Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

15 de julho de 2008

Jogando: Blood

Após tanto trabalho para fazer Blood rodar no Windows XP, eu não poderia simplesmente desinstalar um jogo da minha lista de favoritos, não é? Então, eu decidi fazer um curto revival daqueles sangrentas tardes de 1998 e dar uma nova chance ao jogo. Dezenas de títulos inéditos aguardam para serem jogados, mas o chamado de Blood é forte... Jurei, então, que não passaria do primeiro capítulo (o mesmo da versão shareware que eu conhecia como a palma da mão). Tinha que acertar as contas mais uma vez com Cheogh.

Blood: Primeiro Nível

Não vou repetir a análise que eu já fiz do jogo. A idéia aqui é tentar explicar como é voltar a jogar algo dos meus primórdios.

Minha primeira impressão foi de estranheza: o mouse está louco! Nada que uma rápida configuração dos controles não resolvesse. Entretanto, Blood pertence a uma era anterior à sacrossanta combinação de mouse + WASD. O mouse não responde da mesma forma que jogos modernos e o menor movimento pra frente ou pra trás também move o personagem. Decido jogar Blood da mesma forma que em 1998, usando as setas do teclado para movimentar, CTRL para atirar etc. Nos primeiros minutos, o corpo estranha, a mão esquerda se posiciona sobre o W, eu perco alguns tiros, SPACE não está configurado para pular, é um caos. Mas... alguns zumbis depois, como mágica, minhas células veteranas despertaram de seu estupor e velhos instintos afloraram. Meu corpo lembrava de como jogar! Apesar de um movimento de giro com as setas ser muito, mas muito mais lento do que seria usando o mouse, era exatamente assim que eu jogava e foi exatamente com estes obstáculos que eu zerei Blood.

Blood: Primeiro Nível

Outra coisa que eu havia esquecido era como a trilha de vingança de Caleb era difícil. E, mesmo tendo jogado o mesmo nível incontáveis vezes, eu ainda levei um susto com uma emboscada preparada por dois zumbis saindo de nichos secretos escondidos na parede! Bom. Este é o Blood de que lembro. Desafiador, assustador e divertido!

Blood: Primeiro Nível

Ouvindo: Bidê ou Balde - Bromélias
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

2 comentários:

Anônimo disse...

Fala amigo, blz ? Gostei do blog, comentário muito pertinentes e inteligentes :)
Me perdi no passo 8 viu, esse lance da linha de comando, quando fui baixar o ultimo arquivo ele abre uma pagina com vários dados mas não em arquivo entende, é normal isso ?? Depois do passo 8 me perdi completamente, ele roda aqui no meu XP SP3 mas sem som total quando escolho algum som ele nem abre hehe, tem como explicar melhor por favor ? Se puder me envie um tuto pra ruanrock@hotmail.com
Obrigado :)

C. Aquino disse...

Em alguns navegadores, o arquivo blood.vlp abre como se fosse um arquivo de texto comum, exibindo um monte de informações na página. Você tem duas alternativas: copia aquele monte de texto, cola no bloco de notas e salva como blood.vlp; ou, ao invés de clicar direto no link, clique com o botão direito, escolha a opção "salvar como" e salve como blood.vlp.

A linha de comando pode ser complicado para quem não está familiarizado. Mas não tem muito mistério: vá no menu iniciar do computador, clique em executar e digite "cmd" (sem as aspas, é claro!). Essa janelinha que abre é o Prompt de Comando. Você precisa digitar dentro dela o caminho para onde o noclip.exe foi instalado (a mesma pasta do Blood).

Digamos que você instalou Blood em C:\Games\blood. Então, no Prompt de Comando, onde está piscando o cursor, você digita (sem aspas!) "cd C:\Games\blood". Depois, você digita o comando para ativar o noclip, conforme o passo 8.

Espero ter ajudado!

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Regalia