Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

22 de setembro de 2008

O Império Contra-Ataca

Spore A polêmica em torno do sistema de ativação do jogo Spore continua! Para quem chegou agora, o sistema anti-pirataria do jogo só permitia sua instalação três vezes. Depois disto, o consumidor teria que telefonar(!) para a empresa, explicar que comprou o produto legalmente e solicitar com educação que novas instalações fossem liberadas.

Na sexta-feira passada, a EA Games, responsável pelo jogo, enviou um comunicado à imprensa para justificar suas táticas.

No comunicado, a empresa se dizia desapontada com a reação negativa dos usuários. Citando que 75% dos consumidores instalavam jogos apenas uma vez em apenas uma máquina e que menos de 1% precisariam instalar mais de três vezes, a EA Games lembrava que o suporte ao cliente estaria sempre disponível para as exceções. Reconhecendo que uma parcela dos jogadores poderia até estar com a razão, eles decidiram ampliar para cinco(!) o número de instalações permitidas. E fizeram uma promessa de estudar métodos de transferir uma instalação de uma máquina para outra. Ao final do comunicado eles pediam a compreensão de todos e justificavam a necessidade de tais medidas para preservar a indústria dos jogos para computador.

"Nós presumimos que os consumidores entendem que a pirataria é um grande problema – e que se jogos que levam de um a quatro anos para serem desenvolvidos são efetivamente roubados no dia de lançamento, desenvolvedores e distribuidores irão simplesmente parar de investir em jogos de PC."

OK. Perfeitamente compreensível. Atitude plausível e justa da EA Games em desejar proteger seu patrimônio e o trabalho intelectual de tantos desenvolvedores. A motivação deles é autêntica e válida.

Em um mundo perfeito, a história terminaria aqui.

Infelizmente, Spore estava disponível no submundo da pirataria dias antes do seu lançamento oficial. Sem nenhum tipo de proteção ou limitação. Assim como 100% de todos os jogos já lançados, independente do sistema anti-pirataria implementado e empurrado goela abaixo dos consumidores legítimos.

Será que o investimento da EA Games na (inútil) tecnologia de proteção, somado às perdas causadas pela reputação negativa gerada e pela quantidade de downloads ilegais diretamente motivados por esta tática compensam o que seria perdido para a pirataria se esta confusão não fosse criada?

A despeito das lamentações da Crytek, dos planos da EA Games e das boas intenções de quem quer que seja, a pirataria segue incólume, de vento em popa.

Ouvindo: SITD - Wegweiser - Club Version
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

Deathspank