Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

25 de outubro de 2009

Mais Modificações de Half-Life 2, Ou Chega que Eu não Suporto Mais Isso

Estou farto de Half-Life 2. A culpa não é da Valve. A culpa não é dos desenvolvedores dos mods. A culpa é minha mesma, que devia ter me contentado com a saga oficial de Gordon Freeman. Insatisfeito e curioso, testei alguns mods que me deram a sensação que tinha encontrado uma mina de ouro. Acreditando que a boa sorte estava do meu lado, insisti para ver até onde conseguiria encontrar mods de qualidade. E quebrei a cara. Deveria ter parado, mas fiquei obcecado. E quebrei a cara outra vez. Você acha que eu aprendi? Ledo engano. Aqui estou eu para reclamar e reclamar...

The Citizen vale o download. Se você curte uma história que não termina, vale dizer. Este mod segue o recrutamento de um simples habitante da City 17 para as forças da resistência. A princípio, ele reluta, mas logo abraça a luta encarniçada contra o Combine. Em termos de ação, o mod é mediano e sem pretensões. Sua força está em mostrar uma face do mundo de Half-Life 2 que ainda não tínhamos vislumbrado: conhecemos um dos quartéis da rebelião, ouvimos um dos seus discurtos radiofônicos, realizamos uma missão de infiltração(!) digna de Tom Clancy. Aqui, você não é o salvador da pátria, um super-soldado-cientista em trajes especiais, mas apenas um João Ninguém das ruas, tentando dar o troco no Combine. Ou será que...?

Rebellion é parecido com o mod acima: vale a pena, você é um rebelde e também não tem um final. Toda a história se passa em um universo diferente de Half-Life, o que dá uma perspectiva inusitada a algumas situações. Para começar, você é um oficial da Federação, a bordo de uma nave cheia de "Combines" e "Barney" é seu subordinado. Vocês, mais um pesado destacamento militar, estão indo sufocar uma rebelião em um planeta distante. A Federação é mais suja que aparenta e vocês trocam de lado, a ferro e fogo. Parabéns aos desenvolvedores que conseguiram excelentes dubladores, um excelente texto e uma cidade bem apresentável. Infelizmente, a aventura é curtíssima, sem previsão de continuação.

Rebellion

 Korsakovia é Silent Hill. É indescritivelmente macabro, com a uma história que não é fácil de explicar e cujos níveis puxam a física da engine Source ao máximo do imaginável (e além). A falta de legendas matou metade da graça do mod. A outra metade foi destruída pela falta de lógica dos níveis. Não se engane: se Korsakovia algum dia virar livro, eu vou comprar. Se virar filme, eu vou assistir. Se virar seriado de TV, eu vou gravar. Mas, como jogo, seus programadores são ótimos escritores. Eles tem outro mod, maior e mais acabado, chamado Dear Esther, elogiado por muitos. Por enquanto, parei nesse (que nem consegui terminar).

Strider Mountain é o novo "queridinho" dos sites de mods. Apresenta armas novas, Gordon Freeman como personagem principal e 20(!) níveis de matança para seu deleite. Bem... as armas novas são novos modelos para algumas das armas antigas. Freeman aparece em terceira pessoa em algumas cenas, com uma baixíssima contagem de polígonos e até fala! E vinte níveis, quando se está vindo de uma maratona de mods é a última coisa que você quer ouvir falar. Tecnicamente falando, não há nada errado com esta aventura. Exceto, talvez, as irritantes cutscenes, as armadilhas assassinas, o número infinito de inimigos em várias situações, a falta de variedade de oponentes, a ausência de legendas e uma coisinha ou outra. Eu já comentei que vinte níveis são cansativos? Prepare-se para a "Escalada"...

Na verdade, eu fico me perguntando se alguns destes mods são realmente tão ruins assim ou se eu simplesmente atingi a saturação. Se eu encontrar mais um headcrab na tela do computador, acho que vou surtar. Outro dia eu vi a porta de um prédio em obras lacrada com madeiras. E fiquei com vontade de meter o pé de cabra! Então, até a Valve ressuscitar meu interesse com o Episode 3, eu estou dando um tempo de Half-Life 2. Tem mods que foram baixados e nem sequer chegaram a ser instalados. Mas, no momento, do fundo do meu coração e com grande pesar, eu quero que Gordon Freeman se exploda.

Ouvindo: Metallica - Sanitarium (Welcome Home)
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Um comentário:

douglas disse...

Valeu pelas dicas! Sucesso!

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia