Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

2 de janeiro de 2010

Congelados no Tempo

Como todo fã de jogos eletrônicos, ocasionalmente eu embarco no hype de um determinado título. Um par de screenshots com gráficos impressionantes, um vídeo bem editado,  a promessa de uma história interessante, uma insinuação de jogabilidade inteligente e pronto: comprei a idéia! Com ansiedade, vou acompanhando as notícias sobre possíveis datas de lançamento, mais novidades sobre o jogo ou novos detalhes que mantém a chama acesa. E, então, o assunto vai esfriando, esfriando, esfriando... quando eu me dou conta, estou sentado esperando como um idiota que Duke Nukem Forever chegue nas prateleiras.

Mas nem todo título cancelado tem um fim tão definido quanto Duke Nukem Forever, Full Throttle 2, Necrocide ou o legendário Van Buren. Alguns jogos vagam pelo limbo, congelados no tempo, em perpétuo sofrimento, nunca oficialmente declarados mortos, nunca lançados.

Mortos-Vivos... Ou Não?

Muito antes da atual onda morta-viva que varreu a cultura popular, mais precisamente no distante ano de 2004, uma pequena empresa francesa apresentou ao mundo o projeto de um jogo apropriadamente chamado de Zombies. O jogo multi-plataforma sairia para PC, Xbox e PS2 e traria uma mistura de FPS, tática e survival horror no primeiro trimestre de 2005. Entre as promessas do jogo estavam a possibilidade de usar o ambiente ao seu favor, manipulando fios elétricos, vazamentos de gás ou construindo barricadas; o risco de se tornar um morto-vivo após uma mordida, tornando o jogador gradualmente mais lento (e resistente) antes da transformação total; a companhia de até 12 aliados diferentes, outros sobreviventes do apocalipse encontrados pelo jogador.

ZombiesZombiesZombies

Existe também um vídeo exibido na E3 2004:

Com gráficos caprichados, clima sombrio e uma jogabilidade que era inovadora em 2005, se tivesse sido lançado na data marcada, Zombies poderia ter sido o precursor de uma mania mundial e talvez até catapultado a pequena Krysalide para o sucesso. Talvez, hoje não tivéssemos Left 4 Dead 2, mas Zombies 2 como um dos mais cotados títulos do gênero... Infelizmente, o jogo desapareceu da face da Terra. Seu site oficial permanece inalterado há cinco anos. Atualmente, a Krysalide se especializou em desenhos de personagens e storyboards, modelagem 3D e criação de texturas para outros títulos, tendo colaborado na produção de jogos como Alone in the Dark e Dark Messiah of Might and Magic.

Sobre o futuro de Zombies? Nenhum comentário.

Da Terra de Camões

Em 2006, durante a E3, um vídeo de um jogo de ficção-científica prometia uma história épica envolvendo temas como clonagem, aquecimento global e distopia. Detalhe inusitado: o jogo era português e o enredo se passava em Lisboa.

Ugo Volt se tornou uma aposta certa, não por se ser um jogo desenvolvido pelos pais da nossa língua, mas por trazer uma direção de arte diferenciada e insinuar uma jogabilidade sólida. Na verdade, fiquei tão empolgado com o visual do personagem principal que transformei a imagem de abertura do site oficial em papel de parede:

Ugo Volt

Tivesse sido lançado dentro do prazo e correspondendo às expectativas, Ugo Volt colocaria Portugal no mapa dos centros de desenvolvimento de jogos na Europa, com garantias de distribuição no resto do mundo. Com uma história adequada, o título poderia ter se tornado o grande épico de ficção que Advent Rising não conseguiu. Com o seu sucesso, profissionais brasileiros poderiam ter obtido mais um canal para serem absorvidos no mercado.

Entretanto, algo, em algum momento, deu errado. Muito errado. Hoje, o site oficial apresenta o título "Revenda" e redireciona automaticamente para um endereço que provoca um alerta de segurança no navegador. O site da desenvolvedora possui apenas uma mensagem de "Coming Soon". O verbete em português na Wikipédia foi removido após abusos sucessivos.

Enterrado, Desenterrado, Enterrado?

The Kore Gang Este jogo nunca foi prometido para PC. Mas tinha um vídeo engraçadinho. Bem, pelo menos era engraçadinho na primeira vez que foi exibido. The Kore Gang viu a luz do dia durante a E3 2003. Era um título que seria lançado para Xbox e apresentaria as aventuras de uma dupla de crianças (e seu cachorro) pilotando uma armadura robótica e combatendo a invasão de patéticas criaturas do núcleo da Terra. Na verdade, por serem monstros do interior do planeta, eles estariam realizando uma "exvasão".

Com um visual que remetia o insano trabalho de Tim Schafer em Psychonauts, The Kore Gang poderia ter sido um jogo divertido. Se não tivesse sido cancelado oficialmente em 2004.

Nossa história poderia ter terminado aqui. Mas, surpreendentemente, em 2008 uma empresa diferente anunciou que completaria The Kore Gang para o console Wii. E, para ratificar este projeto, eles lançaram um trailer do jogo. Para meu profundo espanto, era exatamente o mesmo trailer de 2003!!

Agora, seis meses depois da última notícia publicada, fica a pergunta: The Kore Gang sairá algum dia para alguma plataforma? Caso a resposta seja negativa, será o primeiro jogo da história (até onde eu sei) a ser cancelado duas vezes.

ATUALIZAÇÃO (20/06/10): Emergiu um novo trailer do jogo, com promessa de lançamento para agosto de 2010. Confira em http://wiiclube.uol.com.br/blog/2010/06/19/wii-trailer-the-kore-gang. Sete anos depois, será que vai mesmo?

RPG Genérico Número 59

Em 2003, uma pequena empresa de Madrid, chamada Arvirago, liberou um conjunto de telas de tirar o fôlego para a época. Sendo sincero, ainda são de tirar o fôlego! Confira abaixo as imagens do jogo Lord of the Creatures:

The Lord of the CreaturesThe Lord of the CreaturesThe Lord of the CreaturesAlém disso foi lançado também uma medíocre sinopse do título. Segundo o Gamespot,  "descrito como uma aventura épica ambientada em um universo de fantasia, o jogo permitirá aos jogadores explorar mundos imaginários habitados por criaturas inacreditáveis". Sério? Pelas imagens acima, eu jamais adivinharia... Vale ressaltar, entretanto, que o motor gráfico do RPG foi desenvolvido pela própria empresa, incorporando o que havia de mais avançado em termos de efeitos: bump mapping, volumetric shadows, antialiasing, vertex e pixel shaders. Se você, como eu, não entendeu nada do que foi dito, basta uma nova olhada nas imagens para saber que o pessoal da Arvirago tinha um potencial sucesso nas mãos.

Um ano depois dos primeiros detalhes, foram liberadas novas telas do título:

The Lord of the CreaturesThe Lord of the CreaturesAgora, cinco anos se passaram e Lord of the Creatures permanece imerso em silêncio. O site oficial continua operacional, mas traz somente uma arte do jogo e um e-mail de contato.

Eterno Retorno

Eu jurei que jamais voltaria ao assunto. E, mais uma vez, quebro minha promessa. No começo deste artigo eu usei Duke Nukem Forever como exemplo de jogos que acabaram sendo cancelados. Mas isso não é oficial. E jamais será...

Em entrevista dada a uma revista de jogos, o todo-poderoso (e geralmente sensato) CEO da 3D Realms, Scott Miller nega que o título tenha sido suspenso. Segundo ele, isso nunca foi afirmado. O que a empresa fez foi dissolver a equipe de desenvolvimento. A nova estratégia da empresa agora é aproveitar os próximos anos para lançar uma avalanche de jogos casuais baseados no personagem Duke Nukem, em diferentes plataformas. Com a marca fortalecida junto ao público e resolvida a briga judicial com a produtora Take Two (que pagou e não levou), quem sabe o que pode acontecer com a franquia? Miller insinua que o quarto título da saga pode sair no futuro, além de uma série de jogos ainda não anunciados e que até o filme(!!) inspirado na série está indo bem.

Duke Nukem

O site oficial de Duke Nukem Forever continua no ar. E sua data de lançamento continua sendo "quando estiver pronto".

Ouvindo: Free Radical Design - Aztec Ruins Exterior
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

Lino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia