Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

23 de março de 2021

Quarentena: Ano Um

Há exatos 366 dias atrás, eu iniciava a série que não deveria ser série: era a Quarentena aqui no blog. Seria uma forma semanal de registrar o cotidiano trancado dentro de casa e acompanhar a evolução de uma pandemia em escala global lá fora. Não é o marco zero de quando fiquei em casa. É bem provável que as portas tenham se trancado em 13 de março, quando as aulas do meu filho foram suspensas no meio da tarde e os estudantes foram mandados para casa às pressas.

Ninguém imaginava que o coronavírus levaria ainda algumas semanas para começar a se disseminar com força no Brasil. Ninguém imaginava a força com que ele se disseminaria. Ninguém imaginava que um ano depois o caso estaria ainda mais grave. Exceto que alguns imaginaram. E alertaram. E educaram. E lutaram contra a pandemia. E fizeram seu melhor na divulgação dos fatos científicos, na linha de frente dos hospitais e do jornalismo, combatendo uma ameaça microscópica e uma ignorância manipulada em nível macroscópico.

Como já li escrito por aí, não aguento mais não aguentar mais. Durante um ano fui literalmente o único contato de meu filho com algum tipo de amizade. As aulas digitais começaram agora, mas os poucos amigos que restaram na mesma turma são pouco mais do que thumbnails em uma tela e sua timidez, que já era forte antes, não transcende a barreira da tela. Meu conforto é que ele não dá sinais do desgaste que me abate.

Em termos profissionais, estou em meu melhor ano depois de muito tempo. Meu trabalho sempre foi remoto, desde 2013, então nada mudou. Exceto que mudou. Acumulo a função de jornalista, roteirista, colaborador, webmaster, marido, pai, dono de casa, professor, amigo, conselheiro e ainda busco separar um tempo para minhas necessárias divagações interiores. Jamais imaginei afirmar isso textualmente e amo todos ao meu redor, mas sinto falta da solidão, do silêncio da casa vazia, de conseguir produzir por horas seguidas sem interrupções. Nosso recorde hoje são quinze minutos. Falta tempo para jogar, falta tempo para o blog. Entre uma grande demanda e a próxima, as forças se recarregam com a certeza de que essa maratona não pode ser infinita.

E não será. Meu sogro recebeu hoje a primeira dose da vacina. Ele é outro confinado, lá no apartamento dele. Há sinais de que os professores em breve serão vacinados e minha esposa estará nesse grupo. Pesquisas mostram que a Coronavac é eficaz e segura para menores de idade.

Emergiremos de nossos abrigos, nos abraçaremos e derrubaremos os culpados. Até lá, fique em casa, se puder.

vacina

Ouvindo: Class of 99 - Another Brick in the Wall

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino

Cyanide & Happiness - Freakapocalypse