Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

5 de fevereiro de 2011

Antes de Diablo - O Poder e a Magia de Might and Magic

M&MI Antes de Diablo ser lançado em 1997, um jovem programador de 23 anos chamado Jon Van Caneghem trabalhou durante três anos quase sozinho para o lançamento de seu primeiro RPG para computador. Com o título concluído em 1986, ele viu que todo o seu trabalho poderia ser em vão se não encontrasse uma distribuidora. Inconformado, Van Caneghem inicialmente começou a distribuir seu jogo de seu próprio apartamento, para quem aparecesse na porta para comprar. Pouco depois, ele conseguiu um contrato de distribuição com a Activision. O nome do jogo era Might and Magic. Na Activision, o título brilhou e tornou-se uma franquia que já gerou oito sequências diretas e vários derivados. Desde então, Van Caneghem já supervisionou, criou ou produziu mais de trezentos jogos e foi indicado ao Computer Gaming World Hall of Fame em 2004.

A exemplo de Ultima, a série Might and Magic mistura elementos de ficção-científica e fantasia no mesmo enredo. Neste universo, os diferentes mundos foram criados por uma raça avançada chamada Ancients, em constante guerra com uma raça demoníaca conhecida como Kreegans. Em decorrência do conflito, muitos destes mundos regrediram tecnologicamente e se transformaram no típico cenário medieval, com monstros folclóricos e magia. Cada jogo, nos primeiros jogos, era ambientado em um mundo diferente, mas todos eram interligados por um roteiro unificado, envolvente a guerra e a loucura que dominara Sheltem, um antigo servo dos Ancients, agora determinado a destruir todos os mundos. Os capítulos VI, VII e VIII eram ambientados no mesmo planeta, Enroth, conquistado pelas forças sombrias dos Kreegans.

Ao contrário de Diablo, a série Might and Magic se caracterizava pelo controle de uma equipe de personagens, construída inicialmente pelo jogador e que poderia receber reforços ao longo da aventura. Desde seu início, a série já disponibilizava ao jogador diferentes classes de personagens e uma visão em primeira pessoa em um ambiente que simulava 3D. Nos primeiros títulos, o combate e a movimentação aconteciam por turnos, mas esta linha foi abandonada nos últimos jogos. Como outros pioneiros dos jogos de RPG para computador, os jogos da franquia também apresentavam um vasto mundo aberto para exploração, com dezenas de missões e submissões, ainda que Might and Magic tivesse um foco maior no combate.

Mundo de Varn (Vehicular Astropod Research Nacelle)

Van Caneghem fundou a New World Computing para desenvolver os primeiros títulos de sua cria. Dez anos depois, a empresa se tornaria uma subsidiária da 3DO. Em 2003, com a falência da 3DO, os direitos da série Might and Magic seriam vendidos para a Ubisoft por mais de um milhão de dólares. Contrariando a coerência, a Ubisoft manteria o nome, mas jogaria fora toda a trajetória da série, ignorando a cronologia e o cenário desenvolvidos até então. Desde que assumiu o controle da marca, a produtora lançou um quinto episódio do derivado Heroes of Might and Magic (voltado para a estratégia), o FPS Dark Messiah of Might and Magic, um híbrido de RPG/Puzzle/Adventure para o Nintendo Wii chamado Clash of Heroes e algumas experiências no mercado online.

A série principal continua parada no capítulo IX, lançado em 2002. Might and Magic IX foi produzido às vésperas do fechamento da 3DO e foi arrasado pela crítica e pelo público devido à quantidade de problemas técnicos. Seus desenvolvedores lançaram uma correção oficial após o lançamento, que não conseguiu consertar todos os bugs antes do fechamento da empresa. Somente em 2003, um grupo de fãs voluntários conhecidos como The Erathian Liberation Party produziu de forma independente um patch que cobria mais algumas falhas do jogo.

Minha experiência com a franquia se limitou a algumas horas gastas com o primeiro jogo, aquele que Van Caneghem vendeu na porta de casa. Foi o meu primeiro contato com um jogo de mundo aberto e, como todo novato, cometi a imprudência de me perder e não conseguir voltar para a cidade principal. Com batalhas com inimigos desconhecidos aparecendo de cinco em cinco minutos, o primeiro Might and Magic foi para mim um exercício de frustração, acentuado pelo meu então parco conhecimento de inglês. Fiquei com a impressão de que estava diante de uma proposta diferente, de um vasto mundo a ser explorado e dominado, um título que exigiria dedicação e muita tentativa e erro para ser prazeroso. Não sabia o que estava perdendo.

Might and Magic Might and Magic - Sprite
Might and Magic - Mountains Might and Magic - Tavern

Might and Magic apostava forte nos confrontos com criaturas bizarras e disponibilizava para o jogador um fantástico mundo na tela de seu computador. Antes de Diablo.

Ouvindo: Looking Glass Studios - The Labyrinth of Worlds
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

4 comentários:

EmoViolence disse...

Might And Magic eu conheço pouco, não cheguei a jogar nenhum, mas lembro de comprar umas revistas importadas na banca que sempre traziam alguma propaganda com imagens dos jogos da franquia.
Essas imagens são do primeiro jogo ? Achei interessante na tela de título, o 'Esc', normalmente relacionado a sair, ser utilizado pra iniciar um novo jogo. =)

C. Aquino disse...

São do primeiro jogo, eu lembro até hoje daqueles malditos Sprites dizimando meu grupo inteiro. ESC para jogo novo era só na tela principal. Na tela do canto inferior direito, você vê que ESC era para voltar.
Estou vendo também seus outros comentários na série. Oficialmente "Antes de Diablo" chegou ao fim, mas eu ainda vou publicar um epílogo e melhorar a navegação pelo grupo todo.

EmoViolence disse...

Acho bem interessante a idéia da navegação pelo grupo, mais ou menos como no post que você junta todas as resenhas já feitas.

Ótimo poder acompanhar de novo o blog e ver que a qualidade dos posts continua a mesma ou melhor. Tinham bloqueado no trabalho, por isso atrasei a leitura. E como em casa estou ocupado jogando... haha

C. Aquino disse...

Bloqueado no trabalho?! Tenso! Agora o Retina Desgastada é persona non grata...

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell