Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

24 de novembro de 2014

Plants vs Zombies vs Servers: Lag Warfare

PvZ - Garden Warfare 14

Tinha tudo para ser odiado: um derivado mata-mata do jogo Plants vs Zombies, que copia ideias de Team Fortress 2, não está disponível no Steam, só pode ser disputado em multiplayer e que funciona como um perfeito estudo de caso do que a gigantesca EA pode fazer quando põe as garras em uma indefesa produtora independente como a Popcap.

Mas a grande verdade é que meu queixo rachou de tanto rir quando vi pela primeira vez um trailer de Plants vs Zombies: Garden Warfare. Meu filho compartilhou da mesma euforia e vimos que ali estava algo que eu sentia falta: um jogo de tiro para crianças se divertirem.

A EA chegou a oferecer o jogo em Free Time, aquele modelo de negócios que você pega o jogo para testar na íntegra por um determinado limite de tempo. Baixei e guardei por semanas, até o momento certo para desfrutar daquelas 72 horas de jogatina.

O momento certo foi esse último feriadão e estava tudo preparado para a farra da matança colorida: projetos entregues ou adiantados, dever de casa em dia, esposa avisada que ninguém vai sair pra lugar nenhum desta vez e que a dupla dinâmica está de volta ao teclado. A expectativa era alta.

PvZ - Garden Warfare 21

Fomos surpreendidos por dois fatores: o primeiro foi a chegada dos avós para o final de semana, infinitamente mais interessantes que qualquer jogo eletrônico. O que não me impediu de seguir jogando. Mas aí esbarrei no segundo obstáculo: os servidores da EA.

Visualmente impecável e com uma mecânica divertidíssima, PvZ: Garden Warfare é tão hilário quanto aparece nos trailers, com diversos modos de combate, personagens simpáticos e muito customizáveis, partidas dinâmicas que acabam em poucos minutos e onde ninguém é (muito) superior a ninguém. Experimentei as 8 classes principais de criaturas, tentando me ajustar à forma como eu jogo, que pode ser resumida em uma palavra: mal.

Com o zumbi All-Star achei meu caminho. Ele não é rápido, o que é perfeito, uma vez que não adianta o personagem ser rápido se eu não sou. Mas ele é forte, aguenta uma quantidade maior de dano, o que funciona com minha habilidade de ser um alvo fácil. E sua arma não só atira uma quantidade absurda de tiros, como também tem uma área de impacto maior, o que casa com minha precisão de toupeira.

Nas primeiras partidas, qualquer time que eu entrava irremediavelmente perdia. Eu fazia mesmo A diferença. Depois, dominando a malícia do All-Star, superei minha contagem de corpos e passei a contribuir, algumas vezes matando mais do que morrendo.

Mas o jogo é tão bacana que eu me pegava alterando para personagens com baixa performance nas minhas mãos só pelas risadas. Podia morrer dez vezes com a Planta Carnívora, mas tudo valia a pena quando ela conseguia devorar um único inimigo (para morrer logo em seguida).

PvZ - Garden Warfare 05PvZ - Garden Warfare 19PvZ - Garden Warfare 20

Quero dizer, é um jogo bacana quando funciona.

Por que o servidor da EA cai a cada quinze minutos. E o jogo inteiro trava. O menu demora para responder. E você não consegue mais entrar em partida nenhuma. A única saída é fechar o título e abrir de novo.

Eu desligava navegador, cliente de e-mail, tudo para deixar PvZ: Garden Warfare rodando macio na máquina, com exclusividade dos meus 30Mb de banda larga que a NET me fornece. A mesma banda larga que segura horas de Guild Wars 2, Killing Floor e até algumas corridas no Sonic and All-Stars Racing Transformed. Mas não aguenta mais de 15 minutos no jogo da EA.

Em determinados momentos, eu tinha que aguentar a rotina do trava-desliga-religa pelo mesmo tempo que ficava jogando. Das cinco horas registradas no Origin, menos de três horas são de combate de verdade, tenho certeza. E nada é mais frustrante do que estar com a adrenalina fluindo, o time rumo à vitória, o alvo na mira e ver a conexão caindo.

No último dia, sem filho, sem ânimo, nem me atrevi a religar o jogo. Foram bons momentos com Plants vs Zombies: Garden Warfare, mas, no estado atual de descaso da EA, não me vejo comprando o título tão cedo.

O Free Time se esgotou sem uma despedida.

PvZ - Garden Warfare 13

Ouvindo: Celso Blues Boy - Sempre brilhará
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

2 comentários:

Ana Flávia disse...

Nossa cara isso também me estressa muito!

Felipe disse...

Comprei o jogo na promoção, os primeiros momentos estava tudo indo perfeitamente. Gostei do jogo e me diverti bastante, mas já no segundo dia o jogo começou a dar problema de conexão, qualquer partida que eu entrava não conseguia ficar nem 5 minutos que caia logo em seguida. Tenho certeza que não era problema com minha net pois fiz todos os testes necessários,e também fiz todos procedimentos que a propiá EA recomendou nesses casos e nada adiantou. Oque posso dizer no final é que gastei meu dinheiro atoa pois não consegui jogar nem 5 horas do jogo direito como no seu caso. Outros jogos na Origin ja tinha dado esses problema então já resolvi que nunca mais compro jogos da EA infelizmente, e um total descaso com o consumidor.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia