Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

11 de janeiro de 2015

Quatro Apostas Independentes Para Sua Lista de Jogos em 2015

Brincar de profeta é uma atividade tão traumática e imprevisível que a última vez em que me arrisquei foi em 2012. E o Gamesfoda produziu uma excelente e colossal lista de jogos que você deveria ficar de olho neste ano além dos medalhões de sempre.

Mas eu não aprendo.

E trago aqui quatro apostas da cena independente que prometem novos horizontes para o mundo dos jogos eletrônicos ou, pelo menos, para sua biblioteca.

Stasis

Ironicamente, o primeiro título da lista é justamente um jogo que apareceu na lista de 2012. Agora vai?

Há três anos atrás, Stasis era o projeto solitário de Christopher Bischoff, que desenvolvia o título de survival horror espacial nas horas vagas de sua empresa de arquitetura 3D na África do Sul. Quando dava. Em Novembro de 2013, Bischoff se cansou do modelo de desenvolvimento amador e resolveu transformar o jogo em um projeto comercial e fez o que todo mundo fazia naquela época: um Kickstarter. Pediu 100 mil dólares para engrenar no jogo. Recebeu 132 mil, passou a se dedicar em tempo integral a Stasis.

Há três anos atrás, Stasis só contava com Christopher Bischoff. Depois disso seu irmão Nicolas também vestiu a camisa e os dois fundaram a The Brotherhood. Outros vieram.

Hoje, a trilha sonora do jogo está sendo composta pela lenda viva Mark Morgan, que foi o responsável pelas atmosferas de clássicos como Fallout, Fallout 2, Planescape: Torment e, mais recentemente, Wasteland 2 e o vindouro Torment: Tides of Numenera. O roteiro do jogo foi finalizado e já foi encaminhado para um estúdio de dublagem.

Um demo alpha do jogo está disponível agora para download. Sem precisar passar por Early Access nenhum, é importante frisar.

Stasis

1st Wonder

Se Stasis desabrochou com seu Kickstarter, 1st Wonder ainda aguarda o lançamento da sua campanha.

Mas para entender porque este jogo é importante, precisamos voltar no tempo. Mais precisamente para 1993, quando Nick Bruty se juntou com seu amigo David Perry, ambos com ampla experiência como desenvolvedores em outras empresas, e resolveram abrir seu próprio estúdio. Nascia a Shiny Entertainment. Lá, Bruty criou clássicos como Earthworm Jim e MDK. Depois do sucesso, Bruty saiu da Shiny com Tim Williams e Scott Guest para fundar a Planet Moon Studios, onde seria o responsável por títulos como Armed & Dangerous e Giants: Citizen Kabuto.

Em 2011, a Planet Moon fechou. Mas Bruty não ia ficar parado e mais uma vez levou um amigo para abrir outro estúdio, a Rogue Rocket Games.

1st Wonder é o primeiro grande projeto da nova encarnação de Nick Bruty, o homem que deu ao mundo o bizarro Earthworm Jim, o fantástico MDK, o hilário Armed & Dangerous e o original Giants. Ele alega que não desenvolveu mais jogos nessa linha porque as grandes produtoras não estão mais interessadas. Agora, o Kickstarter será sua saída.

1st Wonder - Unity1st Wonder

Nick Bruty promete que 1st Wonder será o sucessor espiritual de Giants: um monstro colossal, um planeta distante, ação frenética, humor solto. Se você não consegue esperar o Kickstarter começar, já tem um botão de doação no site oficial que garante sua cópia digital do jogo.

Extract 237

O que você diria de um jogo de ação-aventura-sobrevivência em um ambiente hostil, com apenas armas improvisadas e seus instintos para continuar vivo? Já viu antes? E se eu disser que o jogo inteiro se passa no interior de uma criatura de proporções quilométricas?

Esse Shadow of Colossus às avessas acontece quando a Doutora Winters, em busca por seu pai perdido na costa da Antártida, vê com horror indescritível seu barco inteiro ser engolido por um leviatã do fundo dos mares. Abandonada no que deve ser o estômago do monstro, ela precisa lutar contra outros náufragos deformados pelas condições subumanas, bizarras criaturas marinhas e o próprio sistema defensivo da besta enquanto vaga por suas entranhas em busca de respostas e de uma saída (nem tente imaginar).

Extract 237

Extract 237 parece misturar as armas de Dead Space e seu clima de solidão com os repulsivos níveis orgânicos que apareciam em jogos do passado, como Quake ou Blood. Em desenvolvimento desde 2013, a aventura visceral deve sair até o final de 2015. O título já garantiu sua vaga no Steam através do Greenlight.

We Need to Go Deeper

We Need To Go Deeper - Monstros

Pode até parecer, mas esse não é um título alternativo para o jogo de cima. We Need to Go Deeper pode ser descrito como uma espécie de FTL. Exceto que é ambientado no fundo de um oceano fantástico. Exceto que é cooperativo local para 2-4 jogadores.

Você e seus amigos controlam um submarino steampunk em uma viagem infinita de exploração de fossas abissais randomizadas inspiradas em 20 Mil Léguas Submarinas. Tudo pode cruzar o seu caminho: piratas das profundezas, uma civilização perdida que pode ser aliada ou hostil, megalodons famintos, cavernas repletas de tesouros e perigos, obrigatórias lulas gigantes e muito mais, diferente a cada sessão de jogo.

We Need to Go Deeper exige cooperação do time de jogadores para consertar o submarino, combater ameaças, carregar torpedos, drenar a água que vaza e manter os campos de força funcionando. A princípio, o jogo tem suporte apenas para multiplayer local, em LAN, porque os desenvolvedores acreditam que "gritar ordens uns para os outros e ser capaz de acertar fisicamente o companheiro de equipe" fazem parte da diversão. Mas eles prometem que o jogo sairá com possibilidade de jogar online. Até o momento, eles descartam um modo single-player.

Ouvindo: Pauli Valkeejärvi - HawkWall
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

4 comentários:

Gabriel disse...

Minha aposta vai para o wild seasons, o harvest moon indie. Mas ta difícil de achar índies q me atraem pelo fato da maioria ser 8 bits ou estão em fase beta eterna...

Marcos A. S. Almeida disse...

Torço para o "First-Wonder" apesar de não ter gostado do "Giants : Citizen Kabuto" mas estar maravilhado até hoje com "MDK".Este jogo é pura arte "gamística"!

Raphael AirnMusic disse...

Como um apoiador de Stasis, estou ansioso pelo jogo, esta lembrando muito as melhores partes de Dead Space com as melhores partes de jogos na linha Fallout. 2015 promete se tudo que foi kickstarteado realmente sair sem maiores atrasos.

Shadow Geisel disse...

Extract 237 foi o que mais me interessou. Impossível não lembrar do filme Viagem Insólita, com Dennis Quaid. We Need 2 go Deeper é interessante também, mas seu visual com certeza vai afastar a maioria dos jogadores. Uma estrutura de FPS cairia melhor a ele.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail