Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

18 de dezembro de 2014

Doom! Doom! Doom?

Completando as comemorações do 21º aniversário de Doom, John Romero não se limitou a postar artes inéditas dos bastidores do jogo, mas também publicou uma joia rara: uma música inspirada no clássico FPS composta por um fã.

A gravação foi enviada para os escritórios da id Software em 1995, registrada em fita cassete, com a seguinte mensagem na capa: "Para todos os rapazes e moças na I.D. (sic) que fizeram o jogo mais legal deste lado do inferno, chutem algumas bundas demoníacas para isto!!".

Blood on the Walls

A faixa foi composta por Manny Charlton, fundador e ex-guitarrista da banda de hard rock Nazareth, onde tocou entre 1968 e 1990(!). No pico dos seus 54 anos na época, o roqueiro provou que FPS não tem idade e que ídolos também tem seus ídolos.

Romero converteu o áudio original para MP3 e colocou no seu Dropbox para quem quiser curtir.

Apesar de aparentemente não ter título, Romero batizou a música de "Blood on the Walls". Manny Charlton acabaria regravando a faixa para seu álbum solo de estreia em 1997, com o título que queria: "Doom".

Confira abaixo a letra e me diga se não tem tudo a ver com o jogo:

Doom

DoomDo you know where you are, didn't anyone tell
You're a man on a mission, you're on the shores of hell
What you gonna do, where you gonna go
Cause no one's got the street plan
That's all you need to know

You can run but you, sure can't hide
Oh no it's always round the bend
You're in the house of pain
Better find all you think you need
Will this nightmare never end

Better find the exit, better find the door
You won't get no mercy, down on the killin' floor
There's a spider on the bridge, there's a demon on the ledge
Better get your chain gun and fill it full of lead

You can run but you, sure can't hide
Oh no! It's always round the bend
You're in the house of pain
Better find all you think you need
Will this nightmare never end

Blood on the walls, blood in your eyes
Blood on your face, blood on your hands
You're gonna lose your soul

Solo

You can run but you, sure can't hide
Oh no! It's always round the bend
You're in the house of pain
Better find all you think you'll need
Will this nightmare never end

Blood on the walls, blood in your eyes
Blood on your face, blood on your hands
You're gonna lose your soul
You're gonna lose your soul

Cacowards

John Romero não é o único que comemora todo ano o aniversário de Doom. Existe uma comunidade fiel de jogadores e modders que continua ativa mesmo após duas décadas. Pode acreditar que neste exato minuto, alguém, em alguma parte do mundo está jogando ou criando um mapa novo para o clássico.

Para celebrar esta criatividade e esta paixão ininterruptas existe o Cacowards, uma premiação que há 11(!) anos escolhe os melhores mapas, os melhores mods desenvolvidos para o FPS.

Cacowards

Entre os vencedores deste ano existem títulos que misturam e remixam Doom para novos tempos, preservando sua velocidade ou sua estética ou enlouquecendo em todos os quesitos e mantendo apenas seu motor gráfico.

E o Futuro?

Quando Adrian Carmack, John Romero, John Carmack, Tom Hall e outros juntaram suas mentes naquele distante 1993, não imaginariam que sua obra seguiria mencionada, lembrada, debatida e jogada muito depois do time mágico se desfazer.

Com a promessa renovada de um Doom 4 no horizonte, sem nenhum dos membros da formação original de desenvolvedores, será que o relâmpago cairá outra vez na mesma árvore? Haverá músicas e vinte anos de mods para o primeiro título da franquia criado sob a batuta da Zenimax?

Temo que a resposta para ambas as perguntas seja "não".

Doom 4

Ouvindo: Stiff Little Fingers - Baby Blue
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Marcos A. S. Almeida disse...

Ótimo texto que enseja á vários debates.Vou começar pelo último assunto: eu particularmente não temo pelo não , eu tenho a certeza que não. Acho que já disse isso por aqui , mas repito: a época de ouro dos jogos já passou e obviamente não estou falando sobre gráficos e jogabilidade pois os jogos de hoje nos mostram um outro patamar , infinitamente melhor nesses quesitos, até por questões técnicas. Eu digo é sobre criatividade, inovação , abnegação , disposição e outros adjetivos elogiosos.Já vai longe a época em que os jogos eram basicamente feitos sob inspiração e dedicação e isso os tornavam tão especiais.Eram verdadeiros "filhos" de seus criadores .O que existe hoje é uma indústria , e podemos entender esta afirmação no melhor e no pior sentido.
Não é que a música é boa? Ela diz muito mais sobre o jogo do que o filme estrelado pelo "The Rock"! Aliás , ela diz mais sobre um jogo do que muitos filmes sobre jogos!
Sobre a comunidade modder , também só tenho elogios, pois eles em parte resgatam esse espírito da "época de ouro" dos jogos.
Quanto ao vídeo , o MOD parece uma mistura de Hexen, Shadow Warrior, Doom e Blood (o boneco vodu).Muito bom!Infelizmente parece que com o passar dos anos desenvolvi uma doença chamada CINETOSE - causa náuseas e enjoo principalmente - que me impede de jogar esses FPS mais antigos. Felizmente nos mais novos eu não sinto esses sintomas.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia