Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamMastodonCanal no YouTubeInstagram

13 de outubro de 2022

Jogando: Overwatch 2

overwatch-2-header

(publicado originalmente no Gamerview)

Overwatch 2 gerou dúvidas desde seu anúncio oficial: qual é a necessidade disso? A Blizzard largou o jogo original às baratas durante um bom tempo, sem conteúdo novo, para desenvolver uma suposta continuação, o que irritou alguns fãs. Nesse meio tempo, o estúdio foi abalado por uma sucessão de escândalos de assédio sexual e moral em suas fileiras e pela saída de nomes importantes no seu quadro de profissionais. Pela primeira vez em muitos anos, a aura de infalibilidade da produtora foi questionada.

Não se engane: quem não curtiu o primeiro Overwatch não será cativado por sua continuação. Quem já havia enjoado do primeiro jogo e deixado para trás em busca de novos horizontes talvez não irá retornar radiante para sua antiga paixão. Entretanto, Overwatch 2 é um relançamento competente, uma reimaginação do primeiro título, tanto nas dinâmicas dentro da partida, como em seu modelo de negócios, com um motor gráfico aprimorado, capaz de levar a franquia um pouco mais além.

Passagem de Bastão

A impressão que Overwatch 2 passa é que ele é somente uma repaginada, uma nova fase na vida do primeiro jogo, não uma reencarnação. É o Windows 11 da Blizzard, uma “nova” versão daquilo que todo mundo achou que seria permanente e apenas receberia pequenas atualizações para o resto da vida. Não há uma ruptura tecnológica como houve em StarCraft 2, para ficar em um exemplo da própria produtora.

overwatch-2-05

Então, funciona como aquela pessoa que você namorou e com quem você teve momentos felizes no passado. A relação se desgastou, vocês terminaram, o tempo passou e agora essa pessoa retorna com um penteado novo, um novo emprego, roupas novas e a vontade de recuperar o romance. Ainda é a mesma pessoa, as lembranças são marcantes, as boas e as ruinas, mas há uma promessa de novidade no ar.

A Blizzard não esconde que é uma transição. Se você tinha o Overwatch original, todas as suas configurações e todas as suas customizações de personagem são carregadas para Overwatch 2. Todas as skins que você tinha desbloqueado, os emotes, os sprays e outros mimos continuam lá na sua conta, do jeito que você deixou. Esse legado ainda se faz presente no fato de que os jogadores veteranos terão acesso imediato às três novas heroínas do jogo (Soujorn, Junker Queen e Kiriko), sem necessidade de passar pelo Passe de Batalha ou soltar dinheiro para a produtora.

Todos os mapas originais também estão presentes aqui. Não há nada de Overwatch que tenha sido esquecido na mudança, exceto o próprio Overwatch: desde o lançamento de Overwatch 2, o jogo original se torna inacessível. A única forma de jogar agora é através dessa continuação.

overwatch-2-92

Para disfarçar essa assimilação, a Blizzard apresenta algumas alterações estéticas em determinados mapas. Em locais onde você disputava as partidas em ambiente noturno, agora é dia claro, e vice-versa. Merece destaque o entardecer de Dorado. Essa troca de iluminação é muito bem executada, pena que não se aplica à totalidade dos mapas e muitos deles estarão do jeito que sempre foram.

Cadê a História que Estava Aqui?

Apesar de toda a caracterização de história que antecedeu o anúncio de Overwatch 2, não espere nada nesse sentido dentro do jogo. O prometido modo PvE, a campanha que avançaria o lore de seu rico universo, ficou para outro momento e não estará disponível no lançamento. É o famoso “na volta, a gente compra”.

Para quem sempre se contentou com migalhas de enredo até agora, pelo menos a Blizzard traz novidades. Há interações novas entre todos os personagens, então é importante ficar atento às conversas para entender como as dinâmicas evoluíram. Os personagens também estão com visual básico modernizado, com mais apetrechos ou novos penteados, o que só aumenta a sensação de “namorada(o) repaginado”. Porém, na versão aberta para a imprensa, Echo era a única campeã do jogo sem um novo visual, o que destoava da premissa.

overwatch-2-33

A proposta para Overwatch 2 é seguir um modelo de temporadas a cada nove semanas. Cada temporada terá seu próprio conjunto temático de dezenas de itens desbloqueáveis, através de desafios. Não é nada diferente do modelo adotado em outros títulos F2P, como o líder Fortnite. É a aposentadoria do sistema de caixas, as infames “loot boxes”, ainda que o Overwatch original fosse bastante amigável nesse sentido. A Blizzard promete 200 skins novas por ano, em comparação com as 42 lançadas anualmente no modelo antigo.

Conquistar todos os itens cosméticos exigirá fôlego ou muito dinheiro vivo para comprar as moedas ou o Passe de Batalha. A evolução natural, sem precisar pagar, é lenta. Novamente, quem está acostumado com Fortnite, irá se sentir em casa. Jogadores das antigas talvez sintam saudades da euforia de se abrir uma caixa e tirar a sorte grande…

Em contrapartida, as temporadas de Overwatch 2 trarão novidades que não serão somente cosméticas. Cada temporada irá introduzir também um novo herói ou um novo mapa ou um novo modo de jogo.

overwatch-2-123

Para isso, a Blizzard está assumindo um compromisso de entregar um novo personagem a cada duas temporadas, com a exceção desse começo: a primeira temporada estreia com três heroínas inéditas e a segunda temporada trará um novo Tanque para a arena. Depois disso, heróis devem aparecer a cada temporada par, a partir da quarta.

Overwatch 2 é Overwatch 1.5

Essa nova versão do jogo poderia ter sido lançada facilmente como um remaster. Os modelos foram melhorados e os efeitos visuais estão aperfeiçoados. De alguma forma que não consigo explicar com precisão, mesmo mapas que já conhecia como a palma da mão pareciam ter uma camada adicional de beleza.

No outro lado da experiência audiovisual, as novas músicas não tem o mesmo impacto das faixas anteriores: sai a grandiloquência quase épica do primeiro jogo e entram batidas mais eletrônicas que lembram mais uma pista de dança do que uma batalha para salvar o mundo.

overwatch-2-rio

A principal mudança talvez não seja nem seu novo modelo de negócios ou os gráficos turbinados. As mecânicas também foram alteradas e esse certamente será o ponto decisivo tanto para jogadores veteranos quanto para novatos. No lugar de partidas 6×6, temos agora partidas 5×5 e um jogador a menos de cada lado faz bastante diferença. Isso significa que cada baixa na batalha, ainda que temporária, ganha um peso muito maior, principalmente se for o Tanque do time.

Diversos personagens foram alterados completamente, alguns até mesmo perdendo sua função original, como Doomfist, que era um excelente herói de Dano e foi convertido em um Tanque duvidoso. Prepare-se, porque pode ser que seu main não seja mais tão legal como era antes.

É importante ressaltar que essa análise foi realizada em um ambiente fechado em que apenas jornalistas e influenciadores tiveram acesso antecipado por dez dias. Lamentavelmente, pela baixa população de jogadores online, raríssimas foram as partidas que disputei contra humanos reais. Saciei minha sede contra bots, mas a experiência está longe de ser a ideal.

overwatch-2-62

Isso também significa que não me responsabilizo pelas condições dos servidores, quando a Blizzard abrir as porteiras de um jogo gratuito. Historicamente, espere por longas filas de espera, servidores inoperantes e todo tipo de esquisitice nos primeiros dias…

Por tudo que vi, torna-se evidente que a decisão de lançar o jogo na forma de “Overwatch 2” é claramente comercial. Até mesmo a forma como está sendo processada, com o encerramento do primeiro e a atualização para o segundo deixam claro que tudo isso é Overwatch 1.5.

Passei centenas de horas em Overwatch. Foi o único jogo que comprei na pré-venda, após um bem-sucedido beta gratuito. Foi paixão instantânea e arrebatadora, um vício que passei para meu filho e durou anos. Essa chama acabou se apagando, depois de bastante tempo, mas se apagou. Overwatch 2, para mim, é uma segunda chance, um revival divertido que não se sustenta sozinho, mas se mostrou uma investida necessária da Blizzard para revitalizar o jogo e estender sua vida útil por muitos outros anos, até um eventual e real Overwatch 3.

Ouvindo: Specimen - Wolverine

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino

Wall of Insanity