Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

26 de maio de 2017

Ninguém Sabe, Ninguém Viu: 8 Promessas de E3 Passadas

(originalmente publicado no Gamerview)

Entra E3, sai E3, você prepara a pipoca, chama os amigos, acompanha o podcast daquela galera que respeita ou apenas abre uma aba discreta no escritório, coloca o fone de ouvido e torce para o chefe não aparecer. Não importa onde, não importa como, não importa a sua plataforma, a sensação é a mesma: você e meio mundo gamer estão ali sintonizados no maior evento do ano movidos pelo mais puro e destilado hype.

Novidades que ninguém imaginava são anunciadas! Continuações que muitos julgavam impossíveis! Novas franquias que prometem mudar tudo que você conhece! É a E3, a festa do povo, Carnaval e Copa do Mundo tudo misturado.

Mas aí os meses passam, o assunto esfria, a memória enfraquece e aquele título que prometia tanto desaparece do radar. Às vezes para sempre, às vezes com um ruidoso cancelamento, às vezes em silêncio mesmo. Antecipando a nova onda de euforia, resolvi ser chato e revisitar 8 jogos que pareciam sensacionais em eventos passados e agora ninguém sabe, ninguém viu. Será que eles voltam?

1) Days Gone

Plataforma(s): PlayStation 4

Do que se trata: Surpreendendo a todos, o título de zumbis da SIE Bend Studio foi a vedete da apresentação da Sony da E3 2016. Enquanto todo mundo esperava alguma prata da casa como destaque do evento ou mesmo o aguardadíssimo Red Dead Redemption, coube a uma demonstração de mais de dez minutos de Days Gone a tarefa de encerrar a presença da Sony na convenção. É bom lembrar que foram mais de dez minutos de tirar o fôlego, com uma quantidade impressionante de mortos-vivos em cena e tudo indicava que o jogo estava bem próximo de ser lançado dada a qualidade da apresentação. Mas, um ano depois, nenhuma outra tela, vídeo, informação ou boato foi revelado sobre o jogo, que sumiu como se nunca tivesse existido.

Chances de vermos na E3 2017: 9/10

2) Scalebound

Plataforma(s): Xbox One e PC

Do que se trata: A combinação de dragões de montaria, monstros gigantes, o talento da PlatinumGames e os cofres da Microsoft sacudiu não uma, mas duas E3 diferentes.  Mostrado pela primeira vez em 2014, o anúncio pegou todo mundo de surpresa. Em 2016, ninguém menos que o próprio Hideki Kamiya subiu ao palco da Microsoft durante o evento para explicar o desenvolvimento do jogo e fazer uma demonstração “ao vivo” que já estava gravada.  O título era uma das grandes apostas da Microsoft para seu console e um dos carros-chefe do sistema Xbox Anywhere, que levaria o jogo ao PC também. Mas, em Janeiro deste ano, veio a bomba: Scalebound foi oficialmente cancelado, após anos de produção. Mas… será que foi mesmo? OK, foi sim.

Chances de vermos na E3 2017: 0/10

3) Dreams

Plataforma(s): PlayStation 4, talvez 5, quem pode saber?!

Do que se trata: Os desenvolvedores do Media Molecule consumiram todos os narcóticos disponíveis no estado da Califórnia (e não são poucos) e estão desenvolvendo um título que desafia descrições: simulador de sonhos? Clone lisérgico de Minecraft? Gerador de níveis mais maduro que LittleBigPlanet, seu projeto anterior? Ninguém sabe, nem a Sony sabe, mas o jogo teoricamente serviria como uma vitrine para as capacidades do PlayStation VR e corre o risco de perder o bonde da Realidade Virtual. Inicialmente introduzido em 2013, chegou a causar espanto na E3 de 2015 com uma demonstração que não explicava nada. Desde então, ele circula em um estado de limbo permanente nos corredores da feira, seu lançamento real sempre adiado para o ano seguinte.

Chances de vermos na E3 2017: gnomos/10

4) Killing Day

Plataforma(s): PlayStation 3

Do que se trata: Trinta e oito segundos foi tudo que a Ubisoft precisou para impactar a E3 de 2005 com a promessa de um jogo que iria aproveitar toda a capacidade gráfica do ainda inédito PlayStation 3. Havia cenários detalhados, ultraviolência, partículas se espatifando na tela, texturas impecáveis. Era CGI, mas a produtora jurava que o console iria entregar aquilo tudo. E então veio um silêncio de quatro anos, durante o qual todo mundo imaginava que o jogo havia sido cancelado. Mas em 2009, a empresa renovou os direitos da marca “Killing Day”, reacendendo as esperanças. Outros quatro anos se passariam sem nenhuma notícia. Até que em 2013… surpresa! A Ubisoft renovou os direitos mais uma vez, mas nada de jogo.

Chances de vermos na E3 2017: 5/10

5) Agent

Plataforma(s): PlayStation 3

Do que se trata: Uma das grandes promessas da Rockstar Games foi anunciada com pompa e circunstância durante a E3 2009, mas nenhuma cena. Quando se tem um currículo de sucessos como a Rockstar, você não precisa de cenas para levantar a plateia. O jogo supostamente seria ambientado nos anos 70 e mostraria o mundo da espionagem, dos assassinatos políticos e da contraespionagem, com ênfase no aspecto mais sorrateiro. Mas sorrateira mesma foi a desenvolvedora, que sumiu com o jogo. Em 2011, ela negou que The Agent tivesse sido cancelado e renovou a marca em 2013 e em Dezembro de 2016. Artes conceituais antigas do jogo foram removidas do currículo de um ex-funcionário e o segredo continua.

Chances de vermos na E3 2017: 2/10

6) Deep Down

Plataforma(s): PlayStation 4

Do que se trata: Ambientado em masmorras medievais assustadoras, com criaturas de fantasia, muita magia e golpes de espada, Deep Down chegou a ser descrito como um “Dark Souls sem tanta dificuldade. Ou seja, aquilo que a gente chamava de “RPG” anos atrás. Mas a promessa da Capcom também traz uma pegada de ficção-científica, uma vez que o personagem principal existe no ano 2094 e tem a estranha habilidade de ser transportado para os lugares exóticos de origem das relíquias misteriosas que toca. O jogo foi anunciado em 2013, apareceu na E3 de 2014, mas tudo indica que seu lançamento só acontecerá mesmo no próprio ano de 2094.

Chances de vermos na E3 2017: ahahaAHAHahaha/10

7) Dead Island 2

Plataforma(s): PC, PlayStation 4 e Xbox One

Do que se trata: A continuação da franquia de zumbis em uma ilha é quase uma farsa: não se passa em uma ilha isolada, não traz a desenvolvedora original à frente do projeto e nem mesmo é o segundo jogo da série. Mas a produtora Deep Silver passou óleo de peroba no rosto e chocou muita gente na E3 2014 com um trailer lotado de podreira e com um clima muito mais fanfarrão do que o dramático trailer do primeiro Dead Island. A Yager Development (de Spec Ops: The Line) estava encarregada do desenvolvimento, mas foi demitida pela produtora e o jogo retornou para a tumba. Mas a Deep Silver convocou a Sumo Digital para assumir o título e Dead Island 2 supostamente sai esse ano. Mas, até agora, nenhuma tela ou vídeo novo foi liberado.

Chances de vermos na E3 2017: 8/10

8) The Outsider

Plataforma(s): PC, PlayStation 3 e Xbox 360

Do que se trata: O jogo de espionagem anunciado em 2005 trazia a assinatura do desenvolvedor veterano David Braben e apresentava a jornada de um ex-agente da CIA acusado de traição injustamente, que se torna um fugitivo em uma Washington moderna onde cada decisão influenciria no desenrolar da história. Apesar da premissa e do nome de Braben, a produtora Codemasters abandonou o jogo no meio. Em 2011, Braben confirmou que o desenvolvimento do jogo foi interrompido, mas o título não foi cancelado. A página oficial dele existe até hoje, apesar dos seis anos de silêncio. Nesse meio tempo, Braben retornou à mídia com o sucesso de Elite: Dangerous e hoje conta com as finanças e o prestígio para desengavetar The Outsider…

Chances de vermos na E3 2017: 1/10

Ouvindo: The Muffs - Guilty
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

3 comentários:

Shadow Geisel disse...

Gnomos/10. XD

Paulo Junior disse...

Vc era doido com Prey, ainda nao jogou o novo não? Podia fazer um review!

C. Aquino disse...

Estava de olho naquele Prey 2, que nunca será lançado. Com esse aí, nem tanto. Mas jogarei um dia, espero, quando cair o preço!

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail