Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

31 de outubro de 2013

Jogando: Cloudy With a Chance of Meatballs

Depois do desastre que foi Ice Age: The Continental Drift - Arctic Games, eu estava ressabiado com a possibilidade de jogar outro título baseado em um desenho animado. Minha maré de sorte que havia começado no divertido Madagascar (muito antes do meu filho nascer) e se estendido até o cansativo, mas épico Ice Age 2: The Meltdown havia terminado. Visto que Tá Chovendo Hambúrguer não era exatamente um grande nome da animação, a desconfiança era mais forte ainda em relação à sua adaptação. Mas, com um filho fã das loucas aventuras do cientista Flint Lockwood dentro de casa e a continuação do desenho já anunciando para os cinemas, resolvi arriscar.

Ainda bem.

Cloudy With a Chance of Meatballs 02

A Ubisoft entrega aqui um jogo honesto que, apesar de curto e fácil, não tem cara de caça-níquel medíocre. Fugindo da óbvia jogabilidade de plataforma típica deste tipo de jogo, em Cloudy With a Chance of Meatballs traz alguns elementos de puzzle que são muito mais importantes do que pular na hora certa. E visualmente falando o título é de dar água na boca. Literalmente.

O jogo não tenta repetir os eventos do desenho, mas se inspira neles. Na animação, o cientista com sérios problemas de aceitação social Flint Lockwood cria um invento que transforma água em comida de todos os tipos. É o F.L.D.S.M.D.F.R. (Flint Lockwood Diatonic Super Mutating Dynamic Food Replicator). O aparelho vai parar na estratosfera onde passa a converter o que seria água de chuva em uma chuva de comida, de onde saiu o inspirado título brasileiro do desenho. Obviamente, o que seria uma solução para os problemas da fome no mundo, se revela uma catástrofe anunciada, quando a máquina fora de controle passa a produzir versões cada vez maiores e autônomas dos alimentos. No jogo, Lockwood precisa salvar os habitantes da simpática Swallow Falls dos perigos gerados pelo excesso de comida na cidade.

Cloudy With a Chance of Meatballs 01 Cloudy With a Chance of Meatballs 05

E o jogo leva a metáfora ao máximo, transformando os tradicionais obstáculos de jogos de plataforma em versões alimentícias: no lugar da lava quente, temos molho fervente; no lugar de subir por uma corda, enrola-se um fio de macarrão em um garfo gigante; plataformas de salto são cubos de gelatina; passando mel em fatias de pão colossais você consegue andar em paredões; empilhando fatias de calabresa, você alcança lugares mais altos. Os designers de níveis souberam aproveitar muito bem o tema e não é recomendado jogar de barriga vazia, com risco de acabar lambendo a tela ou dando uma pausa para fazer um sanduíche.

Cloudy With a Chance of Meatballs 03

Flint Lockwood tem ao seu alcance um pequeno arsenal de invenções para interagir com ambiente: um supergarfo para pegar comida, um fatiador, um esquentador, um socador e um aspirador/disparador de líquidos. Da combinação destas ferramentas, brotam as soluções dos enigmas. Não lembra nem de longe a complexidade de um Toki Tori ou mesmo de um Toki Tori 2, mas acrescenta uma leve camada de raciocínio à diversão. Estas ferramentas podem receber upgrades durante a jogatina e antes do final da história, já tínhamos todas elas no máximo de evolução.

Para meu espanto, meu filho conseguiu se locomover em terceira pessoa várias vezes e acertar vários saltos, uma nova fronteira conquistada. Mas, geralmente, eu controlava a direção do cientista e ele ativava as ferramentas. Cloudy With a Chance of Meatballs é bem tranquilo em termos de dificuldade, embora a batalha final tenha o nível certo de tensão. É possível um segundo jogador se juntar à bagunça, controlando o macaco Steve com um Gamepad ou usando uma configuração alternativa de teclado. Mas imagino que essa parceria deve arremessar a curva de dificuldade lá para baixo.

Cloudy With a Chance of Meatballs 04

Para aumentar o charme do jogo, todas as cutscenes são criadas na forma de animações em 8 bits, assim como as telas de carregamento! O "verdadeiro" final da aventura só é possível de alcançar se você tiver colecionado todos os itens em todos os níveis anteriores. O que não é muito difícil, mas cansa. Ainda assim, o final normal é bastante conclusivo, embora nenhum dos dois seja "canônico" com o final da animação ou com os eventos da continuação.

Infelizmente, a adaptação de Tá Chovendo Hambúrguer 2 foi lançado como um exclusivo dos os portáteis da Nintendo.

Ouvindo: Killing Joke - A Southern Sky
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

2 comentários:

Ed R M disse...

Parece bacana :) E o filme é bem simpático.

Anônimo disse...

O filme é muito bom Cloudy with a Chance of Meatballs visto muitas vezes

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail