Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

7 de setembro de 2008

Nomes Têm Poder

No momento em que começou minha carreira com computadores, começou minha relação com os jogos para computadores. Cada máquina que já passou pelas minhas mãos recebeu o nome do primeiro jogo que eu instalei em seu disco rígido. Olhando para trás e para suas configurações, consigo enxergar mais de dez anos da história dos PCs, dos jogos e, por que não dizer, de mim mesmo.

Hexen (1998-2003)

Hexen II

Herdou seu nome de Hexen II. Foi o primeiro demo de jogo que eu instalei, a partir de um CD de um grande amigo meu (que também montou o computador e me vendeu). Meu primeiro contato com um universo inteiramente em 3D, um portal para um vício eterno em FPS. Curiosamente, só consegui a versão completa do jogo muito tempo depois e jamais concluí.

Configuração inicial:

  • Pentium 166MHz
  • 32 MB de RAM
  • Placa de Vídeo com 2MB (sem aceleração 3D!)
  • Disco rígido de 2GB
  • Sen-sa-cio-nal kit multimídia (placa de som + CD-ROM + caixas de som). As caixas de som funcionam até hoje.

Predator (2000-2006)

Alien vs Predator

Herdou seu nome de Aliens vs Predator. Neste caso, o jogo antecedeu o computador. Sendo fanático pelas criaturas de ficção, comprei o jogo na banca de jornais sem me dar conta de que não conseguiria rodá-lo em Hexen. Frustrado, jurei para mim mesmo que seria o primeiro jogo a ser instalado na próxima máquina.

Comprei Predator, o computador, no mesmo ano em que casei. Sendo um casal que precisava usar computador para trabalhar, não havia como dividir Hexen com minha esposa. Ela ficou com meu primeiro PC e eu adquiri Predator.

Curiosamente, não gostei do jogo tanto quanto imaginava (bugs e dificuldade insana são pontos contra, sempre). Também, jamais terminei.

Configuração inicial:

  • Pentium III 866MHz
  • 128 MB de RAM
  • Placa de Vídeo com 32MB (com aceleração 3D, mas sem marca...)
  • Disco rígido de 20GB

Dredd (2006-?)

Judge Dredd vs Death

Herdou seu nome de Judge Dredd: Dredd vs Death. Desta vez, foi um caso de um jogo que migrou de máquina. Rodando com sufuco em Predator, consegui passar da metade do jogo quando Hexen foi para o céu dos computadores.

Novamente, fiquei na situação de ter que dividir a máquina com minha esposa, quando eu sempre saio perdendo. Ficou estabelecido, então,  um padrão de troca: quando o computador dela pifasse, ela ficaria com o meu e eu compraria um novo para mim. Todo mundo ganharia um PC mais potente e passaríamos a ter um plano de atualização que não fosse gerado por impulso, mas por necessidade. Não me sentiria mais obrigado a trocar de equipamento toda vez que a id Software lançasse um jogo novo.

Apesar de ser um excelente jogo, consumia recursos como um monstro. Rodou lento em Predator e rodou um pouco menos lento em seu sucessor! Ao contrário dos outros jogos já citados, este foi completado. Curiosidade? Judge Dredd: Dredd vs Death foi desenvolvido pela Rebellion, os mesmos responsáveis por Aliens vs Predator!

Configuração inicial:

  • Pentium IV 2,4GHz
  • 512 MB de RAM
  • Placa de Vídeo com 64MB (Nvidia)
  • Disco rígido de 80GB

Indigo (2008-?)

Indigo Prophecy

Herdou seu nome de Indigo Prophecy (também conhecido como Fahrenheit). Novamente, outro jogo que migrou de máquina.

Predator anunciou que estava prestes a terminar seu ciclo de vida e eu resolvi encomendar um computador pela Internet. Fui informado que demoraria até quinze dias. Ainda que tivesse jurado para mim mesmo que Gothic 3, dentre tantos desejos probidos, seria o primeiro jogo de minha próxima máquina, resolvi arriscar e instalar Indigo Prophecy em Dredd. Afinal, quinze dias é um bocado de tempo para ficar sem jogar. Com sorte e tempo, concluiria o jogo antes da entrega.

Ledo engano.

O novo computador chegou antes do previsto. E faltou tempo para concluir o jogo. Resultado: Indigo é o nome da mais nova aquisição. Curiosamente, o ganho de performance é apenas discreto. E é o primeiro jogo a batizar uma máquina que não é um FPS.

Configuração inicial:

  • Intel Core 2 Duo 2,53GHz
  • 2GB de RAM (em dez anos, consegui um computador que possui de memória o mesmo que meu primeiro HD!)
  • Placa de Vídeo com 512MB (Nvidia)
  • Disco rígido de 160GB
  • Segundo o site Can You Run It?, Indigo só falha em um único requisito para ser o computador recomendado para rodar Crysis! O ideal seria se ele tivesse 600 e poucos megabytes de memória de vídeo...

O Futuro

Pelos meus cálculos, Dredd deve subir no telhado em 2011 ou 2012. Até lá, Indigo é minha máquina de jogos oficial, com direito a um pequeno upgrade aqui ou ali. Que venham Fallout 3, Doom IV, RAGE e outros tantos que por enquanto só existem em sonhos e pranchetas.

Ouvindo: Kool & The Gang - Summer Madness
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Tooth and Tail