o idioma não precisa ser sempre um muro intransponível.

Ouvindo: Engenheiros do Hawaii - O Papa é Pop
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

6 comentários:

Luiz Antônio disse...

Eu também sempre prefiro a legenda do que a dublagem tanto em jogos quanto em filmes. Prezo pelo som original seja ele em que idioma for. Gosto de jogar ou assistir um filme da maneira em que em que eles foram originalmente concebidos. Detestaria assistir um filme nacional com dublagem em inglês, por exemplo.

Mas ultimamente tenho visto umas legendas oficiais que parecem que foram feitas pelo pessoal dos "velhos" tempos das legendas clandestinas. Com erros de acentos e concordância que parecem que foram traduzidas no google tradutor. O que me fez perceber que a falta de capricho não é uma característica exclusiva dos tradutores de "fundo de quintal" que ao menos traduziam de graça. E vi isso em jogos AAA. Acontece muito de, às vezes, o tradutor usar uma palavra em português de Portugal e depois voltar ao PT-BR. É claro que não é na legenda de todo o jogo, são algumas "derrapadas" que, pelo fato de ser um jogo AAA não deveriam de acontecer pois demonstram falta de capricho e de uma revisão mais minuciosa. Eu, na minha santa ingenuidade, achava que essas grandes produtoras contratavam brasileiros com, no mínimo, uma faculdade de letras e um avançado conhecimento de português e inglês para traduzir e legendar esses jogos mas, pelo visto, não é o que acontece...

Uma curiosidade: A legenda PT-BR do jogo The Witcher 2 foi pega (com autorização é claro) da Tribo Gamer e "oficializada" pela CD Projekt para a versão de PC. Não duvidaria se outras produtoras não estivessem fazendo a mesma coisa com outras traduções devido aos erros primários que se vê nas legendas "oficiais"...

disse...

Uma boa dublagem consegue melhorar o original, afinal tem expressões que tem um impacto muito maior na sua lingua fluente. Recomendo fortemente as dublagens de Yu Yu Hakusho, One Punch Man e Neon Genesis Evangelion, são experiencias muito mais ricas do que assistir o audio original.

Em games, no entanto, eu não consigo lembrar de uma dublagem boa assim, que tenha esse efeito exponenciador.

Marcos A.S. Almeida disse...

Bem,dada a alta qualidade da dublagem brasileira (com exceção de estúdios menores) eu não sou capaz de dizer que a versão dublada é pior que a original.Obviamente, se o título conta com um ator/atriz premiado e/ou elogiado pela interpretação,faço questão de ver a versão legendada - como por exemplo o recente "Three Billboards Outside Ebbing" que têm atuações memoráveis e dois Oscars - mas de uma maneira geral eu sinto prazer nas duas versões, sem problema. A dublagem brasileira têm vozes características e carismáticas, o que acrescenta qualidade ao trabalho.

Joguei poucos jogos dublados mas a dublagem de "StarCraft II - Wings of Liberty " é muito boa.Quanto as equipes de tradução, caramba, usei muito,e conheço a maioria delas.Inclusive fiquei muito feliz por ter conseguido na época,inserir legendas em português em um CD de PS1 do jogo "Silent Hill".Na verdade inseri na ISO pra depois queimar o CD.Eu presto minhas sinceras homenagens a essas pessoas e seu trabalho abnegado de tradução de jogos.Acho que têm de ser homenageados tanto quanto os que fazem MODs.

Alexandre disse...

Eu fui tradutor na Tribo Gamer, (in)felizmente o site caiu muito de produção e visualização devido aos jogos já estarem vindo legendados e da longa demora para se terminar algumas legendas, atualmente o site esta quase abandonado, a tradução de Nier Automata está sendo feito por uma pessoa pq ela decidiu ser assim, oque acaba atrasando e afastando as pessoas de querer participar dos projetos, é triste mas espero que no futuro todos os jogos sejam traduzidos.

Diogo S. disse...

tem uma galera traduzindo o mmo do elder scroll também:
www. universoeso.com.br/index.php/2018/ 01/24/ inicio-do-projeto-de-traducao-pt-br-the-elder-scrolls- online/

disse...

Alias, corrijo o que eu disse: a dublagem de The Last of Us é, no minimo, tão boa quanto o original. Se não for melhor. Parece que eles realmente acertaram tudo nesse jogo, hã?

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Deathspank