Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

4 de outubro de 2011

Preservar e Proteger

Em 10 de Agosto de 2011, o site Gamerview anunciou que encerraria suas atividades e apagaria todo o conteúdo do servidor no último dia de dezembro. Eu alertei os leitores do Retina Desgastada para acessarem o ótimo conteúdo das análises e das colunas, enquanto eles ainda estavam online. Felizmente, havia a promessa de que o Gamerview talvez voltasse, focado em podcasts, e foi o que aconteceu. Entretanto, parte do material em texto seria mesmo extinto:

Dentro de 2 meses (ou menos), o “Gamerview 3.0″ entrará no ar. Ele será bem diferente do atual, dando destaque para os nossos podcasts (GamerSpeak, Podjogar e CheckPoint) e com um espaço para vídeos próprios, colunas, entrevistas e notas rápidas. Vamos fugir do formato comum e nos reinventar. Ainda assim, o site não terá mais aquela atualização diária insana de antes. E os demais conteúdos, serão retirados do ar.

E foi lançado o desafio:

Portanto se você gostou, por exemplo, dos nossos reviews, copie-os e espalhe pela internet para mantê-los vivos. Só não esqueça de creditar o autor e o Gamerview com um link, para que mais pessoas conheçam o site.

Tentei argumentar nos comentários a favor da preservação das análises:

É uma boa notícia que o espírito do Gamerview vá continuar ativo. Embora eu não curta podcasts, desejo tudo de bom para vocês e muito sucesso. Porém, e este é um grande porém, não me conformo com a necessidade de apagar todas as análises e colunas! Se vocês pretendem manter o domínio gamerview.com.br, não haveria uma forma de preservar este conteúdo? Pergunto isto porque poucos sites oferecem um conteúdo de qualidade do nível das análises e das colunas exclusivas que vocês apresentavam. Sempre recomendei este material em meu blog, desde o começo do Gamerview. Perto da exigência de armazenar podcasts e da banda consumida no processo, o custo de manutenção do material em texto seria irrelevante! Pensem, por favor, nesta proposta.

E recebi a resposta (negrito por minha conta):

Nós entendemos que, com a mudança, perderemos uma parte do nosso público (que não ouve podcasts). Mas é uma mudança necessária para nós. Escrever conteúdo de texto dá muito mais trabalho do que gravar/editar podcasts. Naturalmente faremos backup de tudo que produzimos, claro. Mas não é mais de nosso interesse manter este tipo de conteúdo, uma vez que o Gamerview vai mudar por completo. Do conteúdo antigo, vamos manter apenas as colunas e entrevistas (com atualizações). Nada mais.


No caso dos reviews, incentivamos a todos copiarem o nosso conteúdo e replicar em outros sites/blogs com os devidos créditos. Manter uma versão "old" do Gamerview não faz mais sentido... De agora em diante, queremos ser lembrados como "aquele site que tem ótimos podcasts sobre games". ;)

OK. Entendi o recado. As 104 análises de jogos para PC estão devidamente preservadas nos links abaixo, com os créditos devidos, e farão parte do conteúdo fixo do blog, com link na barra lateral.

Por motivos técnicos, não salvei nem as imagens das análises, nem a seção com a nota final e os resumos de prós e contras. E as outras plataformas tampouco foram cobertas. Mas acredito que fiz minha parte em prol do conteúdo de qualidade na "blogosfera" de jogos brasileira. Sem adsense, sem pop-up, sem receber um centavo.

Atenção: As opiniões emitidas nas análises produzidas pela Gamerview não refletem necessariamente a opinião do Retina Desgastada.

Ouvindo: The Damned - Lively Arts

24 comentários:

Gustavo Henrique disse...

Excelente cara, você fez sua parte conservando um excelente conteúdo, não entendo como eles realmente podem dispensar tanta produção.

Gustavo Henrique disse...

Excelente iniciativa a sua, não entendo como eles podem dispensar conteúdo de texto original e de excelente qualidade.

Gustavo Henrique disse...

OPA!

Carlos disse...

Foi na barra de links do seu blog que descobri o Gamerview e agora disponibilizando as analises. Excelente iniciativa Aquino!!!

NevesZerg disse...

Aquino, o retina possui algum email para contato? As vezes quero mandar algumas informações legais, e preciso entrar em um comentario para passar.

Segue um texto interessante que tem tudo haver com nossa época.
http://www.viralizou.com.br/2011/10/a-internet-e-uma-eterna-nostalgia/

Breno disse...

Morri de rir com o review de fallout 3!Cheio de falhas técnicas,pouco informativo e o cara ainda fala que o jogo melhorou o sistema de karma se ele nunca havia jogado os antecessores!Esse tipo de conteudo merece é ser expurgado da internet,que já ta lotada de porcaria.

Breno disse...

Outro review hilario é o de mass effect 2.O jogo de ação travestido de RPG foi bem recebido pelo jornalista que é fã de wolverine e linearidade.O cara não consegue nem distinguir uma cutscene de uma escolha que afete o gameplay(hora não se preucupe,em Mass Effect 3 suas escolhas irão afetar o jogo,HAHAHAHA).Acho que agora entendo o porque de eles dispensarem esses abortos de texto.

Poa Kli-Kluu disse...

Reprovo completamente a atitude do pessoal do GamerView, acho que um site com uma sabe de fãs como a deles e tão bem fundamentado jamais deveria esconder suas origens textuais, uma vez que elas são de ótima qualidade. O custo realmente seria minúsculo, e se a questão é tempo, de nada custaria manter no site as análises para agradar os antigos fãs, uma vez que não velaria 10min para fixá-las no escopo do site.
Simplesmente não entendo a atitudes deles ao serem radicais à tal ponto, gostaria que eles se explicassem melhor.
Mas de qualquer jeito, atitude louvável essa a tua de permutar as análises aqui no seu blog.

E como NevesZerg bem colocou, são muitas as vezes que disponho de links interessantes e não há como entrar em contato contigo, Aquino.
Gostaria que pudessemos aproveitas das regalias que blogs oferecem tendo a oportunidade de entrar em contato com quem escreve os textos que lemos, e tenho certeza que renderá bons frutos (;

Porém enquanto não dispusermos disto, gostaria bastante de saber o que sabe sobre Dungeon Siege 2, um jogo que eu venho jogando faz tempo e que gosto muito; Recomendo.

Breno disse...

Poa kli-kluu(cara de onde vem esse nome?):Os reviews deles,ao que eu li não são nem um pouco diferentes de qualquer site mainstream que tem por ai.Até parece teste de redação para vestibular-introdução,desenvolvimento e conclusão-e até mesmo nesse feijão com arroz eles cometem cagadas epicas com informações iveridicas ou sem embasamento(muitas vezes eles nem tentam provar o que escrevem),como no caso de Fallout 3(Ao menos o cara teve honestidade para dizer que nunca tocou nos jogos anteriores,mas isso não o desculpa de ficar dizendo que houve melhorias no sistem.Se ele apenas conhece a mecanica do jogo em paginas de wikipedia a qualificação dele como critico de jogos ta muito comprometida).

Eu não me interesso muito por reviews basicos como o do gamerview. O que me incomoda mesmo é as informações erradas(ou a falta de informações relevantes)e a falta de objetividade e excesso de subjetividade(sem ao menos alertar os leitores,como no review de Mass Effect 2,que glorifica o jogo pelo fato de ser um TPS linear,quando de fato essa preferencia não é unaminidade(O fato é que a serie ME sempre implementou elementos de RPG de forma horrivel))!

Poa Kli-Kluu disse...

[ a origem desse nome é uma longa história XD mas sem delongas, atendo por esse heterônimo em muitos lugares, e como o utilizo para escrever em meu blog e algumas redes sociais com menor integração pessoal, esse personagem sustenta a relação perfeita XD ]

Eu havia partido do ponto de que realmente eram resenhar boas, uma vez que Aquino se deu ao trabalho de republicar todas elas aqui no Retina. Concordo que pecou no de Fallout 3 (acabei de ler), mas houve outras resenhar realmente boas, como a de Torchlight.

Porém remanesce aquela idéia de que eles poderiam ter ido mais à fundo e feito uma resenha mais extensa e descritiva.

Breno disse...

Poa(vou abreviar teu nome agora!):Cara,li agora o review de torchlight,realmente aparentemente não a nada de errado com o que ele escreveu,exceto que ele falou de tudo menos o jogo.

Para quem se interessa em saber questões de trilha sonora,direção de arte podem até encontrar um pouco de informação.Mas e o jogo em si?Ta bom ele disse que pareçe e joga como diablo!Mas dizer só isso é não dizer nada.Existe o jogo Divine Divinity,por exemplo,que tem uma estetica e semelhança de mecanicas com diablo,exceto que o jogo é fuderosamente diferente(pra melhor,ainda bem)que o Diablo.O cara não explica a fundo as mecanicas do jogo,para saber se são bem balanceadas(aposto que ele só jogou com um tipo de personagem,mas isso ele não explica).Não a uma explicação sobre os diversos niveis de dificuldade no jogo e por ai vai. Se torchlight fosse um filme,o review dele ainda se encontraria na escala do mediocre.Mas do jeito que está,eu consigo informações bem melhores em foruns e conversas informais.

Breno disse...

LOL!li agora o review de Crysis 2 e vi mais um exemplo de estupidez por parte do "critico".Primeiro fala que Crysis 2 tem graficos superiores ao primeiro(eu pelo menos não me lembro de Crysis 1 sofrer de texturas de baixa resolução,para ser justo,eles melhoraram um pouco nas fisicas ragdoll,mas nada que impressione muito).Depois ele fala que a nanosuit só ativa dois poderes,que são Strenght e Cloack(Será que ele se esqueceu do Armor?).Depois fala que Crysis 1 tem mundo aberto(Ele tem mapas maiores,só isso)e o pior é a conclusão,onde ele fala de coisas que nem tinha mencionado anteriormente.

Mais uma prova de que esses reviews merecem é ir para a lixeira mais proxima!

C. Aquino disse...

NevesZerg e Poa, eu tinha a impressão equivocada de que todo mundo tinha Twitter e a comunicação fluiria por ali. Preconceito meu... Pode escrever para retina####meupapeldeparedegratis.com.br que eu recebo (troque o ### pelo arroba, não escrevi certo por causa dos malditos bots de spam que varrem a web).

Poa, eu não joguei nenhum título da série Dungeon Siege, mas tenho o primeiro encalhado na prateleira há anos. Não sei quando ele vai sair do limbo... é muito jogo e pouco tempo!

Breno, faltou um aviso na minha postagem de que as resenhas não refletem necessariamente a opinião do Retina Desgastada. Vou colocar ainda hoje. O importante sempre para qualquer leitor é ter acesso ao máximo de informação e ler as mais variadas opiniões, até conseguir chegar a uma conclusão. Nenhuma análise deve ser encarada como definitiva, nem as do Gamerview e nem as minhas.

NevesZerg disse...

No meu trabalho redes sociais são bloqueadas.

Breno disse...

Aquino:Não é uma questão de opiniões que eu estou criticando,mas sim de descaso com as informações que o "critico" apresenta.Ja falei aqui de dois erros factuais que os criticos escreveram em relação a determinados topicos,como foi o caso de Crysis 2 e Fallout 3.E me desculpa a franqueza mas o Gamerview nunca vai ter uma opinião que consiga abranger todo o campo que está trabalhando com a pobre qualidade dos textos apresentados.Aquino Suas opiniões costumam ser diferente das minhas de tempo em tempo mas pelo menos vc tenta justificala com algum argumento pensado.Não é o caso do Gamerview,que tenta ser bastante objetivo nas suas resenhas com uma boa camada de subjetividade que eles nem ao menos tentam justificar o porque de tal coisa(como no caso de Mass Effect 2,onde eles não exitaram em vangloriar a saude regenerativa,a fluidez do jogo(leia-se linearidade)e ausencia de veiculos(o problema não era o conceito e sim a execução))!

Lembre-se do EGW e da questão Diablo,que vc abordou de forma tão interessante!

Mas ta ai,qual é a sua opinião sobre as resenhas que eles apresentaram e eu detonei?Ou de algum jogo que vc jogou que eles criticaram?

C. Aquino disse...

Breno, não posso opinar sobre o Mass Effect 2 e o Crysis 2 porque não os joguei. Sobre o ME2 ainda assim a opinião do resenhista é parecida, para o bem ou para o mal, com parte do público. Mas falar que o primeiro Cryisis é mundo aberto é ser muito generoso: o pedaço que eu joguei era um corredor disfarçado de floresta.

A resenha de Fallout 3 poderia ser bem melhor. A parte do Karma é ridícula mesmo. Acho que vou abrir uma área de comentários nas análises, já que este feedback se perdeu na transição do Gamerview para cá.

Agora, eles acertaram 98% em Mirror's Edge, Risen, Portal 2, Batman Arkham Asylum e Amnesia pelo menos. Ao contrário da EGW, que deu capa para Terminator: Salvation e elogiou o jogo, a Gamerview deu a primeira nota 1 do site. E foi um dos poucos lugares na web brasileira a criticar o queridinho Resident Evil 5 (se estão certos, aí só jogando mesmo).

Poa Kli-Kluu disse...

Entrarei em contato contigo, Aquino! (Y)

Eu não sei se gosta de jogar todos os jogos em sequência de lançamento, Aquino, mas particularmente, eu não joguei o primeiro e fiquei fascinado pelo Dungeon Siege 2. Ele faz um aglomerado de mecânicas muito bem elaboradas, com um grande conteúdo em lore e várias inovações(na época) no gênero Action/RPG. Se você sente alguma empatia em especial por jogos como Diablo, Torchlight, Titan Quest, Mythos Online, com boas narrações e progressão em níveis, você definitivamente deveria jogar. Sei que há muitos jogos, mas este realmente vale a pena.

Também achei ridículo a EGW fazendo uma revista com capa do jogo Terminator: salvation, aquele jogo fede. Eu até acredito que a EGW utilizou do marketing do filme pra vender aquela edição da revista, que falava falava e não queria dizer nada, na "matéria" específica do jogo naquela edição. É esse tipo de coisa que me desanima muito na EGW, parte das matérias da revista não são essencialmente boas e poderiam ter outras matérias muito mais interessantes no lugar. Não que seja ruim(é só uma característica da EGW), mas ela resenha os jogos e as matérias dando credibilidade a cada escritor, ja a EDGE (no Brasil, pelo menos), fazia as resenhas mas não assinava pelo autor dela, e sim por EDGE, com um tom mais à caracterizar a revista. Eu adorava a EDGE, tenho todas edições que saíram no Brasil, e foi muito triste que ela não tenha encontrado seu nicho aqui no país pois não é todo público brasileiro que está amadurecido o suficiente por material intelectual e quase filosófico naquele nível, ainda há aquele resquício das revistas antigas de "detonados". Pode parecer que estou idolatrando a revista EDGE, mas as traduções quase sempre cometiam erros escrotizantes, assim como algumas falhas corriqueiras na impressão. Porém no geral, era ótima, o que me levou a assinar a versão inglesa.

Poa Kli-Kluu disse...

Reparei na minha falta de atenção em como bifurquei o assunto e cheguei a falar tanto sobre algo que não tem nada a ver com esse post XD

E eu estava ponderando, que tal se tivesse um chat do blog? Tipo um grupo de msn, há vários blogs com isso e eu acho muito interessante. sugestão feita o/

*Esperando pela matéria sobre The Chronicles of Spellborn*

C. Aquino disse...

Poa, minha conturbada relação com a EGW acabou poucos meses depois de escrever que ela tinha melhorado (http://blog.retinadesgastada.com.br/2010/11/longa-vida-egw.html). Provavelmente continua sendo a melhor opção nas bancas, mas traz equívocos demais pelo preço que cobra. E sobre a EDGE, também lamentei muito o seu fim: http://blog.retinadesgastada.com.br/2010/11/no-limite.html

Breno disse...

Resident Evil 5 ta longe de ser queridinho!Ate acho que aquele jogo foi feito para manter um tom de semelhança com os abismais filmes,junto com RE4 e code veronica(pelo menos esse é só nas cutscenes).Agora,só porque eles criticaram o jogo não quer dizer que eles são especiais meu caro.É necessário analisar o argumento para ver se ele é relevante.

A resenha de mirrors edge é servivel,mas nada de espetacular.

A unica linha de critica que eu encontrei na resenha de batman é essa:"Talvez a luta contra o Bane, o primeiro vilão do jogo, seja a mais comum de todas."O jogo é bom,mas eu posso encontrar bem mais problemas nele do que esse critico.A resenha mais parece uma lista de features do jogo.

Outra coisa que me incomoda é a falta de transparencia que muitos jornalistas tem,no fato de não explicar como foi a sua experiencia particular do jogo(quantas horas/vezes jogou,como jogou,se encontrou algum bug,etc,etc...).

Agora pra mostrar a falta de habilidade e ignorancia desses criticos da gamersview veja esse trecho da resenha de crysis 2:"Quando Crysis foi lançado em 2007, exclusivamente para PC, a produtora Crytek nos trouxe um game com gráficos surpreendentemente PODEROSOS"(caps meu).Não é o grafico que é poderoso mas sim o hardware que se demanda para jogar-lo.grafico vc define como bonito,feio,mediano,servivel(dependendo da variavel hardware/console).O fato do autor e do editor(se eles tiverem)não atentar para esses detalhes prova mais uma vez o meu ponto.

POA:Cara se vc gosta tanto de dungeon siege,vc deveria experimentar os mods de ULTIMA para dungeon siege 1(LAZARUS e ultima 6).

Breno disse...

Mais duas resenhas horriveis que eu li,que foi no caso Dead Space 2 e RE 5(ta vendo Aquino?eles detonaram alguns aspectos do jogo mas o baixo nivel de informação na resenha beira o ridiculo).E em Dead Space 2 eu li mais de uma vez ele elogiar a narrativa do jogo sem nenhuma explicação plausivel(de fato,sem explicação nenhuma,o cara cita alguns personagens no jogo e só,como se o fato de esses personagens existirem já conta pontos para a narrativa.Ora faça-me o favor.).O rapaz também elogia o fato de o jogo ter dado voz a Isack como uma forma de dar continuidade a narrativa(Half-life 2 e expansões,alguem??).Será que os meus gostos são muito refinados ou o que?

Poa Kli-Kluu disse...

Breno, vou procurar saber de Divine Divinity, me interessei bastante, aliás, tem links deste mod ou algo que eu possa me informar?

Não tive muito tempo para ler muitas resenhas, mas farei isto hoje ainda, e voltarei a comentar.

Aquino: Fiquei também muito fulo e realmente triste com o final da EDGE, ja havia lido aquele seu texto e adorei a forma de como expressou o fim da melhor revista de games no Brasil. Se sobrar dinheiro, acho que assinar a versão inglesa serial realmente interessante, como é tratado como produto cultural, não corre o risco de cair na alfândega, e o valor anual não é tão caro.

Breno disse...

Poa:vc encontra facil no google é só digitar Ultima V lazarus e Ultima 6 mod dungeon siege.Se vc se referir a divine divinity esse não é um mod,esse é um jogo da larian studios(atualmente a venda no gog.com).

Breno disse...

Esqueci a parte da resenha de Dead Space 2 onde o aborto do pensamento critico diz que o jogo não deixou pontas soltas.Será que ele jogou o jogo mesmo??Agora entendo o motivo pelo qual eu tinha deixado de checar esse site(gamerview).

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

Claw