Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

14 de junho de 2011

Megadeth: Gaming is My Business

A banda Megadeth pode não ter conseguido um jogo dedicado ao seu legado, como outros roqueiros conseguiram. Nem mesmo passou pelo constrangimento de ver um projeto seu ir por água abaixo. Mas isso não significa que Dave Mustaine e companhia sejam estranhos ao mundo dos jogos eletrônicos. Não significa nem um pouco.

Megadeth

Foi anunciado pela gigante Konami que o Megadeth será o responsável pela trilha sonora do próximo título da produtora, NeverDead. O título que mistura demônios, um futuro pós-apocalíptico e um herói imortal capaz de perder partes do corpo (?!) está sendo desenvolvido pela Rebellion Games para Xbox 360 e Playstation 3. A canção homônima "Never Dead" fará parte tanto da trilha do jogo quanto do décimo-terceiro álbum do grupo, ainda em gravação. O Presidente da Konami, Shinji Hirano, declarou sobre a parceria que "a trilha sonora de NeverDead é um exemplo de pura imaginação e captura plenamente a essência de nosso jogo. Nós estamos orgulhosos de ter uma banda tão especial associada com nosso título".

Fragmentos da música inédita podem ser ouvidos no trailer do jogo divulgado durante a última E3:

Esta não é a primeira investida do Megadeth na indústria dos jogos eletrônicos. Sem contar as óbvias participações em jogos musicais como Guitar Hero e Rock Band, a banda já emprestou canções para outros jogos.

"High Speed Dirt" e "Tornado of Souls" fizeram parte da trilha de Brutal Legend, que conta as aventuras de um roadie que é magicamente transportado para um universo paralelo de fantasia muito similar aquilo que aparece nas capas dos discos de diversas bandas de metal. Segundo Tim Schafer, desenvolvedor responsável pelo jogo, uma das inspirações para o herói da aventura teria sido um roadie do Megadeth chamado Tony.

Brutal Legend - Vida de roadie é difícil...

"Peace Sells" é uma das faixas da rádio V-Rock, uma das emissoras fictícias que transmitem música dentro do jogo Grand Theft Auto: Vice City. A mesma música, mais "Devil's Island" e "Crush'em", faz parte da trilha de Freestyle MetalX, de 2003. Já "Symphony Of Destruction" fez parte do jogo de luta livre WWE SmackDown! vs. RAW 2006.

Em 2006, Dave Mustaine compôs e gravou a faixa "Gears of War", quinta faixa do álbum "United Abominations". A música aparece no jogo Gears of War, para Xbox 360, mas sem as letras. Apesar de ter sido composta originalmente sem letras, Mustaine foi abordado pela Microsoft, produtora do jogo e perguntado se poderia gravar uma versão com letra para entrar na trilha sonora. A letra foi criada, mas não a tempo de fazer parte da trilha, que utilizou apenas a versão instrumental.

Duke Nukem E no distante ano de 1998, a 3D Realms lançou o álbum "Music to Score By", um disco tributo a Duke Nukem com faixas de diversos artistas. O CD incluía duas faixas nunca lançadas antes do Megadeth.  Uma delas era a música "New World Order", que só havia aparecido anteriormente, em versão demo, no disco de raridades "Hidden Treasures", de 1994. A canção voltaria a aparecer, em sua versão final, na edição remasterizada de "Hidden Treasures". Mas o verdadeiro achado da coletânea da 3D Realms seria a releitura da banda para a antológica música-tema de Duke Nukem 3D, "Grabbag":

Ouvindo: Assemblage 23 - Infinite
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Marcel C. Da Silva disse...

Eu não sabia que o Megadeth estava presente no mundo dos games dessa maneira, quando eu li "projeto ir por água a baixo" pensei que era uma versão nova de RockBand ou de Guitar Hero que ia ser lançada.Não só de games musicais vivem as grandes bandas!

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail