Retina Desgastada
Idéias, opiniões e murmúrios sobre os jogos eletrônicos
Comunidade do SteamTwitterRSS

9 de abril de 2011

Violência: Realengo, Rio de Janeiro

Eu gostaria de ter o dom mágico de escrever a postagem perfeita capaz de apaziguar os ânimos, consolar os aflitos, explicar o inexplicável. Gostaria de conseguir capturar a dor das lágrimas e destilar poesia nestas linhas para tentar entender o que aconteceu esta semana em uma escola municipal de Realengo, Rio de Janeiro. Não posso. Ninguém pode. Eu preferia nem ter tentado. Gostaria de ter ficado calado com minha família, assistindo o noticiário, todo mundo abraçado aproveitando a oportunidade que outras famílias agora não terão.

Mas, como jornalista formado na UFRJ, amante de jogos eletrônicos e blogueiro por opção, não posso admitir que um veículo de mídia líder do mercado publique grotescas mentiras para alimentar a chama do sensacionalismo vil. Pouco me importa o tamanho de minha audiência ou minha relevância. Por mais que eu me esforce em delatar os exageros preconceituosos de meus "companheiros" de formação, tenho consciência de que isso não vai mudar. Mas, a desinformação tosca agride minha paciência e urge por um desabafo.

Retirado de O GLOBO online, publicado 09/04/2011 às 00h12m, detalhe em negrito por minha conta:

"A troca de e-mails de Wellington Menezes de Oliveira está sendo analisada pela equipe da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Além da quebra do sigilo do correio eletrônico do assassino, os investigadores conseguiram rastrear um blog feito por Wellington, que usava a página na Internet para disseminar mensagens desconexas sobre religião e jogos como GTA e Counter Strike (CS), onde o jogador municia a arma com auxílio de um Speed Loader, um carregador rápido para revólveres, usado por ele no massacre de alunos na Escola Municipal Tasso da Silveira. Nos dois jogos, acumula mais pontos quem matar mulheres, crianças e idosos."

Wellington

Se não ficou claro aos leigos, não há mulheres, crianças ou idosos em Counter-Strike. Se não ficou claro aos leigos, não há crianças em qualquer GTA lançado. Em nenhum dos jogos você acumula pontos por matar civis. Esta mentira é fruto da falta de confirmação de dados. Ou, pior ainda, fruto da necessidade de vender escândalos a uma platéia de abutres ansiosos para encontrar um culpado que possa ser apedrejado, uma vez que o agressor está fora de alcance. Esta informação falsa se transformará em uma bandeira para ignorantes e oportunistas e irá engrossar a longa lista de falsidades que circula na internet, desta vez com o aval de um gigante da mídia.

Parabéns, Antônio Werneck e Sérgio Ramalho. Seus nomes serão usados como exemplos de imprensa marrom nas aulas das faculdades de respeito. E onde está o Eduardo Stuart, do blog sobre jogos eletrônicos do jornal? Por que se cala?

ATUALIZAÇÃO (10/04/11): O caso é pior do que eu imaginava. Não se trata de ignorância sobre o assunto e nem busca de sensacionalismo. Trata-se de uma "cruzada" declarada pelo jornalista Antônio Werneck em http://twitter.com/#!/WERNECKantonio/status/57134611255410688. Se ele remover, confira o print screen abaixo.

cruzada

ATUALIZAÇÃO (11/04/11): A matéria foi modificada, com a frase mentirosa sendo removida. Não há qualquer menção à alteração e a data de publicação sequer foi atualizada. Tampouco existe uma retificação ou pedido de desculpas. Para todos os fins, o texto nunca conteve afirmações falsas. Exceto pelo print screen salvo nesta postagem e a memória dos ofendidos, talvez não haja mais qualquer prova de que a deturpação existiu. 1984 é agora. Para registro, segue uma cópia de como a página está agora, na manhã de segunda-feira:

editada

Ouvindo: O silêncio dos homens bons.
Seu apoio é muito importante! Ajude esse blog a crescer! Patreon

10 comentários:

Bruno disse...

Bom, p/ ser justo, ainda há tempo p/ o jornalista fazer um artigo mais esclarecedor no portal.

Pessoalmente, não acredito que dirá nada. Não acho que arriscaria se comprometer com os chefões.

Marcel C. Da Silva disse...

Típica mania da mídia, ao invés de publicar uma solução e conforto, tem por protocolo apontar culpados e fazer julgamentos sem fundametos.Se fosse por causa de GTA ou CS o motivo desse tipo de atentado, nucna teriam assassinato antes do lançameto desses jogos...Ridículo isso.

Marcos A. S. Almeida disse...

Aquino existem em meu modo de ver, dois mundos distintos (entre muitos) sobre a terra: os que adoram jogar e os que odeiam os que adoram jogar.E odeiam talvez por inveja, talvez por ignorância ou até por pricípio;mas odeiam.Portanto, desses eu não espero nada diferente , a não ser ataques imbecis.E podemos resumir isso em apenas uma palavra:preconceito.E como todo tipo de preconceito, ele é inerente ao ser e não mudaremos isso nunca.O problema é quando um indivíduo deste está " travestido" de jornalista , então ele têm voz e consequentemente atinge um público desinformado , formando opinião.Aí entram pessoas como você Aquino, que têm o mesmo poder e pode combatê-lo.Já o fez através do blog, e acho que deveria também fazê-lo postanto um comentário na reportagem.

Raadt disse...

Sabia. Estava demorando sair algo do tipo. Nada mais me surpreende vindo da imprensa marrom. Infelizmente os ignorantes salivam por isso.

Quanto ao jornalista mencionado, não fará nada. Se possível defenderá algum tipo de banimento aos "jogos violentos". Possuo bola de cristal? Não. Basta acompanhar o caso da renovação do direito de transmissão dos jogos do campeonato brasileiro de futebol.

DIEGO A.L CAETANO disse...

Uma coisa que vai contra essa história da mídia dizer que ele foi influenciado por games: ele era um fanático religioso, então como uma pessoa que matou adolescentes por impuresa e tinha esses lances de religião e Deus pode gostar de games violentos como GTA e Couter Strike? Ele poderia até jogar, mas não faria sentido uma pessoa tão religiosamente fanática como ele gostar de games violentos. Esses jormalistas são uns ridículos sem noção!

Marcos A. S. Almeida disse...

Vou me aprofundar um pouco mais na questão:se esses mesmos jornalistas fizeram esta matéria sem evidentemente pesquisar, quantas já não foram as matérias que esses "profissionais" já não fizeram sem a devida pesquisa, sem o devido cuidado com a questão abordada?Se bem que pra jogar esse tipo de informação apenas pra culpar algo ou alguém realmente não é necessário estar á par da veracidade dos fatos...triste.

Marcos A. S. Almeida disse...

Essa nova informação do Twitter só corrobora com o meu primeiro comentário.

Brunelli disse...

Sou gamer há anos e nunca quis sair por aí matando ninguém. Aliás, teríamos milhares de "matadores" por aí, se contarmos o número de jogadores de GTA, CS ou similar.

Iss'é puro sensacionalismo!

Essa falta de informação me deixa muito p. da vida também.

André Gabriotti disse...

" ... No meio deste mundo de informações jorrando sobre o assunto, percebí que se formava uma nova corja de debatedores do assunto “jogos de viedogame e a violência” novamente. Cansado dessa pasmacera, procurei não ler muito sobre para não me irritar, mas caí na “bobeira” (digamos que foi uma infeliz felicidade) de ler este artigo (printado pelo pessoal do blog Retina Desgastada) na data que foi publicado ..." - http://gabriotti.com.br/wp/?p=198

Anônimo disse...

isso é coisa de jornalista preguiçoso... nao sei se vcs lembram de um jogo chamado Armagedon ou é Carmagedon ... uma coisa assim ... que esse sim
" acumula mais pontos quem matar mulheres, crianças e idosos."

o cara deve ter visto e pensado "qual a materia mais forte que tivemos sobre games e violencia?" .. copiou e colou o texto...

aaaa para com isso... tira o emprego desse mané.

Retina Desgastada

Blog criado e mantido por C. Aquino | Seja um patrono!

My Playstation WallpapersXbox WallpapersPC Game Wallpapers

High Hell