Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterCanal no YouTubeRSS

30 de agosto de 2020

Quarentena - Semana 24

Chadwick-Boseman

Confesso que nunca dei bola para Pantera Negra, seja no cinema ou nos quadrinhos. Ainda assim, as lágrimas vieram com a morte de Chadwick Boseman. Não somente pela morte prematura de um talento em ascensão (mais jovem do que eu!). Não somente pela dor de uma luta silenciosa que ele travou por anos, sem jamais perder a majestade. Mas também por tudo que ele significava no imaginário de muitas pessoas. Eu sentia a dor de todos, em um momento em que vidas negras aparentemente importam tão pouco por mais que gritemos o contrário. É como se 2020 quisesse nos mostrar que a esperança não tem vez.

Porém, Boseman se vai e fica o mito. Mais forte, mais presente. Um herói dentro e fora das telas descansa em poder agora. Ainda assim, Wakanda é eterna.

Enquanto isso... 120 mil mortos no Brasil. A luta não pode e não deve parar.

Far Cry 52020-8-29-19-42-48

Completamos a primeira região de Far Cry 5 com fogo e glória. Dizem que o jogo é repetitivo, mas até agora não senti isso. Há algo de catártico em se enfrentar o fanatismo religioso armado no coração da América, possivelmente o último suspiro de crítica ao sistema que ainda havia na Ubisoft. A atmosfera do jogo é brutalmente opressora e os edenetes são assustadores. Que não seja um jogo profético...

Um dos melhores momentos da semana porém não envolveu violência ou sequer teve um pingo de sangue. Normalmente, meu filho assume o volante em Far Cry 5 e brinca que eu sou o protagonista e ele é meu "Uber", ainda que, na hora da onça beber água, ele seja talvez mais letal do que eu. De qualquer forma, naquele noite, ele pediu para eu assumir o volante enquanto ele comia amendoins. Em uma das missões mais divertidas do jogo, eu controlei o carro em uma corrida frenética por estradas castigadas pela guerra para... entregar uma grávida no médico. Não apenas é um toque de construção de mundo por parte da desenvolvedora, como também um momento hilário e afetuoso como não tinha visto em nenhum título da franquia até então.

Talvez mais títulos precisem de sequências de ação em que a morte não tenha que ser o foco, mas seu exato oposto.

Terminados os amendoins, retornamos a nossa rotina de carnificina e começamos a libertar a região de Faith...

monster-trucks

Vi o primeiro Mission Impossible com meu filho. Ainda é um filme muito bom, apesar da forma como Ethan Hunt "acessa a internet" ser bizarra demais. Um grande elenco muito bem aproveitado. O mais legal na verdade foi mostrar pro garoto a origem de várias referências que ele já viu por aí, desde a música tema até a batida cena do herói pendurado por cordas.

Vimos também Monster Trucks. É um filme que a gente tinha combinado de ver desde o trailer... em 2015! O tempo passou, o guri cresceu, não tem mais 8 anos de idade. Vimos assim mesmo! E gostamos! É bastante simpático e até melhor que muitos filmes de sessão da tarde parecidos (cof cof Meu Amigo Dragão cof cof cof).

Por último, também vi Conan O Bárbaro (1982) com meu filho, a pedidos insistentes dele. Continua um filmaço, quase quatro décadas depois. A trilha sonora é majestosa demais! É curioso que a violência, que era impressionante no lançamento, hoje em dia deixa o filme quase suave. Em contrapartida, sobram peitos pra todos os lados. Interprete como quiser uma civilização que se tornou pudica por um lado e hiper-violenta por outro.

Pelo Gamerview, entreguei ontem minha prévia de Postal 4: No Regerts, um título tão desastroso como eu havia imaginado. Quatro horas de minha vida que poderia ter aproveitado em um jogo melhor e possivelmente o pior do ano.

Windbound foi lançado e posso dizer que curti o que vi. Curti muito. Infelizmente, a análise não aconteceu por um problema de política de versão. Eu estava testando o beta fechado para a imprensa e nada de ele atualizar. Enquanto isso, a desenvolvedora enviou uma chave final... para PlayStation 4, console que não tenho. Para analisar a experiência completa, a chave foi para um camarada e eu deixei o título de lado. Ironicamente, parece que agora ele atualizou para a versão final para mim... devo escrever algo sobre ele aqui no blog ao longo da semana.

Estou perto do final de Eternal Hope, um delicioso jogo brasileiro que lembra Limbo em alguns momentos, mas é mais tranquilo e, ouso dizer, mais belo.

Também está comigo Star Renegades, mas não posso dizer nada sobre o assunto. Marvel's Avengers também está sob minha responsabilidade, protegido pelo mesmo sigilo.

A avalanche de títulos me afastou do capítulo final de The Walking Dead: Final Season, um jogo que merece minha dedicação e meu tempo. Ou estarei com medo de me despedir de Clementine?

Eternal Hope

Ouvindo: Stiff Little Fingers - No More Of That
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

Nenhum comentário:

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

The Walking Dead