Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

21 de dezembro de 2014

Pulp Fiction

Nos anos 20 e 30, a literatura pulp dominou as bancas de jornais com detetives truculentos e damas fatais sempre envolvidos por uma aura de mistério. O ilustrador americano Ástor Alexander certamente é um admirador da arte desta época. Mas também é um fã de jogos eletrônicos e imaginou como seria um universo onde a Nintendo não seria um gigante na produção de franquias de jogos (nem um fabricante de baralhos), mas uma editora de fundo de quintal cuspindo livros baratos aos borbotões nesta era.

O resultado traz Mario, Link, Zelda, Peach e Samus de um jeito bem diferente:

Taken AgainThe Bounty HunterTwilight Gal

 

Alexander também utilizou seu talento para reimaginar Bioshock Infinite, investindo um pouco mais na atmosfera noir que a própria Irrational Games já havia enxergado em seu DLC Burial at Sea:

Burial at Sea

 

As artes originalíssimas de Alexander podem enfeitar a sua parede na forma de pôsteres, é só fazer sua encomenda na página do ilustrador no Behance.

Os livros, por enquanto, ficam apenas na imaginação mesmo.

Ouvindo: Nirvana - Been A Son
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

3 comentários:

Welben Ribeiro disse...

Perfeito. Adoro esse tipo de arte. "alguns diriam que ela tem uma tara em ser raptada". KKKKKKKKKKK

Welben Ribeiro disse...

Nota: o último pôster é uma redundância, já que toda a série Bioshock (em especial o Infinite e seus DLCs) está pavimentada em atmosfera noir.

RonanKtytw™ disse...

Show, esse tipo de arte sempre me chamou atenção o/

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail