Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

12 de outubro de 2011

Gemind - 3 coisas que o Steam faz e você não sabia

(Publicado originalmente no Gemind)

Steam A concorrência pode chiar, xingar muito no Twitter e tirar jogos de sua loja, mas a verdade é que o Steam é líder absoluto no segmento de distribuição digital de games. Segundo reportagem da Forbes, a plataforma da Valve controla entre 50% e 70% do mercado e em termos de valor avaliado, perde apenas para os gigantes Microsoft, Sony e Nintendo. Tudo isso com apenas 250 funcionários. Mas será que você, jogador de PC, está mesmo utilizando todo o potencial do serviço?

Adicione qualquer jogo ao Steam

O Steam tem a fama de ter uma clientela cativa que não gosta de comprar em outras lojas. Afinal, é mais conveniente ter sua biblioteca de jogos centralizada e todos os seus amigos cadastrados no mesmo lugar. Mas, jogador que é jogador não resiste a uma oferta e compra jogos onde for mais barato. Com isso, você acaba tendo sua coleção pulverizada entre vários sistemas. Sem contar os títulos comprados em formato físico (o DVD, lembra dele? na caixinha?).

O que fazer? Em alguns casos, uma licença adquirida em outra loja pode ser inserida no Steam, adicionando aquele jogo à sua biblioteca — são os títulos Steamworks. Não me pergunte como a Valve consegue dar suporte e oferecer download por um jogo do qual não recebeu um centavo, mas isso é possível. No menu superior do aplicativo do Steam, vá até a opção Jogos | Ativar um Produto no Steam. Na tela a seguir você terá que inserir o CD-Key ou chave de ativação fornecida pela outra loja.

Porém, nem sempre esse método funciona. Para os outros casos, o Steam também tem solução. Vá até a opção Jogos | Adicionar um jogo não Steam à minha Biblioteca. O aplicativo irá listar uma série de executáveis instalados no seu computador. Basta selecionar os que deseja e seus ícones de inicialização serão adicionados ao Steam. Você não ganha o direito de baixá-los pelo serviço, mas pode executá-los a partir da interface do Steam, com direito a todas as regalias: seus amigos ficam sabendo o que você está jogando, você pode capturar screenshots, entrar em conversação com seus amigos etc. Esta solução funciona inclusive com jogos de outros serviços digitais, como o Origin ou o Gamersgate.

Repare que o Steam permite também adicionar programas que não são jogos a sua Biblioteca. Enquanto o sistema informa que o pessoal está se acabando de jogar em Dead Island, Rage ou Team Fortress 2, você pode mostrar para todos que você está suando a camisa trabalhando, usando o Photoshop, o Corel Draw, o Word… Nestes casos, a camada de interface do Steam, chamada de overlay, não aparece por cima do aplicativo. Mas ela está lá: se você apertar F12, vai capturar uma screenshot

Photoshop no Steam

Faça backup de seus jogos

Um dos grandes medos dos usuários dos serviços de distribuição digital é o que fazer se o sistema sair do ar. Suponhamos que uma crise econômica abrupta atinja os Estados Unidos e a Valve feche as portas sem aviso prévio. Eu poderia argumentar que existem leis contra isso e que o Steam é obrigado a tomar providências para evitar este desastre. Mas ninguém sabe o dia de amanhã. Ou apenas imagine que você precise formatar o computador por algum motivo, e já acumulou mais de 50 GB de jogos instalados. Você não vai querer baixar tudo de novo por madrugadas inteiras…

Para ambos os casos existe a possibilidade de fazer um backup dos jogos de sua Biblioteca, gravar na mídia que preferir e reinstalar quando quiser. Para realizar esta tarefa, basta clicar com o botão direito no ícone do jogo na lista da Biblioteca do Steam e escolher a opção Fazer backup dos arquivos do jogo…. Outro caminho é através do menu superior em Steam | Fazer Backup e Restaurar Jogos. Abrirá uma tela com uma lista de todos os títulos instalados na máquina através do Steam. Selecione o que quiser e escolhe o diretório onde os arquivos serão salvos. O Steam ainda faz a gentileza de perguntar como você deseja que os arquivos sejam salvos: em vários pedaços para caber em CDs, em vários pedaços para caber em DVDs ou alguma outra combinação a seu gosto.

Backup Game

O processo demora um pouco, já que estamos falando de vários gigabytes e compactação. No meu caso, demorou 15 minutos para salvar 10 GB de Fallout 3. E o consumo de processador vai até a estratosfera. É bom lembrar também que este recurso guarda apenas o jogo em seu estado original: mods, configurações e save games não são incluídos. A contagem de horas jogadas permanece, uma vez que ela é armazenada online.

Para reinstalar o jogo, vá novamente em Steam | Fazer Backup e Restaurar Jogos e assinale a opção Restaurar um Backup Anterior. Abrirá uma tela onde será possível escolher, entre os jogos arquivados, qual deles você deseja restaurar.

Restore Game

Quem precisa de dinheiro?

Os benefícios do Steam não são restritos aos portadores de um cartão de crédito internacional. Mesmo que você não possua um ou o SPC tenha colocado você na lista dos mais procurados, ainda assim é possível baixar conteúdo e até mesmo jogar.

No momento o site do Steam lista 392 versões demos para baixar na faixa e experimentar. Também estão listados 36 mods para jogos já existentes ou que precisam apenas do SDK do Source (que é gratuito). E você já pode aposentar o YouTube para visualizar os trailers dos jogos: o Steam tem um impressionante arquivo de 1439 vídeos para assistir em qualidade alta direto do aplicativo.

Big Daddy Como se tudo isso não fosse o suficiente, alguns mimos disponíveis no Steam não precisam nem que você instale o aplicativo! Por download direto você tem acesso aos artbooks de Bioshock, Breaking the Mold, e de Garshasp: The Monster Slayer.

Pode também baixar as trilhas sonoras completas dos jogos Company of Heroes (All Heroes Rise e Songs From the Front), GREED: Black Border e Warhammer 40,000: Dawn of War.

Existe até um curta-metragem independente de zumbis liberado dentro do sistema: “Zombie Movie”!

OK, mas e os jogos, camarada, e os jogos completos-liberados-para-jogar-agora-de-graça? Tem também:

Os jogos a seguir nem tem página de descrição! É clicar e já sair baixando pelo Steam:

Os créditos da lista acima vão para o usuário IvanDoomer, que compilou estas preciosidades no fórum.

E agora, pronto para utilizar o máximo do Steam? Tem mais alguma dica legal? Participe nos comentários!

Ouvindo: Nada (mas está passando "Procurando Nemo" no Disney Channel - ei, é Dia das Crianças!)
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

10 comentários:

Breno disse...

Sabe Aquino,lendo o seu twitter sobre os comentarios no artigo sobre os bugs de BF3 me inspirou a falar algo sobre o assunto. Nesse caso eu até tomo a defensiva do jogo ate certo ponto,visto que a grande maioria da base de fans desses jogos são adolescentes entre os 13-17 anos e por isso,ineducados.Eu até lembro que na minha adolescencia em certos momentos eu deixava de jogar counter strike devido a pessima educação dos competidores locais.

Mas infelizmente,esse é o grupo de jogadores que ditam os rumos da industria.Os pseudo-hardcores,pessoas que acreditam que o mundo gira ao redor delas e que são as presas mais faceis das propagandas da cultura de consumo.

Nesse ponto eu até entendo a direção de algumas pessoas como o blogueiro do re:games de criticar essas pessoas. Infelizmente,a falta de conhecimento na area de jogos,a falta de vontade para o debate e a generalização dos artigos dele acaba o deixando na mesma situação desses pseudo-hardcores que eu falei(basta lembrar que só por eu ter criticado o jogo queridinho dele ele ficou me chamando de mala).

Pois é,alguns fans de jogos realmente não devem ser levados em consideração em questões de feedback. Basta ver por exemplo o caso da EA/Bioware. O fato de eles terem tentado incluir minorias nos seus jogos nunca satisfaz determinados grupos,como agora recentemente com uma personagem transsexual em DA2. Eles até já receberam criticas pelo fato do filme de ME ter um protagonista masculino. Ao inves de argumentar que adaptações de RPG não leva em consideração as escolhas do jogador,eles preferiram o discurso do excluido.
Quais são seus pensamentos a respeito disso Aquino?

C. Aquino disse...

Primeiro, educação se aprende em casa. Não importa se você tem 8, 13, 17, 37 anos. Não importa se você joga ou não joga.

Segundo, esse tipo de ineducado não apenas dita o rumo da indústria como também determina a percepção equivocada que a mídia desinformada tem de todos os jogadores.

Para ser gentil, eu diria que 80% da culpa é dos pais que: 1) não dão a educação devida sobre como se comportar em qualquer ambiente, incluindo o virtual, 2) compram jogos inadequados para a faixa etária, 3) reclamam que os jogos e esta geração estão muito violentos, enquanto se omitem de toda a responsabilidade.

É por isso que eu defendo ALGUMAS atitudes do Fábio Sooner e o considero relevante para o debate. Infelizmente, ele perde muito da razão com atitudes extremadas (sabia que ele me bloqueou no Twitter semanas depois do incidente dos comentários? sem explicações?).

Acho louvável a atitude da Bioware em permitir a diversidade sexual em seus jogos. Os reacionários confundem permissão com incentivo. Quem é homossexual irá se divertir com os jogos da Bioware, quem for heterossexual também. Os gays existem e não vão sumir se uma parcela do público resolver tapar os olhos. Sobre o protagonista do filme do ME ser homem... bem, isso era mais ou menos óbvio! Filme não é jogo, o roteiro faz as escolhas no lugar do jogador. Como toda adaptação cinematográfica, haverá pontos muito mais conflitantes do que este a caminho...

Breno disse...

Eu me expressei de maneira equivocada sobre o caso dos adolescentes=ineducados,mas a incidencia desses é maior por questões obvias de inexperiencia,falta de educação,etc. Sobre o caso dos transsexuais,homossexuais e a direção da Bioware,a questão que eu falei é de que o ativismo exagerado desses grupos acaba sendo prejudicial para a empresa,tendo em vista que eles querem se ver no jogo sempre de forma didatica(lembra da questão dos negros em RE5?)nesses jogos,superficializando essas tematicas(para disfarçar,existe os preconceitos somente entre as raças imaginarias e olhe lá).

Sobre o RE:Games,bom praticamente concordo com vc 100%.Ele tem razão em alguns assuntos,mas eu realmente não suporto generalizações e falta de precisão nas analises.Ele trata as pessoas que não gostaram da direção de DA2 igual as pessoas fãs de modern warfare(pelo menos os que eu citei).Queria ver se os desenvolvedores transformasse a franquia fallout em um aplicativo exclusivo de facebook,para ver se ele iria concordar com eles e chamar os criticos de "entitled generation".

Poa Kli-Kluu disse...

Caraca, eu queria muito continuar esse tipo de conversa e participar dela. Mas to no trampo nem tem como XD

Eu já fiz essa sugestão e não sei ao certo se a lera, Aquino. Portanto, faço-a de novo: Criemos um chat do blog no msn groups! Daria muito certo e poderíamos conversar em tempo real e com mais calma XD

Com relação à esse post, achei maneiraço, eu sempre usava o Steam e não costumava fuçar nele.

Olhei nos comentários do gemind e não sabia que tu tinha algum tipo de contato com Magaiver do blogMMO, um dos caras que eu sempre leio, junto com seu blog.

Poa Kli-Kluu disse...

Até esqueci de dizer, o pessoal do blogMMO tem um chat no msn groups, mas o pessoal que loga pra bater papo mesmo é muito disperso e raramento tocam no assunto de games em geral, só para teres idéia.

Eu vejo o público de teu blog como sendo mais seleto e mais entusiastas neste sentido, por isso acredito que daria certo o grupo!

Breno disse...

E ai Poa ja conseguio experimentar divine divinity ou os mods de ultima no dungeon siege?

Poa Kli-Kluu disse...

Cara, o máximo que consegui foi me manter vivo, e acho que já é um grande avanço .-. Vida de vestibulando é complicado u.u
Mas tenho isto salvo! Ainda vou baixar D:

Breno disse...

Poa:de que jogo vc ta falando?

Poa Kli-Kluu disse...

Ambos XD Do mod e do divine divinity ;D

Breno disse...

Eu recomendei o mod mas ainda nem cheguei a jogar-lo hehe.Mas eu terminei Divine divinity e realmente vale a pena. O jogo é praticamente um sandbox em perspectiva isometrica. Tem um punhado de falhas,mais relacionados a balanceamento(o pior sendo o sistema de xp,pois para ser melhor aproveitado é necessário matar tudo o que se move e é hostil primeiro,investir na skill wisdom ao ganhar niveis e só depois completar as quests. Mas é totalmente viavel completar o jogo a moda antiga).O jogo começa dificil,mas ao evoluir o personagem acaba ficando muito facil(falha de muitos rpgs,porem falha é falha,embora eu só joguei na dificuldade normal).Preste atenção na trilha sonora,que é uma obra prima.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell