Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

31 de janeiro de 2014

A Quinta Geração

Nunca batize um computador com o nome de um jogo de David Cage.

Meu PC anterior recebeu o nome de Indigo, baseado no primeiro jogo instalado nele, o infame Indigo Prophecy, uma tradição que me acompanha desde 1998. E como o estranho adventure da Quantic Dream, seu começo era promissor. Foi minha primeira máquina comprada inteiramente pela Internet, através da extinta Preview Computadores. Foi barato, prático e o PC parecia ser bastante potente. Como o jogo que lhe batizou, parecia uma pérola escondida brilhando em minha mão.

Indigo

Aí, começaram os problemas. Descobri que a Preview fazia overclock nas máquinas. A descoberta me custou uma placa-mãe e uma placa de vídeo torradas na fogueira da performance. E, da mesma forma que Indigo Prophecy, a alegria desceu ladeira abaixo em forma de confusão. Vários componentes originais pifaram e foram trocados. A segunda placa-mãe perdeu o suporte a USB no final de 2012. E foi se arrastando até perder o som onboard em Janeiro deste ano. Foram duas semanas jogando Guild Wars 2 no silêncio e com Outcast esperando sua vez.

Agora, Indigo, ou o que sobrou dele, está dentro de uma caixa em um quarto na garagem. Cheio de potencial, com um final desastroso. Maldito David Cage.

Parada Obrigatória

Mantendo a tradição, o novo PC chama-se Kryta, o  nome do último reino dos Humanos em Guild Wars 2. Se eu tivesse conseguido rodar Outcast, o nome poderia ter sido diferente, mas o Destino traça suas próprias diretrizes.

Comprei apenas placa-mãe, gabinete e processador. Todo o resto seria canibalizado de Indigo, exceto a memória, que eu tinha guardado justamente por não ser compatível com Indigo. Meus dotes de hardware não são tão afiados a ponto de montar do zero e gastei uma hora para transferir tudo do lugar e ligar. Com satisfação, carregou o boot.

Entrou o XP e deu Tela Azul.

bsod

Duas horas desmontando tudo e isolando os componentes. Testei outro HD. Troquei a fonte. Tirei a placa de vídeo e espetei o monitor na placa-mãe. Nada resolvia.

Com fome, com sede, suado e com os dedos sujos, eu era a imagem da desolação. Atrás de mim, o espectro de David Cage zombava de mim e implorava para remontar Indigo.

Então, eu congelei a tela de erro e copiei o código de parada. Acredite ou não, aquela maçaroca de letras de números tem um significado menos hermético do que aparenta. Eu aprendi que 0x0000007B é um código para quando o XP não consegue iniciar por algum problema no disco onde está instalado, por exemplo.

Uma dica na internet no netbook da minha esposa dizia que Reparar a Instalação do sistema podia funcionar. Na pior das hipóteses, estava disposto a reinstalar tudo do zero, perder saves, arquivos, papéis de parede, tudo que não tinha backup na nuvem. Espertamente, tinha feito um backup dois dias antes, prevendo o pior.

Durante o Reparo, tela azul. Cage gargalhava agora, acompanhado de Bill Gates e Steve Ballmer. A sala estava ficando cheia.

Steve-Ballmer "Pegadinha do XP!"

Mas o código da tela azul era diferente: 0xF78D2524.

Minha esposa voltara a usar o netbook, correndo para entregar um projeto para sua orientadora, não iria ceder nem um minuto para um homem sujo com cara de loser. Movido pelo desespero, confisquei o tablet do meu filho. É quase um brinquedo aquilo, mas tem Wi-Fi e Google. Joguei no Google e no segundo resultado havia uma dica, muito, muito obscura: um XP instalado em drive SATA só se comporta bem se a placa-mãe não tratar o drive como AHCI, seja lá o que for isso. Era algo que eu tinha visto na BIOS. Religa a máquina, acessa o BIOS com o tablet na mão e ali estava: AHCI é um método que habilita uma série de funcionalidades legais no drive, incluindo enlouquecer o XP. O Windows XP precisa ser reinstalado (ou removido) para aceitar o AHCI.

Desabilitei e a placa-mãe passou a tratar meu HD como um dispositivo IDE. Não há limites para a heresia. Gates e Ballmer rolam no chão da sala. Ballmer está sem camisa.

Mas agora o Windows XP inicia. Kryta vive. Os fantasmas somem.

Surge Kryta!

Divinity's Reach - Capital de Kryta

A nova máquina não é aquilo que eu mereço, mas é aquilo que foi possível montar dado o tempo e os recursos. Pelo lado positivo, comparo sempre com a configuração inicial anterior e é sempre um salto, com possibilidades de upgrade nos próximos meses. Só de trocar mouse e teclado PS2 e voltar a usar USB, já é um alívio.

Kryta é meu quinto PC e o primeiro batizado em homenagem a um MMORPG, prova de que o gênero chegou para ficar na minha biblioteca.

Configuração inicial:

  • Intel Core i3 3.40GHz
  • 4GB de RAM DDR3
  • Placa de Vídeo NVIDIA GeForce 9400 GT com 1GB de RAM
  • Disco rígido de 1TB
  • Drive de Blu-Ray

A olho nu, não notei nem um mísero aumento de performance. Até porque não estou com nenhum jogo pesado instalado e ainda não abri o Photoshop para labuta pesada.

Planos para o futuro próximo: aposentar compulsoriamente o Windows XP e instalar o Windows 7 64-bits, para poder colocar mais 4GB de memória na configuração e reativar o AHCI. Planos para o futuro distante: trocar a placa de vídeo e jogar Half-Life 3.

Que a trajetória da máquina reproduza o mundo de Guild Wars 2: cativante, tranquilo e cheio de boas descobertas.

Ouvindo: Sopor Aeternus & The Ensemble of Shadows - Baptisma
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

9 comentários:

Michel Oliveira disse...

Parabéns pelo computador novo! Só achei meio desnecessário o drive blu ray, mas nunca se sabe.

Eu comprei o meu novo montadinho pela internet de uma loja local e até agora ele está aguentando bem. Isso já tem uns seis meses. Espero que continue assim...

A única coisa que acho mais ou menos nele é a placa de vídeo, mas acho que devo trocar até o meio do ano que vem.

Agora fiquei me sentindo ou zé mané sem criatividade por sempre botar o meu nome nos meus computadores...

Vilas Boas disse...

Rapaz... que Epopéia!!!

Meio que concordo com o Michel Oliveira, atualmente nenhum amigo meu que tenha um PC (de mediano a Top) tem algum leitor de mídia, haja vista que usamos a porta USB para tudo, até para formatar (que é bem mais rápido), mas aí entra o gosto do freguês!

Dei risadas (desculpe Aquino) quanto ao uso insistente do XP, até no colégio que eu trabalho os computadores já operam com o 7 (ou o 8)!!

Marcos A. S. Almeida disse...

Parabéns pela nova aquisição e bem vindo ao mundo com sons! É uma boa máquina, mas o gargalo é a placa de vídeo.O dinheiro do blu-ray - em minha opinião desnecessário - dava pra investir num Windows Seven.
Tenho certeza que o XP e o drive de blu-ray são apostas pra evitar cair nos "jack sparrow". O primeiro é porque é original - quem acompanha o blog sabe - e o segundo é pra assistir filmes em HD , evitando assim baixar conteúdo pirata.Errei?

C. Aquino disse...

O Blu-ray deixou mesmo vocês confusos, hein? Bem, tenho mais de 80 DVDs de MP3s aqui, resquícios do meu passado como terror dos sete mares, então, preciso de um drive. Estou sempre trocando as músicas do HD, sou escravo do meu acervo.

O Blu-Ray nasceu da ideia insana de fazer backup de todos meus jogos Steam. E a mídia com maior capacidade é o BD. Mas desisti no meio e fiquei com o elefante branco. Pior: nem rodar um Blu-Ray de filme eu consegui. Ainda não sei se é incompatibilidade com o XP ou falta de um player de qualidade.

Quanto ao XP, sim, ele é original, com muito orgulho. Mas a Microsoft vai largá-lo para os lobos a partir de Abril (depois de adiar umas dez vezes o fim do suporte). Então, sem grana para comprar um 7 agora, me verei forçado a buscar ajuda na baía dos piratas até a situação melhorar e conseguir legalizar (podia vender Windows no Steam, né?).

C. Aquino disse...

Esqueci de citar outra vantagem de migrar para o Windows 7: suporte ao DirectX 10, que minha placa oferece, mas o XP não! Não é o 11, mas já vou conseguir andar mais uma casa no grande tabuleiro dos gráficos...

Raphael AirnMusic disse...

Puxa, eu troquei placa de video, hd e mais memoria no final do ano. Como fiquei feliz !!!

Reinstalei windows do zero (o anterior vinha de uns 2 anos de uso e uma cópia direta entre HDs, usada por mais 2 ou 3 anos) e o boot passou de terríveis 10 minutos para menos de 1 !!! Só isso já valeu a reforma.

Isso e jogar o Tomb Raider novo com gráficos lindíssimos ;)

Melhor sorte nos futuros upgrades, Aquino!

Lucs disse...

Gostei do post estilo tutorial de manutenção.
Agora se eu achar tal problema já saberei como resolver.

Shadow Geisel disse...

cara, se eu fosse falar dos dramas que já passei com problemas no pc eu teria que criar um blog só pra isso. sei exatamente o que é isso. mas no final tudo deu certo, pois me livrei dos pcs e peguei um notebook... que não roda nem paciência mas pelo menos não consome a minha. rsrsrsrsrs

Shadow Geisel disse...

Ah, esqueci de comentar essa coisa do nome do computador. o meu eu sempre coloco o nome Father. fãs de alien entenderão...

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia